Adiantamos duas músicas do álbum da banda Quarto Negro, que sai só em março

>>

premierepopload_10

* Em algumas situações da música independente, a história está aí para nos contar, você confia numa banda “x” dependendo do selo “y” pelo qual ela é lançada. E a satisfação é ainda mais garantida quando, também no caminho inverso, você confia no selo “y” dependendo das banda “x” que ele lança.

Pois o aguardado próximo álbum do belo e denso grupo paulistano Quarto Negro sai em março do ano que vem pela Balaclava Records, selo e produtora de shows de gente de banda, uma das boas coisas da música independente brasileira deste ano.

O álbum, batizado de “Amor Violento”, chega para suceder o bem bom disco de estreia do grupo, “Desconecidos”, álbum de destaque do indie brasileiro em 2011. E, pelas duas músicas que a Popload apresenta agora com exclusividade, dá para ver que o Quarto Negro pegou o belo caminho da evolução saudável, que às vezes pode atrapalhar uma banda indie. Mas aqui não é o caso.

quarto_negro_alta_credito Ricardo Calabro

“Amor Violento” foi gravado no verão e no inverno de 2013 em Portland, Oregon, produzido por uma banda local (local do Oregon, não de Portland), a dupla Helio Sequence, que pertence ao cast valioso da Sub Pop.

O Quarto Negro “principal” é Eduardo Praça (voz e guitarra) e Thiago Klein (piano e synth). Mas ao vivo e no caso deste disco novo a formação pode subir a cinco elementos. No estúdio, foi com o povo do Helio Sequence/Modest Mouse, Menomena e Thermals. Ao vivo, aqui em São Paulo, como vai ser visto HOJE à noite na Casa do Mancha, em São Paulo, vai ter gente do Pública, da banda da Pitty, do Jennifer Lo-Fi.

Confira agora duas grandes músicas que adiantam o disco novo, os singles “Mala Mujer” e “Espírito Vago”, do álbum “Amor Violento”, que será lançado apenas em março de 2015.

Músicas, mas no caso do Quarto Negro, pode chamar de “paisagens sonoras”.

** A foto do Quarto Negro deste post é de autoria de Ricardo Calabro.

>>