Ah, não. New Radicals vai ressuscitar para tocar o hit “You Get What You Give” na festa do presidente

>>

* É farofa, mas é legal por tudo o que a envolve. A banda pop The New Radicals, que posava de indie nos anos 90 e os indies odiavam, e explodiu com um hit só, de um disco só, certamente vai marcar este começo agitado de 2021.

Esse hit é o colossal sucesso “You Get What You Give”, música-grude de 1998 que tem mais de 220 milhões de execuções no Spotify, uma plataforma que surgiu muitos anos depois que a banda acabou, no ano seguinte, 1999. Na real, o New Radicals durou de 1997 a 1999.

O vídeo famoso da música, em um shopping center, teve um massacre de exposição na MTV à época. O Youtube, onde o vídeo foi postado oficialmente em 2009, tem quase 103 milhões de visualizações. Um bom número para uma banda morta há anos. Se existisse Youtube na época em que o vídeo foi lançado…

Enfim, tudo isso para dizer que o grupo de Los Angeles, cujo dono era o figura Gregg Alexander, anunciou hoje que vai fazer uma volta rápida, 22 anos depois, para tocar “You Get What You Give” na festa virtual da posse do novo presidente americano, Joe Biden.

A “inauguração” de Biden na Casa Branca vai rolar na quarta-feira e entre outras atrações terá tipo um festival virtual em que Foo Fighters, Bruce Springsteen e Lady Gaga já são nomes confirmados.

O ressuscitado New Radicals, na figura de Gregg Alexander e da tecladista Danielle Brisebois, também vai estar na “festa da democracia”, para tocar “You Get What You Give” e depois acabar de novo.

Está valendo. Voltar com a música, tocá-la e acabar de novo haha.

>>