Billie Eilish: novo disco entra em 1º lugar nas paradas de 15 países. Versão em vinil é o que mais vendeu em 30 anos

>>

* Embora se trate da geniosa cantora fenômeno Billie Eilish, é um bom motivo para ficar feliz como nunca indeed. Seu novo álbum, o incrível “Happier than Ever”, lançado na sexta-feira passada, chegou em primeiro lugar nas paradas de 15 países já na sua primeira semana de vendagem. Vamos corrigir: no primeiro fim-de-semana de vendagem.

E em mercados robustos: EUA, Reino Unido e Austrália puxam a fila. Alemanha, França, Italia, Bélgica, Áustria, Dinamarca, Holanda, Noruega, Suíça, Irlanda e Nova Zelândia são os outros lugares.

Para ajudar na felicidade da Billie, o segundo disco dela ainda atingiu a marca de VINIL MAIS VENDIDO DOS ÚLTIMOS TRINTA ANOS nos primeiros dias de loja. Repara. Billie Eilish, cuja grande maioria de fãs tem a idade de quem não sabe nem que um disco pode sair no material pesado vinil, alcançou esse feito.

O primeiro álbum de Billie, “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, de 2019, outro feito com a ajuda produtora de seu irmão Finneas, já tinha chegado no topo da parada da “Billboard” e de muitos outros países.

O disco, obviamente, não deve parar de vender mais e mais. Além de ter uma turnê mundial do ano que vem já esgotada (começa em fevereiro em Nova Orleans e são 50 concertos em arena nos EUA e Europa), Billie Eilish vai estrear seu show-cinema no dia 3 de setembro na plataforma do Disney+. Todas as músicas na ordem do disco vão ganhar um filminho especial cada. O projeto se chama “Happier than Ever: A Love Letter to Los Angeles”, foi gravado pelo cineasta bamba e tarantinesco Robert Rodriguez e foi gravado no famoso Hollywood Bowl.

Hoje ela vai aparecer ao vivo conversando e cantando no programa do apresentador Jimmy Fallon, na TV americana. Amanhã traremos o resultado disso.

Na semana passada, Billie soltou um vídeo oficial ao vivo de uma das 16 faixas de “Happier than Ever”, exatamente a que fecha o álbum. A sussurrante do jeitão Billie Eilish “Male Fantasy”, lindona. Aqui embaixo: