Em Blog:

POPLOAD FESTIVAL – A hipnotizante PJ Harvey e um dos melhores shows do ano

>>

231117_pjharvey_slider

Ai, ai. Talentosa, engajada e musa, PJ Harvey entregou no Popload Festival aquilo que dela se esperava: um dos melhores shows do ano. A cantora veio ao Brasil com a turnê de seu belo “The Hope Six Demolition Project”, álbum que fez bastante barulho pela sua pegada política. De poucas palavras, PJ Harvey se comunicou mesmo através de suas canções poderosas, cantadas a plenos pulmões por milhares de fãs que estão ávidos pela sua vinda. A boa música agradece.

Abaixo, em vídeo de Rodolfo Yuzo, trechos de “The Community of Hope”, “Let England Shake” e “In The Dark Places”. Junto, fotos de Fabrício Vianna.

pj14

pj13

pj12

>>

Dezembro é agora. Neil Young libera audição de “The Visitor”, seu novo disco de estúdio

>>

231117_neilyoung2

Dia 1º de dezembro agora, o lendário Neil Young, além de disponibilizar todo o seu catálogo de forma gratuita, vai também lançar mais um disco de inéditas.

“The Visitor” é mais um álbum do músico e compositor canadense ao lado da banda Promise of the Real, com a qual ele trabalhou em projetos como “The Monsanto Years” (2015) e “Earth” (2016).

Puxado pelo single “Already Great”, o disco tem 10 faixas inéditas que já podem ser ouvidas na íntegra no site da rede de rádios americana NPR.org. Neil lançou, também neste ano, o álbum acústico “Hitchhiker”, que estava engavetado desde 1976.

The Visitor – tracklist
01. Already Great
02. Fly By Night Deal
03. Almost Always
04. Stand Tall
05. Change of Heart
06. Carnival
07. Diggin’ a Hole
08. Children of Destiny
09. When Bad Got Good
10. Forever

>>

Let it glow! Daft Punk oferece produtos especiais para o Natal em sua lojinha cool

>>

110814_daftpunk

O Natal está chegando e, com ele, os novos produtos exclusivos e oficiais do Daft Punk, para manter a tradição. O duo francês abriu em seu site oficial vendas de bolas de árvore de Natal em forma de capacetes, bola de neve com os robozinhos dentro, um quebra-cabeça de 1000 peças e outras chinfras.

Os preços até que estão acessíveis. O quebra-cabeça custa 45 dólares. A bola de neve, que é a mais legal, 50. Se você quiser presentear um bom amigo, ou apenas passar vontade, basta acessar o site oficial dos caras. Ou dos robôs, no caso.

Abaixo, algumas amostras, junto com os pôsteres cool que anunciam as vendas.

FishyFoto_-Ground_Control-56944-Edit_1_grande

DAFT_PUNK_PUZZLE_01_grande

DAFT_PUNK_ORNAMENTS_03_grande

02._PUZZLE

01._SNOWGLOBE

03._ORNAMENTS_V2

05.-POSTERS_HR_0031_BELT_BUCKLE

04.-POSTERS_HR_0007_SWEAT_e8362ba0-da6e-4b32-af16-7a36f8d16373

>>

Pink Floyd, George Michael, Oasis e David Lynch formam mistureba indie extravaganza que anuncia a volta do SSION. Aliás, lembra o SSION?

>>

231117_ssionoasis

Coletivo surgido na segunda metade dos anos 90 no Kansas, o SSION está de volta com novo single e disco anunciado para o início do ano que vem, quando se completarão sete anos desde “Bent”, o último que saiu em 2011.

Para quem não está ligando o nome à pessoa, o SSION é basicamente o projeto liderado pelo distinto Cody Critcheloe, que é compositor, cantor, músico, filmmaker, pintor e tudo mais. Ele foi o responsável, por exemplo, pela capa de “Fever To Tell”, do Yeah Yeah Yeahs. Já dirigiu e participou de single do nosso CSS (“City Grrrl”) e recentemente se envolveu em trabalhos da Charli XCX. Enfim.

231117_ssion2

O SSION é conhecido no circuito alternativo por ser uma banda que não tem gênero musical definido. Começaram como uma banda punk, já caíram na eletrônica, glam, synthpop e tudo mais. Tem gente que define como punk-gay-friendly. São conhecidos, também, por fazerem de suas músicas uma experiência multiplataforma que envolve vídeos cheios de performance, referências artísticas, etc.

Dito tudo isto, a notícia é que o SSION voltou com um vídeo desses elaborados com duração de 7 minutos, divulgado pela FADER. Na produção audiovisual estão os singles “Big as I Can Dream”, que dá início ao vídeo em preto e branco em ritmo deprê, emendada com a sugestiva “Comeback”, que descamba para um ótimo som de pista de dança.

Na parte das referências artísticas no vídeo, estão a logo da banda, imitando a clássica do Oasis, e imagens e recortes que relembram obras como “Faith”, de George Michael, e “Atom Heart Mother”, do Pink Floyd, e personagens do David Lynch. Uma mistureba indie viciante que pode ser conferida abaixo.

>>

Tudo muito anos 90: Noel Gallagher faz session para o Steve Lamacq e toca até “Champagne Supernova”

>>

daily gallagher231117_noel2

Nesta sexta-feira, Noel Gallagher lançará seu terceiro disco solo, “Who Built The Moon?”, que já está disponível em alguns países, como o Japão.

Ontem, o irmão do Liam esteve no programa do grande Steve Lamacq para um bate-papo e uma session na BBC 6 Music, como se fosse anos 90. Por lá, Noel tocou os singles “Holy Mountain” e “It’s a Beautiful World”, além de uma versão semi-acústica de “Champagne Supernova”, super hit do álbum “(What’s The Story) Morning Glory?”, de 1995.

Noel vai passar o resto do ano cumprindo apenas agenda promocional. Sua turnê mundial começa em fevereiro, na América do Norte, depois segue para a Europa. O Brasil, segundo o próprio em entrevista para a Rolling Stone daqui, está na rota.

Para ouvir a session no Lamacq, basta apontar o cursor no player da BBC para a hora 1:58:00.

231117_noel_slider

>>