Em Blog:

Bruce Springsteen e o reencontro com o jovem Nathan Testa, na Austrália, quatro anos depois

>>

200217_bruce2

Antes de falar do que rolou semana passada em Brisbane, é bom voltar ao ano de 2013. Bruce Springsteen, o cara, é desses que fazem shows de 3 horas e meia e chama uma galera para participar do seu show em qualquer canto do mundo. Desde crianças a idosos na faixa dos 80. É meio farofa, mas Bruce pode tudo e ponto final.

Há quatro anos, em um show na cidade australiana, o Boss convidou um garoto de 11 anos, Nathan Testa, para cantar com ele a faixa “Waitin’ on a Sunny Day”. Nathan subiu no palco e fez bonito. E, claro, virou o assunto do show.

Semana passada, Bruce se apresentou em Brisbane novamente e lá estava, na primeira fila, o jovem Testa, hoje com 15 anos. Segurando, ainda, um cartaz, com os dizeres “Missed school. In the shit now. Can I play ‘Growin’ Up’ with you?”. Bruce virou para o garoto e perguntou se ele sabia tocar a música ao violão e provou que o raio pode sim cair no mesmo lugar duas vezes. Ou na mesma pessoa.

Toda a interação e performance (a segunda) de Bruce com seu jovem fã, claro, foi registrada. Abaixo segue também o primeiro encontro, de 2013, para mostrar como o fã australiano cresceu e o Bruce continua cool.

>>

Ryan Adams: uma apresentação na TV, um show acústico, uma nova música e uma homenagem ao seu gato

>>

200217_ryanadams2

No momento, ninguém está tão em alta no indie quanto Ryan Adams. O prolífico músico nascido em Jacksonville lançou na última sexta-feira seu novo álbum, “Prisoner”, considerado por muitos críticos o melhor desde o seu estrondo de estreia, “Heartbreaker”, lá em 2000.

“Prisoner” tem 12 faixas e vai ganhar, ainda, uma versão de luxo que inclui nada menos que 17 canções b-sides nunca antes lançadas, além de uma montagem em figura 2-D de Adams em ação no palco, com seu gato. Fora isso, serão comercializados 12 vinis de 7″, um para cada faixa, cada um com uma capa. O nome da versão deluxe é sugestivo também: END OF WORLD.

E é justamente uma dessas 17 músicas inéditas que Ryan estreou em uma apresentação acústica na Rough Trade do Brooklyn, no último fim de semana. Ryan fez dois shows na loja, um plugado e um desplugado, e mostrou a inédita “Was I’m Wrong”. Na mesma apresentação, ele fez uma música improvisada para o seu gato, chamada “The Greatest Cat in the World”. Os dois registros e o show acústico na íntegra podem ser vistos abaixo.

** Na TV, Adams mostrou os singles “Do You Still Love Me?” e “To Be Without You” na sexta passada, no programa do Jimmy Fallon. O cara está bombando ou nem?

>>

Treeeta. A nova do Body Count começa com um discurso que é a mais “low fucking dirty-ass truth”

>>

Captura de Tela 2017-02-20 às 9.08.41 AM

* Banda de vulto absurdo nos anos 90, uma década que era comum misturar heavy metal com hip hop e transformar essa meleca sonora num combustível capaz de explodir a cabeça de meninos normais como Beavis & Butthead, o Body Count, liderada pelo histórico rapper, ator e produtor Ice T, vem com encrenca nova em forma de álbum, agora em março. “Bloodlust”, o sexto disco da banda que lançou seu CD de estreia em 1992, na época nirvânica de lançamento de CDs, tem como convidados, entre outro, “nosso” Max Cavalera.

Em dezembro passado, via Twitter, Ice T lançou uma preview dessa “No Lives Matter”, que aparece agora em sua íntegra e em vídeo.

A música, desesperançosa com assuntos cada vez mais latentes do nosso cotidiano, começa com um discurso de Ice T, para explicá-la. Ele versa sobre coisa como o jeito que “eles” tratam negros, gays e mulheres nos EUA, principalmente. Segue aqui em inglês, que fica mais… hum… bonito de se ler.

“It’s unfortunate that we even have to say ‘Black Lives Matter’, I mean, if you go through history nobody ever gave a fuck. I mean, you can kill black people in the street, nobody goes to jail, nobody goes to prison. But when I say ‘Black Lives Matter’ and you say ‘All Lives Matter’, that’s like if I was to say ‘Gay Lives Matter’ and you say ‘All Lives Matter’. If I said, ‘Women’s Lives Matter’ and you say ‘All Lives Matter’, you’re diluting what I’m saying. You’re diluting the issue. The issue isn’t about everybody. It’s about black lives, at the moment

But the truth of the matter is…they don’t really give a fuck about anybody, if you break this shit all the way down to the low fucking dirty-ass truth”

A música “No Lives Matter” só bota a temática ladeira abaixo. E, para seres consumidores dos anos 90 como eu, pode parecer datada. Mas é bem boa.

>>

Lana Del Rey lança o amor e vai aparecer no Instagram, ao vivo, hoje à tarde

>>

lana3

* Pôsteres espalhados por Los Angeles e o streaming de uma nova música trouxe, finalmente, Laninha Del Rey de volta ao rolê. A cantora nova-iorquina, que adotou o cinemático estilo californiano para sua persona de “baby” da música pop (antes super indie), lançou “Love”, sua primeira canção a apontar para o seu próximo disco, previsto para algum dia deste ano e para suceder seu último álbum, o poderoso “Honeymoon”, lançado em setembro de 2015.

lana1

“And It’s enough just to make me go crazy, crazy, crazy” canta Lana em “Love”, mantendo viva a problemática amorosa que permeia suas músicas desde “Video Games”, sua explosão via Youtube, em 2011. “Love”, a canção nova, aparentemente era para se chamar “Young & In Love’, mas aparentemente, e os pôsteres em LA já entregavam no sábado, Lana simplificou a parada.

“Eu fiz meus quatro primeiros discos para mim, mas este novo é para meus fãs”, disse a cantora sobre o seu quinto álbum, que começa oficialmente a nascer com essa “Love”, bela e dramática e cheia de “hmmms” e “ah-ahs”.

//

No começo desta tarde, às 13h exatamente, Lana Del Rey conclamou um ao vivo no Instagram. Você segue ela?

IMG_1791

>>

Tem Que Ver Isso Aí: a semana na Popload

>>

110516_thecure_slider

>> SHOWS & FESTIVAIS

* Uma para os indies, outra para as massas. Suecos do Peter Bjorn & John tocam em SP em março? The Cure fechado para o segundo semestre?
* Turnê do ano? The xx anuncia residência em Londres e convida Cat Power, Sampha, Robyn…
* Turnê do ano? Belle and Sebastian vai ocupar a América com Spoon e Andrew Bird
* Midnight Oil, quem diria, anuncia cinco shows no Brasil no final de abril. Mas o Brasil sabe disso?
* Wilco anuncia programação de seu festival com Kurt Vile, Television e o retorno das The Shaggs
* Gaga ooh-la-la! Gravação mostra que Lady Gaga fez show sem truques no Super Bowl

230215holger

>> CENA: #INDIEBR

* Holger antecipa o Carnaval na Bud. Mas todo Carnaval tem seu…
* Quem consegue parar o Bertazi? O pagode do Daft Punk e o encontro de Beyoncé e Daniela Mercury
* Axé Bahindie urgente!!! Bertazi junta Franz Ferdinand e É o Tchan e faz o Tchanz Ferdinand. E tem Clash e Ivete, para acabar com tudo
* Sexo, Smiths e tretxs variadxs! Cara, entenda o ótimo vídeo novo da nova fase do Young Lights e a cena mineira
* Carne Doce mostra seu “Falo” duas vezes: o vídeo “hollywoodiano” e ao vivo em SP
* O baiano Giovani Cidreira prepara disco de estreia e prevê chuva no indie brasileiro

valentinescover

>> TEM QUE VER ISSO AQUI

* Dia dos namorados, opa, Valentine’s Day com Matt and Kim, Win & Régine, Liam & Noel e outros casais que você respeita
* The Kills 360. Todos os ângulos da Alison e do Jamie em novo vídeo incrível
* Inspirado em Bruce Springsteen, Ryan Adams viaja aos anos 80 em novo disco, “Prisoner”
* É hora de ouvir o novo álbum do Ryan Adams. Sim, de novo!
* Prince ressuscita na internet e vai lançar músicas inéditas em junho. Entendeu?
* Folk e grunge misturados de um jeito fofo. Só podia ser em uma apresentação da Angel Olsen
* Do nada, Animal Collective divulga música inédita durante DJ set na Califórnia
* Animal Collective confirma EP novo e libera aquela música nova, agora em versão de estúdio
* Em vias de lançar novo EP, Animal Collective libera a cover de “Jimmy Mack”
* Ouça “The Painters”, novo EP do grupo Animal Collective
* Oba. Tem mais um single do Jesus and Mary Chain rodando por aí (por aqui)
* Laura Marling total: cantora inglesa lança novo single com vídeo e tudo. Dirigido por ela, ainda por cima
* Depois de ganhar um Grammy, Flume revela novo EP que tem Pusha T, Moses Sumney e Glass Animals
* Opa! Já dá para ouvir o disco de estreia do Crystal Fairy, mistura de At the Drive-In, Les Butcherettes e Melvins
* Sonzinho delícia: The Shins libera “Mildenhall”, single do novo disco que sai em março
* Michael Angelakos e as novas músicas que estão divulgando sua empresa. Ou, talvez, o disco novo do Passion Pit
* O jovem Blossoms faz a cover do ano misturando 50 Cent e… George Michael. Tá?
* Japandroids fazendo Talking Heads é o que temos para hoje
* Mark Kozelek pega todo mundo de surpresa e solta novo disco duplo do Sun Kil Moon
* Jens Lekman lança “Life Will See You Now”, seu primeiro disco em cinco anos
* Pink Floyd relança caixa de luxo dos seus primórdios em produtos individuais
* Fofura master. Staves volta com seu novo e belo single “Tired as F***”
* Banda dream pop da Dinamarca, Mew mostra o bom novo single “85 Videos”
* Daft Punk volta aos palcos no Grammy, ao lado do The Weeknd. E abre “lojinha” cool em Los Angeles
* Ainda o Grammy. A improvável parceria entre Metallica e Lady Gaga, com direito a fogo no palco e microfone zoado
* O Melhor do Twitter: edição “A Beyoncé, o Carnaval, o Doria e o #Indie2003”