Em Blog:

O Melhor do Twitter: “Augustinho Bolsonaro” Edition

>>

augusto-bolsonaro

*******

Uau. Lembra quando a gente achava, lááá em março, que até julho tudo teria melhorado? Que a gente seria feliz de novo e que poderia até, de repente, parar de lavar pacote de arroz? QUE DÓ da gente.

Primeira semana do início deste segundo semestre e…: gafanhoto, ciclone, gripe suína reloaded, outro ministro que cai (sem nem entrar), o Ken & a Karen, 500 mil mortos no mundo e o povo indo pro bar, Jota Quest tocando para um estacionamento lotado… É desgraça que não acaba mais. ATÉ AÍ TUDO BEM.

Daí, o presidente vai lá e rouba um cachorro. E você achando que a série DARK que era difícil de acompanhar…

*******

>>

Falamos ontem, soltamos agora: cantando até Leonard Cohen, Father John Misty lança EP de covers

>>

030720_fatherjohnmisty2

No dia de ontem, de surpresa, o distinto Josh Tillman, que pela amizade e brodagem chamamos de Father John Misty, anunciou que lançaria hoje um EP com quatro covers. Dito e feito.

“Anthem +3” tem como som principal a versão para “Anthem”, lançada por Leonard COhen em 1992, no disco “The Future”. Completam o projeto outra faixa do mito canadense, “One Of Us Cannot Be Wrong”, e ainda “Fallin’ Rain”, de Link Wray, e “Trouble”, de Cat Stevens.

O último trabalho de estúdio do artista norte-americano é o álbum cheio “God’s Favorite Customer”, que saiu em 2018. Neste ano, ele lançou também um álbum ao vivo, registrado em Hamburgo, na Alemanha

>>

CENA – Trio ATR convoca Luedji Luna para espichar sua música, rumo ao novo álbum

1 - cenatopo19

* A banda paulista ATR, que atendia aos chamados pelo nome Aeromoças e Tenistas Russas e não mais, segue enfileirando belos colaboradores vocais em sua música instrumental e hoje lança single e vídeo de “Batom”, cantada pela baiana cool Luedji Luna.

“Batom”, deliciosa, é a segunda amostra de “Mundi”, o quinto álbum do ATR que sai em algum dia deste 2020 nervoso, bancado pelo programa Natura Musical. Em maio, o trio já havia mostrado “Quê Tá Mirando?”, com participação da cantora dominicana Carolina Camacho.

Captura de Tela 2020-07-03 às 3.18.36 PM

É uma expansão clara do inteligente arranjo sonoro eletrônico do ATR, trazendo cantorias convidadas. No caso dessa “Batom”, em que Luedji traz letra e canto de uma música sua para transformar, espichar, transportar o ritmo do ATR para outro lugar, a banda de São Carlos faz o que quer com sua instrumentalidade: é eletrônico fino, é bossa nova, é nova MPB, é indie.

O vídeo, colagem de uma São Paulo desconstruidamente psicodélica, traz a baiana Luedji Luna para remontar tudo.

Que fase do ATR.

>>

Sufjan Stevens abre os trabalhos para o primeiro disco em cinco anos e solta single de 12 minutos

>>

030720_sufjan2

O genial e adorado Sufjan Stevens liberou o primeiro cartão de visitas de “The Ascension”, seu novo disco que terá lançamento oficial neste segundo semestre.

O primeiro single se chama “America” e dura mais de 12 minutos. A faixa será comercializada em vinil no dia 31 de julho e terá uma lado-b, “My Rajneesh”, que será conhecida digitalmente semana que vem.

Diz o Sufjan que “America” foi escrita durante as sessions de “Carrie & Lowell”, álbum lançado em 2015. No entanto, ele resolveu regravá-la.

Apesar de “The Ascension” ser o primeiro disco cheio de Stevens em cinco anos, o norte-americano de Detroit se envolveu em bastante projetos desde 2015, entre eles um disco ao vivo, trilha sonora para o filme “Call Me By Your Name” e ainda um álbum ao lado de seu padrasto Lowell Brams.

>>

Popload Live: hoje, 18h, no Stories da @poploadmusic, papo e set com Xaxim (Dudu Marote/Fabião Soares)

>>

* Em forte sintonia com a preservação do meio ambiente e a preservação musical, a dupla paulistana Xaxim é a convidada desta sexta na Popload Live, 18h, hora de happy hour, para um papo rápido e um set longo no @poploadmusic.

A música eletrônica a serviço da ancestralidade ritualística da floresta é o mote do projeto-ritual de Dudu Marote e Fabião Soares, dois grandes buriladores de som por camadas, que com batidas percussivas e linhas fortes de baixo criam uma experiência imersiva que é um convite de reconexão com a natureza.

Não entendeu? Eles vão falar sobre e tocar sobre logo mais, nessa live especial com Xaxim, 18h. Vai buscar um drink tribal nos canais da Néli Pereira e venha para saboreá-lo com o Xaxim.

5 - CARD (18)

A live da Popload foi criada para proporcionar, em tempos de clausura, papo e performance com pessoas legais da nossa música. Inclusive… tocando música.

Já rolou por aqui conversa e som com Flavio FingerFingerrr, André Aldo, Eduardo Apeles, Vivian Kuczynski, Lucas Fresno, Rita Papisa Oliva e Ale Sater, do Terno Rei, Bianca e Rodrigo do Leela, Lucas da Glue Trip, Fefel do Boogarins, Duda Brack, Clarice Falcão, Gabriela Deptuski, do My Magical Glowing Lens, Jay Horsth, do Young Lights, Salma & Macloys, do Carne Doce, a trinca Naíra, Érica e Caro, do sexteto Mulamba, e João Erbetta, do Los Pirata, o Popoto, da banda Raça, a Sara Não Tem Nome e o produtor paulistano CESRV, o internacional Sessa, o cheio-de-histórias-incríveis Supla, a multimídia Lia Paris, o rapper afrojaponês-andróide Yannick Hara e a guitarrista e cantora Brvnks, o professor Frank Jorge, o brit-paulistano Charly Coombes, Tim Bernardes de O Terno, Mario Bross, do Wry, a diva Ava Rocha, o produtor mashapeiro Raphael Bertazzi, com o engenheiro de som e beatmaker Master San, com o músico mineiro André MOONs, com o enigmático cantor Gevard DuLove, com o músico, agora escritor e eterno VJ Luiz Thunderbird, Tatá Aeroplano, com o Pata, do Holger, com o mineiro JP, Jair Naves, Zé Antônio (dos Pin Ups), com o graaaande Clemente, do Inocentes, com a Giovanna Moraes, com Marcelo Perdido, com o Chico Bernardes, com Mário Arruda, do Supervão, o electroindígena Nelson D, a Larissa Conforto (Àiyé), o Vovô Bebê, o Gustavo Bertoni, do Scalene, Julio The Baggios e o grande Chico César.

Tudo regado a som ao vivo, adaptado, rearranjado, diferente, tecnicamente perdoadíssimo.
Já teve DJ set, do ótimo Willian Mexicano, com a digníssima diva pop Pabllo Vittar participando animada. E a do Lúcio Morais, do Database. Do Trepanado, da Selvagem. Do Lúcio Caramori. Do Paulão, do Garagem. Do gaúcho hard-funk Fredi Chernobyl. Do Fetusborg.

Já teve conversa sobre a história da CENA brasileira com um dos personagens principais dela desde sempre, o agitador Fabrício Nobre. Já teve papo de jornalismo musical com Pedro Antunes, editor da “Rolling Stone”, também conhecido como o inventor do programa “Tem um Gato na Minha Vitrola”. Já conversamos com Bruno Natal, do podcast Resumido, e Thiago Ney, da newsletter MargeM, dois instrumentos ~modernos~ vitais para entender o mundo hoje. Falamos também com Ronaldo Lemos, o maior especialista em internet no Brasil e ex-curador do Tim Festival. Com o jornalista-boleiro Mauro Beting, que tem uma série de serviços prestados à música. Com a jornalista, escritora, DJ e agitadora Claudia Assef. E com Alexandre Matias, o inventor do Trabalho Sujo, também jornalista.

A ideia da live é que ela, diária, de segunda a sexta no período de quarentena, não necessariamente tenha um horário padrão para rolar, mas até que tem acontecido bastante às 18h.
A gente avisa aqui e nas redes o horário certo do dia.

Então, hoje, às 6 da tarde, no Stories do @poploadmusic, conversa e live set com a dupla Xaxim.

E lembrando que as Lives passaram a ficar disponíveis no igtv da conta do Popload Music, para outras revisitações ou mesmo para ver pela primeira vez. Escolha sua opção, mas veja.

>>