Em Blog:

Nice!!! Spoon libera “Hot Thoughts”, single que dá título ao disco novo

>>

180117_spoon2

Esquentou de vez o papo em torno do novo álbum do Spoon, o primeiro em três anos da incrível banda do Texas. “Hot Thoughts” será lançado dia 17 de março pelo Matador, o que significa uma volta do grupo ao seu selo original após 20 anos.

O álbum terá 10 faixas e foi produzido pela própria banda e por David Fridman. Uma destas 10 faixas é a que da título ao disco e que abre a tracklist, liberada de forma oficial pela trupe de Britt Daniel.

Junto com o lançamento do álbum, o Spoon fará três shows especiais no festival South by Southwest, em Austin, no mês de março.

Hot Thoughts – Tracklist
Hot Thoughts
WhisperI’lllistentohearit
Do I Have To Talk You Into It
First Caress
Pink Up
Can I Sit Next To You
I Ain’t The One
Tear It Down
Shotgun
Us

>>

A eleição de Donald Trump e seus desdobramentos musicais: o Audioslave vai se reunir

>>

180117_audioslaveposter

Assim como o mundo todo ficou em choque com a eleição de Donald Trump como novo presidente dos Estados Unidos, a ala artística também foi profundamente afetada. Nomes como Madonna, U2, Roger Waters e Bruce Springsteen cansaram de fazer protestos públicos à época do pleito. Trump, por outro lado, praticamente não recebeu apoio de estrelas pop, à exceção do Kanye West que não conta muito.

Sendo assim, está sendo armado para a próxima sexta-feira, dia 20, o evento “Anti-Inaugural Ball”, em protesto ao evento oficial de posse de Trump. O show será no Teragram ballroom, em Los Angeles, e está sendo promovido pelo supergrupo Prophets of Rage.

No entanto, a grande novidade da noite será a volta do Audioslave, banda formada basicamente por membros do Rage Against the Machine e Chris Cornell, voz marcante do grunge e do Soundgarden.

O grupo surgiu na virada do milênio e fez grande sucesso no início dos anos 2000. Depois, acabou, dando impressão que era para sempre. Esta será a primeira apresentação deles desde 2005. A formação consiste em Chris Cornell, Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk.

Em nota, o Audioslave utilizou a frase “Bad Presidents make for great music” e argumentou que este será um “show de resistência” ao sexismo, fascismo, homofobia, entre outros.

Confira, abaixo, a nota original na íntegra:

“The Anti-Inaugural Ball is a celebration of resistance. Resistance to racism. Resistance to sexism. Resistance to homophobia. Resistance to bullying. Resistance to environmental devastation. Resistance to fascism. Resistance to Donald Trump. We are staring down the barrel of a dystopian nightmare unless we act NOW, unless we fight back NOW. We intend to create ‘No Trump Zones’ across the country; in our homes, our schools, our places of work, and our concert stages. Bad Presidents make for great music. Join us as we get loud and stand together to defend our rights, our country, and our planet.”

>>

Diga algo carinhoso. The XX no Jimmy Fallon, ontem

>>

Captura de Tela 2017-01-18 às 9.09.30 AM

* No calor do lançamento de seu lindo terceiro álbum, “I See You”, o trio inglês The XX baixou ontem no programa do Jimmy Fallon, da TV americana. O grupo interpretou seu atual single, o segundo do novo disco, a especialíssima “Say Something Loving”, que tem samplers bem costurado de uma canção do final dos anos 70: “Do You Feel It?”, do duo americano Alessi Brothers.

I don’t know, I don’t know, I don’t know.

* O XX toca em São Paulo em março, no Lollapalooza de Interlagos, em show único no Brasil.

>>

Em show, Laura Marling mostra canções inéditas que estarão em seu novo álbum

>>

120315_lauramarling

A ótima cantora e compositora inglesa Laura Marling, dona de um especialíssimo indie-folk superpremiado na Inglaterra e considerada uma das vozes femininas mais importantes da cena brit pós-Amy Winehouse, prepara par 10 de março o lançamento de seu novo disco, “Semper Femina”.

No último final de semana, Laura tocou em Chicago, durante o programa A Prairie Home Companion, algumas canções que estarão nesta sua nova obra.

As faixas inéditas mostradas em performance ao vivo foram “Nouel” e “Always This Way”. Ela tocou ainda “Wild Fire”, novo single que teve sua versão de estúdio liberada recentemente.

Os registros podem ser vistos abaixo.

>>

Dekmantel SP divulga os horários do festival e avisa que os ingressos estão acabando

>>

* Um dos primeiros grandes eventos de música do ano, o eletrônico (não só) Dekmantel Festival São Paulo 2017, que acontece pela primeira vez fora de seus domínios holandeses (Amsterdã), avisa que seus ingressos, tanto para as edições de dia e a de noite, estão acabando.

nicolas-jaar

O Dekmantel SP será realizado nos dias 4 e 5 de fevereiro agora, em dois lugares: no Jockey Club de São Paulo (sábado e domingo de dia) e na Fabriketa (sábado à noite, com possibilidade de uma programação menor no domingo, para finalizar o festival). Para os “weekend tickets”, por exemplo, só restam 50%.

As atrações são bárbaras e aos montes: vão do show do bombado chileno Nicolas Jaar (foto) com banda tocando seu novo álbum até uma apresentação dos brasileiros Hermeto Pascoal, Azymuth e Bixiga 70. Nomes imperdíveis como Jeff Mills, Nina Kraviz (a imagem da homepage), Joy Orbison e John Talabot, mais as presenças dos nossos Selvagem, L_cio e Renato Cohen, fora a galera da festeira Gop Tun, que está na cabeça da produção do evento, também fazem parte do line-up.

Captura de Tela 2017-01-17 às 4.15.22 PM

>>