CENA – Charly Coombes, inglês, lança “Run”, seu disco bem paulistano

>>

* É praticamente um CENA, vai. O cara é gringo, mas mora aqui em SP já tem um tempo. E criou seu novo álbum aqui. E toca por aqui. E produz bandas da CENA daqui. E fez música para a cidade. Então:

cena

O inglês Charly Coombes, multiinstrumentista radicado há três anos no Brasil e com nome ligado à cena britânica por entre outras coisas ser o irmão mais novo dos Coombes do Supergrass, lançou na última sexta-feira, via Spotify, seu terceiro disco, o belo e cheio de texturas “Run”.

“Run” vem expandir o alcance do britpop multifacetado de Coombes, que se lançou solo em 2013 com o debut “No Shelter”, que foi seguido por “Black Moon”, este já um disco “brasileiro” do músico.

CHARLY COOMBES-RUN-LO RES-2-3

Charly Coombes já havia lançado, no começo do mês, o single de “SPX”, sigla para “Sao Paulo Experiment”, em homenagem à cidade que virou sua cidade, talvez a música mais grandiosa do terceiro álbum, exaltamente para resumir o sentimento que o inglês tem da grandiosa São Paulo.

São Paulo, para Coombes, representa o que Berlim representou para seu conterrâneo David Bowie, quando o famoso ídolo morto recentemente foi viver tempos de experimentalismos na cidade alemã.

CHARLY COOMBES-RUN-DIGITAL COVER

“Run” obviamente esbarra no britpop, mas centra força em algo mais antigo que ele, pelo forte uso de sintetizadores. Tá mais para Duran Duran que para Oasis. O disco foi gravado em seu próprio estúdio, em sua casa, aqui em São Paulo.

Abaixo, você ouve “Run”, um álbum inglês, porém “nosso”.

** As fotos deste post e da home da Popload são de Rayana Coombes, brasileira, a mulher do músico.

>>