CENA – Com referências que vão de Death Cab For Cutie a Guilherme Arantes, Acidental lança seu quarto EP. Ouça “Pronto / Partido”

>>

1 - cenatopo19031018_acidental_2018_02

Nascido em Blumenau, Santa Catarina, mas cidadão paulista há um bom tempo, Alexandre Machado milita pela CENA há cerca de 10 anos, transitando entre suas bandas e o selo do qual faz parte, a Hearts Bleed Blue. Entre seus projetos próprios está a Acidental, que lança hoje via Popload seu quarto EP, “Pronto / Partido”. O trabalho encerra um período de autoconhecimento de Alexandre e abre caminho para o seu primeiro disco, prometido desde 2013. Falamos com o músico para entender melhor esse lançamento e também seus próximos planos.

Fundada em 2013, a Acidental é um projeto solo e experimental de Alexandre, o qual tem como principal conceito, lançar duplas de singles com temas próprios para cada par de canções. Junto dessas características e de um projeto gráfico pensado para cada EP, o projeto segue empilhando peculiaridades não somente pelo visual e formato, mas também pela forma de distribuição, já que usou as fitas K7 para divulgar seus últimos 3 singles lançados.

Ultrapassando o campo do saudosismo, os materiais do projeto distribuídos pela HBB em K7 ajudaram a manter viva a produção do formato adotado pelo selo. A partir desses experimentos com a Acidental, outras bandas do catálogo pegaram carona e hoje nomes clássicos como Autoramas, os goianos do Hellbengers e os veteranos do Water Rats também ganharam cassetes de seus discos mais recentes através da Hearts Bleed Blue.

Além de ser um projeto solo de uma figura da CENA independente nacional e laboratório de testes de seu selo, a Acidental serviu por muitos anos como uma válvula de escape para Alexandre se conhecer musicalmente. Com diversos discos lançados por suas bandas Mundo Alto e Parachamas, foi através dos três EPs, agora quatro, divulgados de 2013 até aqui, que ele enxergou as referências musicais que sempre buscou.

“Acredito que o mais importante seja justamente ter encontrado a direção musical que tanto procurei. Sempre ouvi muita coisa nacional, desde rock alternativo até o samba canção do Cartola, e acredito que finalmente eu esteja conseguindo identificar isso quando ouço as músicas novas do Acidental”

031018_acidental_slider

Em meio a esse (re)encontro de Alexandre, a Acidental consegue criar uma mistura sonora balanceada entre o rock introspectivo de nomes como Death Cab For Cutie e Darwin Deez, com referências e sonoridades que lembram um indie rock um pouco mais abrasileirado. Na conversa, Guilherme Arantes e 14Bis são creditados pelo vocalista do projeto como os culpados por essa referência mais nacional nas canções.

Atualmente formada por Alexandre gravando e compondo todo os sons, com ajuda do produtor Paulo Senoni e as artes do companheiro de selo, Antonio Augusto, a Acidental lança o último EP de um ciclo de experimentações do músico. “Pronto / Partido” segue a tradição dos lançamentos anteriores e carrega duas canções inéditas, ambas trazendo todas as características já citadas, mesclando sintetizadores com ritmos mais introspectivos.

Segundo Alexandre, a dupla de singles, além de pontapé para o primeiro disco (ainda sem data), serve também de impulso para uma turnê que passa por Fortaleza, Campina Grande, Recife, João Pessoa e Natal, incluindo o festival DoSol como um dos compromissos. As datas trarão a versão “ao vivo” da Acidental, com Antonio (Taunting Glaciers) no baixo e o amigo Luiz Alves na bateria, além de Alexandre nos vocais, sintetizadores e guitarra. Junto da turnê, o projeto ainda deve divulgar um compilado em formato de CD físico contendo todos os 4 EP’s e B-sides disponíveis apenas nos shows e um videoclipe para uma das faixas do último registro.

O novo EP da Acidental será lançado na sexta-feira pela HBB, mas você pode conferir logo abaixo as duas faixas na íntegra com exclusividade pela Popload.

>>

  • Gabriel

    Showw