CENA – Marcelo Perdido visita um Rio de Janeiro dos sonhos em novo single

>>

1 - cenatopo19

* O ótimo Marcelo Perdido está preparando um novo álbum, o quinto de sua não-linear carreira dentro da linear música brasileira. A primeira pista do que vem por aí, ainda neste ano, saiu recentemente, o single “Santa Clara de Troia”, que carrega um espertíssimo vídeo de colagens, bem na linha Marcelo Perdido, mesmo. A gente fala mais dele abaixo.

A letra fala sobre um amor novo. Amor novo, que alegra o personagem dá música, que conta com ajuda de Santa Clara para que tudo saia nos conformes. “Desde pequeno, quando não queríamos que chovesse no dia seguinte, colocávamos um ovo na janela. Eu não sei se isso existe no Brasil todo, mas existe na minha fé. Dessa ideia surgiu a canção que é sobre você tentar evitar que chova para não melar um date que estava marcado com uma pessoa que vem se tornando especial na sua vida”, descreve Marcelo.

100220_perdido

Ao mesmo tempo, Marcelo narra na letra um Rio de Janeiro que não está nos jornais e nem no próprio Rio De Janeiro. Estamos falando de uma cidade que existe nas memórias de Marcelo, um homem do Rio que vive em São Paulo há quase vinte anos, com fugidas para Portugal. Pelo que ele adianta: esse Rio de suas memórias é o ambiente de todas as músicas que estarão neste novo álbum. Ou seja, depois dos discos inspirados nas quatros estações, uma cidade é o fio de narrativa escolhido.

Para fazer esse som, Marcelo escolheu o conhecido indie Habacuque Lima, dos saudosos Ludov e Pullovers para a produção, Danilo Andrade para o piano elétrico, Marinho do Trio Misturada na bateria e Gabriela Amorim da Espetacular Charanga do França e Cornucópia Desvairada no trompete.

O vídeo da música tem produção do próprio Marcelo, uma animação stop motion artesanal de papel que levou “só” 4 meses de trabalho. Imagina a paciência.

***

* A foto de Marcelo Perdido deste post é de Raoni Maddalena.

>>