CENA – O carnaval está chegando e o bloquinho do sambaindie está na rua com o Que coisa é essa, o Amô?

>>

1 - cenatopo19010219_quecoisaeessa2

Explorando a nossa brasilidade, numa vibe indie tropical, a dupla formada por Felipe Marino e Paula Hering resolveu formar recentemente o (atenção) Que coisa é essa, Amô?, projeto que é nome da “banda” e também do disco, que tem 11 faixas, lançado ano passado.

Às vésperas de mais um carnaval, o duo resolveu armar dois vídeos para canções que estão no álbum, sendo elas “Vontade de Sambar” e “Ain’t no Sunshine”, mostrando que a vibe deles é resgatar o melhor da música popular brasileira.

Com influências que vão desde as guitarras do Pará às obras tropicalistas de Rogério Duprat, o “Que coisa é essa, Amô?”, o disco, é produzido pelo próprio Felipe. “Gravei quase todos os instrumentos com um ‘desleixo’ salutar que aprendi vendo uma entrevista do QuestLove, na qual ele falava sobre tocar bateria. Numa tradução grosseira e, ainda, desacompanhada do contexto, seria o seguinte: ‘quanto mais desleixado você fizer, mais sincero e humano parecerá’. Isso mexeu comigo, mexeu com a maneira como eu quis e quero tocar, como eu gostaria que as coisas soassem e com o gingado, o balanço que cada canção poderia ter”.

Confira abaixo no CENA os vídeos de “Ain’t No Sunshine”, uma espécie de samba minimalista e única canção “gringa” no tracklist, e de “Vontade de Sambar”.

>>