Com quase 80 palcos, 3 mil shows, e o Stormzy fazendo história, Glastonbury vai parar o mundo pop neste final de semana

>>

280619_glasto_slider

Começa para valer nesta sexta e vai até domingo a edição 2019 do Glastonbury, maior festival de música e cultura do mundo, que retorna após ter um ano de folga em 2018.

Esta será a 36ª edição do evento, que se iniciou em 1970 com o nome Pilton Festival, o da região onde é realizado, com os ingressos custando 1 libra e ainda com um litro de leite de brinde para quem comprou. Quase cinco décadas depois, o evento vendeu 136 mil ingressos em meia hora, com cada entrada custando 248 libras, praticamente R$ 1.200,00 pela conversão de hoje.

Nestes três dias são esperadas cerca de 200 mil pessoas circulando pelo festival, que terá nada menos que 2.800 apresentações artísticas em 79 palcos. Entre elas estão nomes graúdos como os headliners Stormzy, The Killers e The Cure, e ainda uma linha de frente luxuosa com Liam Gallagher, Tame Impala, Janet Jackson, The Chemical Brothers, Kylie Minogue, Miley Cyrus, George Ezra, Billie Eilish, Cat Power e muito mais.

A atração que talvez mais chame a atenção é o superstar do grime Stormy. Aos 25 anos, ele será o segundo britânico mais jovem a ser atração principal do festival. Perde apenas para um tal David Bowie, que foi healinder em 1971 quando tinha 24 anos. Mas, mais do que isso, Stormzy será o primeiro britânico negro headliner do evento, fato que o deixou emocionado.

“Estou sobrecarregado de emoções, essa é a sensação mais surreal que já experimentei. Sinto que minha vida inteira me levou a esse momento. Não consigo explicar ou entender o que é isso tudo, mas tenho 100% de certeza de que tudo isso é Deus e seu favor. Dando a Ele toda a glória”, comemorou.

A BBC tem os direitos de transmissão do evento, mas utiliza da política de bloqueio de geo-localidade. Então, teremos material do Glasto ao longo dos próximos dias, apenas.

Enquanto isso, a gente fica com essa foto fofa.

280619_glasto2

>>