Depois de Elton John, Paul Simon também anuncia show de despedida dos palcos

>>

070416_paulsimon2

Depois de Sir Elton John anunciar que fará seu último giro pelo mundo a partir de setembro, embora deixe os palcos apenas em 2021, mais um cultuado e veterano músico deve se aposentar em breve.

Trata-se do norte-americano Paul Simon, referência da música folk e experimental, que fez fama no mundo todo ao formar dupla com Garfunkel. Simon, 74 anos, confirmou que seu show de despedida será em grande estilo, no Hyde Park de Londres, dia 15 de julho, um domingo, e terá ainda participações de James Taylor e Bonnie Raitt.

Em 2016, quando lançou seu último álbum, “Stranger To Stranger”, Simon deu indícios de que sua carreira não duraria mais por muito tempo, em entrevista ao New York Times. Na época, ele disse que o showbiz não o interessava mais e que, caso se aposentasse, seria um ato de coragem, mas, também, ele teria muitas respostas sobre quem ele era enquanto artista, se seria definido apenas pela sua obra já feita.

Os ingressos para o último show em Londres, cerca de 80.000, serão colocados à venda na próxima sexta-feira. Como citado, o último disco de estúdio de Simon é “Stranger To Stranger”, lançado há dois anos, e foi definido pelo cantor como uma obra sobre fazer música que soa velha e nova ao mesmo tempo, música com senso de mistério. “A música certa no momento certo pode atravessar gerações”, disse, na ocasião.

>>