Espécie de herói do indie moderno, Kurt Vile lança novo disco que já é um dos melhores de 2018

>>

* E aí, recuperado do Franz Ferdinand? E do Nick Fucking Cave? E do feriadão?

100918_kurtvilecapa

A vida volta ao seu normal (humpf) nesta segunda-feira, mas nada melhor do que começa a semana com um discaço novo do Kurt Vile. O talentoso guitarrista e cantor norte-americano, espécie de queridinho do indie nos últimos tempos (com justiça, diga-se), lançou neste final de semana “Bottle It In”.

O registro tem a missão de manter a curva ascendente na carreira do músico da Filadélfia, que emendou nos últimos três anos dois trabalhos espetaculares: o seu “b’live i’m goin down…”, lançado em 2015, e “Lotta Sea Lice”, este lançado ano passado em parceria com a fofura Courtney Barnett, um dos melhores discos dos ano.

“Bottle It In” foi gravado por Vile em diversas cidades dos Estados Unidos, em meio às suas andanças. Estão envolvidos na produção nomes como Shawn Everett (The War on Drugs, Alabama Shakes) e Peter Katis (The National, Interpol). Há ainda as participações especialíssimas de nomes como Kim Gordon (!!!), Cass McCboms, Mary Lattimore e Stella Mozgawa (Warpaint).

“Bottle It In” pode ser ouvido abaixo.

>>