FKA twigs explora suas próprias fragilidades e exorciza sentimentos ruins em seu novo disco

>>

FKA_twigs_Madalene _Digital_web

Puxado pelos singles “Cellophane” e “Holy Terrain”, FKA twigs lançou nesta sexta-feira seu aguardadíssimo disco novo, “Magdalene”, o segundo dela na carreira.

Produzido pela própria cantora, “Magdalene” é o sucessor de LP1, seu disco de estreia que saiu em 2014. Entre os envolvidos estão Nicolas Jaar, Skrillex, Jack Antonoff e Future.

Em comunicado há algumas semanas, FKA twigs revelou que o álbum é uma espécie de exorcismo de sentimentos ruins que ela vinha enfrentando.

“Nunca pensei que um coração partido pudesse ser tão abrangente. Nunca pensei que meu corpo pudesse parar de funcionar a tal ponto que não conseguia me expressar fisicamente das maneiras que sempre amei e encontrei tanto consolo. Sempre conduzi o meu caminho para ser o melhor que poderia ser, mas desta vez não pude fazer, fiquei sem opção a não ser desfazer todos os processos. Mas o processo de fazer este álbum me permitiu, pela primeira vez, e da maneira mais real, encontrar compaixão quando eu estava no meu estado mais gracioso, confuso e fraturado. Parei de me julgar e naquele momento encontrei esperança em ‘Madalena’. A ela, sou eternamente grata”.

Ao todo são 9 faixas novas, que podem ser conferidas abaixo via Deezer. Junto, uma session recente da cantora para a BBC Radio 1.

>>