Habemus Record Store Day. MIS abriga 70 expositores de discos no dia 16

>>

* Não ia ter, mas vai ter. A Locomotiva Discos, loja do centro de São Paulo que não só vende discos como arma feiras, conseguiu em parceria com o Museu da Imagem e do Som paulistano, o MIS, para estabelecer o Brasil dentro do evento internacional Record Store Day.

Com o mesmo número de expositores do ano passado, o Record Store Day brasileiro ocorre no domingo dia 16 de abril, na área externa do MIS.
Será das 12h as 20h e a entrada, gratuita.

vinylrecord

O Dia da Loja de Disco nasceu no exterior em 2007 e, na gringa, acontece sempre no terceiro sábado de abril. Ele surgiu como um movimento das lojas de discos americanas, para debater a subexistência das record stores nesta época de consumo virtual e falência dos gigantescos conglomerados de discos. Com o passar dos anos e a adesão de lojas britânicas e do Japão, principalmente, o Record Store Day pegou firme e motivou selos a relançarem discos clássicos, novidades e edições especiais em tiragens limitadas, enquanto bandas grandes fazem shows especiais dentro das lojas ou em palcos montados em seus estacionamentos.

A Popload já soltou recentemente post sobre como está programado o Record Store Day 2016 no exterior. Em São Paulo, estão programados no MIS show gratuito da banda Elo da Corrente, veterano trio de rap paulistano, e lançamento de discos do selo Stereomono, da Skol Music.

Tanto aqui como no exterior, o músico David Bowie, morto em janeiro, inevitavelmente vai ser o destaque. Aqui no Brasil, cópias de “Blackstar”, tanto novo quanto último disco da carreira do astro inglês, poderão ser encontradas no Record Store Day brasileiro do MIS, na versão vinil 180 gramas, no plástico, ao preço de R$ 240.

Outros destaques do evento: “Jorge Ben” (1969), reedição nova desse clássico da música brasileira (vinil 180 gramas, novo, lacrado – R$ 80); “Killers” (1981), do Iron Maiden, reedição nova desse álbum ícone do metal (vinil 180 gramas, importado, novo, lacrado – R$ 160); Vinis raros de música brasileira, como discos clássicos de Caetano Veloso, Gal Costa, Cartola e Chico Buarque, também estarão na feira.

O show do Elo da Corrente ocorrerá às 16h no Autitório MIS, que tem capacidade para 172 pessoas. Para assisti-lo, é preciso retirar ingresso com com uma hora de antecedência na recepção do museu.

>>