Iggy, aperta o meu nariz (de novo!)?

>>

* Sério…

nariz

Num dos shows mais tumultuados que este país já teve, tirando o dos Ramones e todos dos Racionais, o ícone indie punk rocker mito Iggy Pop causou destruição de olhos e ouvidos e palco quando tocou por aqui no extinto festival Claro Que É Rock, há exatos 10 anos. Invasão de galera no palco, Iggy “dando pirueta” em ação, com problemas para ajeitar a calça durante a apresentação (uma hora desencanou e tocou com meia bunda de fora) foram alguns dos memoráveis momentos “calmos” do show.

Daí que teve uma hora que o Iggy Pop agarrou o nariz de um fotógrafo-fã que clicava o show para uma revista de rock da época. Agarrou e não largava. Virou um troféu para o cara, Lucas Lima, que ainda atordoado em ser “tocado” pelo ídolo, invadiu o palco, apareceu na MTV e tudo mais. E foi para a casa felizão.

No dia seguinte ele descobriu que tinha FOTO do momento do nariz. E imprimiu. E agora, dez anos depois, vai levar ao show hoje no Popload Festival na esperança de que o Iggy Pop autografe a imagem bizarra.
Esta aí em cima.

Abaixo, Lucas conta ele mesmo sua história completa do que aconteceu naquele dia dez anos atrás, quando sua napa foi parar nas mãos do Iggy Pop durante um show de uma dos maiores figuras do rock em todos os tempos. Para completar, logo abaixo e no final do depoimento, uma das fotos que ele fez como fotógrafo do show do Iggy Pop e uma capa da revista que ganhou uma imagem sua.

Conta essa história loka aí, Lucas!

nariz2

“Vamos lá,

Em 2005 não tínhamos tantos festivais e bandas importantes tocando por aqui. E aí anunciaram o Iggy com os Stooges recém-reunidos para o Claro Que É Rock. Lembro que poucas vezes fiquei tão ansioso nas vésperas de um show como naquela ocasião. Eu era um moleque de 22 anos, muito fã dos Stooges, com a chance de ver a formação original tocando de perto.

Fiquei ainda mais empolgado quando soube que ia cobrir o festival.Naquela época eu estava pegando os primeiros trabalhos como fotógrafo e tinha conseguindo um credenciamento com a finada revista independente “Rock Press”. Foi, provavelmente, o primeiro trabalho que fiz com o primeiro equipamento profissional que consegui comprar. Tinha uma expectativa enorme com o show e com a chance de fazer boas fotos do Iggy.

Diferententemente do que acontece na grande maioria dos festivais, a organização não posicionou os fotógrafos no pit entre o palco e público. Ficamos num nível mais alto, quase na mesma altura das bandas. Isso funcionava muito bem para as fotos, Só que, obviamente, atrapalhava bastante quem estava assistindo. Até a hora de os Stooges entrarem em cena, eu e os outros fotógrafos já tínhamos recebido algumas garrafadas nas costas e toda sorte de xingamentos. Éramos mais indesejados do que o Carlinhos Brown abrindo pro Guns n´ Roses no Rock in Rio de 2001, hehe.

Com essa tensão no ar, chegou a hora do Iggy no palco. E a banda entrou superafiada! Lembro-me de ter ficado muito empolgado com aquilo, aquele momento de fã feliz por conseguir ver os ídolos de adolescência!

Como fotógrafo, poderia ficar ali onde estava por três músicas. Lá pelo meio da terceira, “1969”, pensei algo como “Quando vou ter outra chance de chegar perto desses caras? Vou dar um pulo ali em cima e foda-se!”. Com essa brilhante certeza, subi um degrau e fui na direção do Iggy, cantando junto. Ele virou para mim com aquele típico “TV Eye” que ele encarna no palco e veio em cheio no meu nariz!! Apertou com força, como quem diz “Coisa linda do vovô!!!”, hahaha

Depois disso ele desceu para onde estavam os outros fotógrafos e foi cercado. tudo ficou caótico! Imagino que a bagunça que veio na sequência foi o que impediu que a organização do festival me expulsasse dali. Gosto de pensar que de alguma forma contribuí um pouco com aquele momento de caos. hehe

Fui para casa realmente feliz com tudo isso. nem dei muita bola para os shows que vieram depois. E não tinha ideia se alguém tinha registrado a cena. Ninguém acreditaria em mim se não tivesse imagens.

Bom, no dia seguinte, fui acordado por vários amigos me ligando. O fotógrafo Alexandre Schneider fez aquela ótima foto do apertão de nariz e ela foi parar na home do UOL! O mesmo aconteceu uns dias depois, quando a gravação do show passou na MTV, de onde tirei esse belíssimo frame:

content_id

* E a capa da “Rock Press” com foto do Lucas Lima no famoso show do Iggy Pop em São Paulo em 2005.

nariz3