Indie do bem. MECAInhotim faz parceria com a ONU e divulga sua programação diurna de palestras para seu festival

>>

* Neste final de semana acontece na ainda abalada cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, mais exatamente nas dependências do colossal Instituto Inhotim, a quinta edição do MECAInhotim, festival da plataforma cultural MECA que espalha música por um dos mais incríveis museu de arte contemporânea do mundo. Considerado o maior a céu aberto.

Em ano do lastimável desastre que abalou a região, o estado, o país e deveria abalar a Justiça, o Meca leva uma contribuição de bandas, artistas, palestrantes e público de fora do lugar para repovoar a cidade com música, gente e arte.

O MECAInhotim acontece de sexta a domingo e será embalado com artistas de grande porte como Gilberto Gil, Céu e Tulipa Ruiz, recebe a cantora baiana Pitty, de disco novo, e movimenta o bom lado de baixo da música brasileira independente escalando MC Tha e Duda Beat, entre outras atrações.

Captura de Tela 2019-05-15 às 5.10.07 PM

Mas, ainda no caráter nobre da coisa, arma uma programação diurna de conversas e palestras em que o destaque será a parceria com a Organização das Nações Unidas para dar voz à campanha global #TOGETHERBAND, recheando o festival com conferências que darão visibilidade para os Objetivos para Desenvolvimento Sustentável do planeta, com a participação da própria ONU, o WWF, SOS Mata Atlântica, Instituto Sócio Ambiental (ISA), Instituto-e, representantes de Brumadinho e ainda um showcase de música contemporânea indígena.Completam as atividades um painel que vai discutir caminhos para a recuperação e desenvolvimento da cidade de Brumadinho (MG) após o rompimento da barragem do Feijão.

A programação de dia do MECAInhotim, com talks e palestras, acontecem no sábado e no domingo, das 11h às 14h, é divulgada agora pela Popload e está assim:

* A programação de talks no sábado conta com os insights WGSN, a maior autoridade em tendências no planeta. A empresa WGSN nasceu em Londres, tem 14 escritórios espalhados pelo mundo e é líder mundial em pesquisa de tendências. No talk, Arruda (chefe da WGSN Mindset na América Latina) desmistifica os desafios e soluções que estarão em evidência para pessoas, empresas e movimentos no futuro. Entre os insights que serão analisados estão empoderamento exponencial, consciência emocional e inovação tecnológica e social.

O dia também conta com Walter Thompson, repórter especial multimídia do jornal “New York Times”, que viaja o mundo atrás de respostas para a pergunta “O que significa pertencer?”. Além disso, idealizadoras da Hysteria, a plataforma de conteúdo criada e produzida por mulheres, que nasceu dentro da Conspiração Filmes, vão conversar com o público sobre a importância do movimento Girl Gaze na construção de uma representação visual mais realista das mulheres, partindo dos múltiplos olhares da produção audiovisual brasileira.

Brett Kincaid, produtor executivo do documentário “Fyre Festival: Fiasco no Caribe” sobre o festival de música milionário que virou grande desastre, também fará parte da programação do primeiro dia de talks.

* No domingo tem o talk sobre estilo e política, ou como o estilo É política, com o FaceHunter, projeto criado pelo fotógrafo Yvan Rodic, que já explorou estilo e cultura em 142 países, desafiando estereótipos, redefinindo narrativas e dando luz a paradigmas menos conhecidos. Fotógrafo, diretor de fotografia e explorador cultural, ele colaborou para marcas como Louis Vuitton, Lane Crawford, Mercedes-Benz, Volvo, Fiat, Tommy Hilfiger, entre outras, além de diversos veículos de imprensa como Vogue (Itália), GQ (França) e The Observer (UK).

Ainda: o Laces and Hair, maior hair spa natural do Brasil, e o MECA, plataforma cultural que além de promover o MECAInhotim também tem outros projetos ao longo do ano, falam sobre como ser uma marca com propósitos.

Verbogentileza também faz parte dos talks do domingo. Responsáveis por campanhas publicitárias e festivais de música tendo a gentileza como norte, eles propõem uma conversa sobre o como projeto colabora para conectar marcas com a cidade.

O espaço, sujeito a lotação, é aberto a todos que tiverem adquirido os ingressos do festival e não é necessário se inscrever.

* PróBrumadinho – além de fomentar o turismo na região, em fevereiro a plataforma cultural MECA lançou e foi um dos primeiros doadores do fundo filantrópico PróBrumadinho (www.probrumadinho.org). O objetivo da iniciativa é arrecadar recursos que serão aplicados na região com foco em médio e longo prazo. Ainda serão desenvolvidas uma série de atividades em prol da comunidade de Brumadinho antes, durante e depois do festival.

Confira abaixo a programação musical do festival, com os horários

* Sexta-feira
18h – Castello
20h – MC Tha
22h – Pitty
23h – WME / Claudia Assef e Ana Flávia
2h – Mentrix

* Sábado
18h – Céu
20h – Duda Beat
22h15 – Gilberto Gil
23h15 – Alta Fidelidade
1h10 – Rara

* Domingo
18h – Lamparina e a Primavera
20h – Tulipa Ruiz
22h – Mareh Music / Darryn e Cancian

Serviço

MECAInhotim
17, 18 e 19 de maio de 2019
Instituto Inhotim: Rua B, 20, 35460-000 Brumadinho
Passaporte (03 dias) 2º lote – Meia Entrada Social (perante a doação de um livro) ou Estudante: R$ 360

Sexta (1º lote) – R$ 90 meia-entrada estudante e meia-entrada social (mediante doação de um livro em bom estado)

Sábado – Esgotado

Domingo (1º lote) – R$ 90 meia-entrada estudante e meia-entrada social (mediante doação de um livro em bom estado)

*Valores sujeitos à mudança de lote

Ingressos aqui.
Mais informações aqui.
Evento no Facebook aqui.

O ingresso dá direito à visitação completa em Inhotim a partir das 9h30.

>>