Julien Baker vai à TV americana com seu bombado novo disco

>>

* Não completou nem uma semaninha desde o lançamento de seu terceiro álbum, “Little Oblivions”, e a multiinstrumentista indie-fofa Julien Baker já vem colhendo bons resultados.
A revista-site americana “Spin” comentou que Baker é “uma das melhores cantoras de indie rock emocional da geração” e o Pitchfork deu uma nota 7.6 para o disco dela, que, para os padrões do site, é uma avaliação nada mal.

Captura de Tela 2021-03-02 às 2.22.10 PM

Ontem à noite, Baker fez sua segunda performance “ao vivo” para a TV americana. Entre aspas porque, adaptado aos novos moldes pandêmicos, as apresentações são todas pré-gravadas, como vimos no comecinho do ano aqui, no Colbert. E a música da performance dela de ontem=, para o programa “Late Night with Seth Meyers”, foi a poderosa e, ok…, emocional faixa “Hardline”.

Essa é a segunda vez que vemos Julien tocar com uma banda de apoio completa, já que anteriormente ela gravava todos os instrumentos sozinha, ou era parte da banda de apoio de alguém, como foi o caso com a Hayley Williams. E, sinceramente, a banda só somou e fez com que suas músicas ficassem ainda mais incríveis e devastadoramente lindas.

A artista tem data marcada para sua primeira apresentação “ao vivo”, de novo, tempos pandêmicos e tals… no fim deste mês, para divulgar o lançamento desse seu terceiro album. O show via streaming acontece dia 25 de março, pela plataforma STAGED, em três horários diferentes para agradar aos fãs em fusos horários variados. Se tiver interesse, os ingressos estão à venda por aqui.

>>