Kanye West faz da audição de “Donda”, em Chicago, um festival de cancelados. Veja fotos e vídeos e músicas

>>

WhatsApp Image 2021-08-27 at 12.02.31

* Talvez o maior show da temporada sem ter sido um show foi realizado ontem em Chicago, pelo rapper-treta Kanye West, o CARA QUE FALIU O TIM FESTiVAL BRASILEIRO. Mas isso é uma outra questão, para outra hora.

Kanye, que deve passar a se chamar Ye logo mais, fez a terceira audição pública, em estádio, de seu próximo álbum, “Donda”, para testar se a galera gosta, se ele vai querer mudar algo antes do lançamento. Ou mesmo nem lançar. Porque é o kanYE, né?

Essa coisa de “galera em teste” resume-se a 38 mil pessoas, que foram aglomerar os ouvidos no Soldier Field, em Chicago, terra do rapper. Antes, Kanye botou sua provável bolacha nova para rodar em Atlanta e Los Angeles.

Mas não foi uma “listening party qualquer”. Teve cenário e convidados. Foi erguida dentro do estádio uma réplica da casa em que Kanye passou sua infância, na região de South Shore”, uma das mais povoadas e tensas áreas da sempre tensa Chicago fora de seu maravilhoso skyline.

Os convidados? Ah, os convidados! Mantendo sua fama de… de… provocador, Kanye West levou ao Soldier Fields seus amigos DaBaby e Marilyn Manson, ambos artistas canceladaços. O primeiro causou controvérsia por homofobia declarada em um evento de Miami no mês passado, o que lhe rendeu uma expulsão do line-up do Lollapalooza pela repercussão negativa. E o figurão Marilyn Manson está enfrentando na Justiça acusações gravíssimas de abusos sexuais e psicológicos de sua ex, a atriz Evan Rachel Wood, e outras mulheres.

Logo no comecinho do evento, que foi transmitido para o mundo pela Apple Music, Kanye West botou para tocar a faixa “Jail”, que tem um verso cantado originalmente pelo Jay-Z, mas que na listening party de Chicago foi substituída por uma frase falada pelo DaBaby: “I said one thing they ain’t like and they threw me out like the garbage” (“Eu falei uma coisa que eles não gostaram e me jogaram fora como se eu fosse um lixo”).

A própria ex do Kanye West, a extrafamosa Kim Kardashian, em processo de divórcio do rapper, apareceu na hora em que a última música da noite foi tocada, a “No Child Left Behind”. E ela apareceu usando um… vestido de casamento.

Esse caldo polêmico todo se juntou ao fato de que as 38 mil pessoas que foram ao estádio ouvir o “Donda” não tinham a obrigação de apresentar comprovantes de vacinação ou testes negativados para a covid-19, o que nos EUA representam um número gigante de pessoas. Tudo garantido pelas autoridades locais, pelos testes com eventos esportivos e principalmente musicais, como o bem-sucedido sanitariamente Lollapalooza, que rolou no mês passado.

“Donda”, o décimo álbum do Kanye West, já roda a internet em algumas versões, não se sabe se definitivas. O título do disco se refere à mãe de Kanye, Donda.

As fotos e tweets e vídeos do Youtube do evento de ontem em Chicago são sensacionais.

kanye1

Captura de Tela 2021-08-27 às 12.36.35 PM

Fila “organizada” para comprar merch do Kanye West e de seu disco novo “Donda”, que nem saiu ainda e já pode ser o álbum que mais faturou nos últimos anos sem nem ter sido lançado

>>