Neil Young revisita o próprio passado e toca pela primeira vez na carreira uma canção de 1969

>>

Fotos: Jam Base

Fotos: Jam Base

O mestre Neil Young, uma das grandes lendas da música em todos os tempos, iniciou semana passada pelos Estados Unidos uma turnê acústica em teatros, e tem primado por tocar algumas raridades para seu fiel público.

Canções como “Ambulance Blues”, “Broken Arrow” e “Razor Love” foram tocadas em apresentações recentes. Mas a maior surpresa rolou na noite de anteontem, 29 de janeiro, em Minneapolis.

Por lá, o canadense tocou “Running Dry (Requiem for The Rockets)” pela primeira vez em sua carreira. Só para se ter uma noção da raridade, a faixa foi lançada originalmente em 1969, no disco “Everybody Knows This Is Nowhere”, o primeiro dele com a Crazy Horse.

“Requiem for The Rockets”, que faz parte do título, é uma referência à ex-banda de Neil, que ele formou em Los Angeles. Ele demitiu seu guitarrista, o baixista e o baterista. Em seguida, formou a Crazy Horse. O resto é história.

O registro pode ser conferido abaixo, logo após de “Cinnamon Girl” e “Pocahontas”

https://youtu.be/eI0I2en5Wi0

>>