No Top 20 britânico, Liam Gallagher está vendendo mais do que os outros 19 somados. E a mãe dele já desistiu do Oasis

>>

101017_liam2

Há alguns meses, Liam Gallagher deu uma entrevista falando que se seu disco de estreia solo – “As You Were” – fracassasse nas vendas, ele certamente não cantaria mais. Essa preocupação nem ele nem seus fãs precisam ter mais. O álbum que saiu sexta passada está no topo das paradas britânicas e no momento atinge uma façanha: no Top 20 das vendas, Liam vendeu mais do que os outros 19 concorrentes somados. Neste meio estão nomes como the Darkness, Marilyn Manson e A-ha.

Na prévia do meio de semana, “As You Were” atinge cerca de 80 mil cópias e deve passar das 100 mil até sexta, quando é fechada a contagem da semana. Puxado por singles como “Wall Of Glass” e “For What It’s Worth”, o disco de fato é bem bom e coeso, e significa uma espécie de renascimento de Liam, que andou patinando após o fim do Oasis com o Beady Eye, que definitivamente não deu certo, enquanto em outra ponta seu irmão Noel lançou dois álbuns solo que tiveram boa aceitação.

O estabelecimento de Noel e Liam em suas carreiras solo podem afastar ainda mais a possibilidade de um retorno do Oasis. Além da inimizade que paira entre os dois, Liam disse para a Rolling Stone que a própria mãe deles já jogou a toalha. “Minha mãe já desistiu. Ela está tipo: ‘estou pouco me fodendo. Tenho 75 anos agora! Foda-se os filhos, já deu’. Ela vai nadar, faz as coisas dela. Não está interessada”.

Por outro lado, na mesma entrevista, Liam admite que ainda não se sente a vontade em seguir carreira solo. “Preferia estar falando sobre um disco do Oasis do que de um disco solo do Liam. E sei que Noel Gallagher também iria preferir. Porque somos melhores juntos. Sou bem seguro disso, e ele também”.

Liam e Noel virão ao Brasil nos próximos meses. Separados, claro. Enquanto o guitarrista chega a São Paulo na próxima semana para abrir uma série de quatro shows do U2, o vocalista será uma das atrações do Lollapalooza 2018.

Ontem, Liam esteve no programa de James Corden, a quem tinha chamado de “gordo idiota” há algumas semanas. Mudou o pensamento e disse que ele estava errado, que o apresentador é boa pessoa. Coisas de Liam.

>>