O jovem Blossoms faz a cover do ano misturando 50 Cent e… George Michael. Tá?

>>

Captura de Tela 2017-02-17 às 11.26.58 AM

* No meio desse monte de bandas novas “mais ou menos” da cena inglesa atual, uma que a gente gosta bem é o Blossoms, de Manchester. Ou de perto de. E nem é porque o Paul Weller é fã dos meninos. Não é!

O grande consenso em torno do álbum de estreia do quinteto, que saiu no ano passado e tem o nome da banda, é que o Blossoms ficou tão famoso entre a molecada britânica, por causa de seus EPs que correm a internet desde 2013, que quando esse primeiro disco saiu, ele parecia um “Greatest Hits” de uma banda veterana. Sinal dos tempos.

O negócio é que o Blossoms está “trabalhando” um novo single de seu “greatest hits sqn”, a gostosinha e super-radiofônica “Honey Sweet”. E foi nesta semana no “Live Lounge”, da Radio One, para fazer uma session ao vivo da música.

Acontece que, caiu no “Live Lounge”, tem que também fazer ao vivo uma cover de alguém. E o Blossoms fez a melhor cover do ano até agora: misturou o hino maloca “In Da Club”, do rapper americano 50 Cent, com a mela-cueca “Careless Whispers”, do saudosíssimo cantor inglês George Michael. Tudo fora da ordem, tudo lindo.

Depois dessa escolha e ousadia, o Blossoms precisa subir dois degraus no conceito de todo mundo. Até porque a cover ficou sensacional.

>>