O prêmio mais legal de todos: BET Awards e as performances de Megan Thee Stallion, Tyler, The Creator, Cardi B grávida, Migos e muito mais

>>

* A importante premiação americana do BET Awards, sobre a excelência negra no entretenimento e no esporte, foi entregue neste domingo com muito barulho, como não poderia deixar de ser.

Tipo com o Tyler, The Creator descendo de um Rolls Royce para tocar seu single bombator “Lumberjack”, a explosiva Megan Thee Stallion fazendo performance à altura de sua “Thot Shit” cheio de dançarinos, Cardi B anunciando sua gravidez barrigudaça durante sua participação no show incendiário do Migos, H.E.R., Lil Baby, Lil Durk e DaBaby se apresentando juntos num “all-star medley” de só sucessos, a H.E.R. fazendo solo de guitarra… E, claro, a superprodução do Lil Nas X para tocar sua ótima “Montero (Call Me By Your Name)”, sempre numa pegada diferente. E desta vez sem rasgar a calça. E com uma já famosa coreografia dos braços.

No que importa o resultado da premiação, quem ganhou como disco do ano foi o famoso EP “Heaux Tales”, da rapper Jazmine Sullivan, da Philadelphia, lançado em dezembro do ano passado.

A poderosa Megan Thee Stallion (foto aqui e na home), de Houston, ganhou três dos sete prêmios aos quais estava indicada. São eles da escolha do público (para “Savage (Remix), featuring Beyoncé”), Vídeo do Ano (para sua participação em “WAP”, da Cardi B) e, o principal deles, Melhor Artista Mulher do Hip Hop.

Bom, vamos à bagunça legal do BET Awards.

>>