Oi, Michael Stipe, beleza? E esse David Bowie? E essa barba? E o Bernie?

>>

Screen Shot 2016-03-30 at 8.48.17

* Nosso velho amigo Michael Stipe, que curte uma aposentadoria largada (veja a barba!) depois de anos de bons serviços prestados à música com o fantástico e saudoso REM, é bom assunto pop nesta semana, quando é uma das estrelas de um concerto em Nova York em homenagem ao querido David Bowie, músico que “left the building” há quase três meses.

Stipe, junto com uma galera bacana que inclui Cat Power, Debbie Harry, os Pixies, Laurie Anderson, Flaming Lips e outros, lembram o legado do recém-finado cantor inglês no show “The Music of David Bowie”, que acontece no chic Carnegie Hall, em Manhattan. O concerto-tributo é beneficente e bota o nome de Bowie para ajudar jovens “desprivilegiados” a aprenderem música.

Como parte da divulgação do show especial, Michael Stipe apareceu no programa de TV do Jimmy Fallon ontem à noite, obviamente para cantar Bowie. E a parte que coube a Stipe foi reinterpretar “The Man Who Sold the World”, cover também famosa na histórica performance acústica de Kurt Cobain e seu Nirvana.

Muito bom ouvir Bowie. Muito bom ouvir de novo a voz de Michael Stipe. Foi tipo emocionante.

** Nos bastidores do Jimmy Fallon, Michael Stipe se deixou fotografar usando camiseta do político Bernie Sanders, o democrata candidato a candidato à presidência dos EUA, o favorito de certa parte cool da classe artística americana. O simpático senador socialista, embora tenha crescido muito em campanha nas primárias nos últimos dias, deve perder a nomeação para a Hillary Clinton, em julho. Michael Stipe é ferrenho ativista pela “causa Bernie”.

Screen Shot 2016-03-30 at 8.46.39

>>