Palma Violets, de Londres, tocando na maior menor casa do mundo, em Nova York

>>

* Orgulho do novo rockinho inglês, a bela banda Palma Violets faz sua primeira apresentação nos EUA amanhã, terça, quando inicia em Boston uma pequena turnê americana de seis shows, que inclui dois em Nova York, Toronto, Chicago e Filadélfia. Mas isso é meia-verdade.

O Palma Violets na verdade já tocou no Brooklyn, sábado passado, mas tipo “não conta”.
A banda de Londres fez seu real début nos EUA, tratado como “EPIC” no Twitter e num blog aqui e ali que pesquisei, no SHEA STADIUM BK, lugar que merece nossa atenção.

Lado B do Brooklyn e nova meca do som independente (haha), o Shea Stadium BK é, como na explicação do “New York Times”, um espaço que parece um apartamentinho grunge no fim de uma escada claustrofóbica que fica atrás de uma porta de metal sem aviso algum situado numa desolada zona industrial do lado leste de Williamsburg. É a melhor definição de um lugar podre da história do rock.

O nome é sensacional, também. Shea Stadium BK, o lugarzinho, tem nome do antigo e lendário estádio do Mets, time de beisebol do Queens, que inspirou um dos moleques que fundaram a salinha indie do Brooklyn (de onde vem o “BK”, sacou, heeeein). Ele ia muito ver jogos no Shea Stadium, que entre outros serviços sediou show dos Beatles em 1965 (pensa), do Clash em 1982 (pensa de novo), fora The Who, Simon & Garfunkel e The Police, entre outros.

Espécie de Casa do Mancha (Vila Madalena, São Paulo) deles, o Shea Stadium BK tem no nome a magnitude de um Totally Enourmous Extinct Dinosaurs, que batiza o projeto de um produtor inglês franzino e delicado. Gênios.

Durante o dia, o Shea Stadium BK funciona como estúdio de gravação e espaço de ensaios. De noite, vira uma casa de shows com possibilidade de gravar todas as performances ao vivo, principalmente em áudio, para uso comercial ou apenas virtual gratuito. Uma penca de novas bandas já deixaram documentados ao vivo seu som no ótimo site do Shea Stadium BK, prontinho para serem ouvidos.

E, no sábado, o Palma Violets passou por lá. E a cara do lugar, em vídeo rápido do show durante o hit do grupo, é assim:

A foto do vocalista Sam Frier, acima, é do Flickr do Kenami, onde tem várias desse show do Shea Stadium BK.

>>