Pin Ups, da época que o indie era indie, relança todos os seus discos e faz show hoje em SP

>>

cena

* Antes de a CENA do logo acima ser uma CENA, havia uma banda chamada Pin Ups. Grupo da “era clássica” do indie paulistano, finalzinho dos 80, começo dos 90, que frequentou o muito-underground underground de São Paulo da época (a repetição foi proposital), os Pin Ups fazem show hoje no ótimo palco (cóf.) do Z Carniceria, em Pinheiros, para mostrar sua encorpada nova formação e para comemorar o relançamento de toda a sua discografia digitalizada, em uma parceria com o veterano selo indie Midsummer Madness, outro nome importante de uma certa primeira onda do indie nacional.

Os álbuns dos Pin Ups a reaparecerem, em streaming e download, seja no bandcamp dos Pin Ups ou no site da Midsummer Madness, são, pela ordem: “Time Will Burn” (1990), “Gash – A Mellow Project by Pin Ups” (1992), “Scrabby?” (1993), “Jodie Foster” (1995) e “Lee Marvin” (1997), além do EP “Bruce Lee” (1999). Todos os discos estarão também nas plataformas de sempre: Spotify, iTunes, Deezer etc.

pinups

Precursora de uma cena de distorções de guitarra, quando os ventos gringos bem pré-internet sopravam para cá os ventos de bandas como My Bloody Valentine e Jesus & Mary Chain desde o UK, ou o pequeno Nirvana e o grunge sujo dos EUA, os Pin Ups dividiam as atenções indies com bandas como Killing Chainsaw, Second Come, Mickey Junkies e Low Dream, todas dentro do projeto da Midsummer Madness, para manter a cena dessa época ainda viva, via digitalização.

* No Z Carniceria, nesta noite, não acontecerá apenas “um show”. Antes da apresentação dos Pin Ups, marcada por volta das 23h30, será exibido o documentário “Time Will Burn”, que tem no nome uma menção ao primeiro álbum da banda mas trata de toda a cena indie do início dos anos 90. O filme, documentário, tem direção de Marko Panayotis e Otávio Souza, e começa a passar às 22h.

Hoje um trio formado pelo guitarrista Zé Antônio Algodoal (fundador do grupo, o do meio na foto), a vocalista e baixista Alê Briganti (de um Pin Ups da terceira e mais duradoura fase) e o baterista Flávio Cavichioli (que já foi do Forgotten Boys), a banda vai levar ao palco hoje o incremento nas guitarras de Adriano Cintra, ex-Pin Ups e Madrid.

Em especial à Popload, a banda gravou uma faixa de seu ensaio, nesta semana, e nos mandou o vídeo. É da música “Crack”, que vai estar presente no show de hoje à noite. Confira.

pinupsshow

>>