Pitchfork Paris – O show todo do James Blake. E o do Foxygen de brinde

>>

* Aconteceu neste final de semana que passou o Pitchfork Music Festival Paris, evento tradicional do site indie americano realizado em solo francês, com a diferença que lá, além de um line-up maravilhoso, foi sediado no abasbacante Grande Halle de la Villette e vendia baguetinha de queijo gruyere quentinha e ostras na área de alimentação, as quais você podia comer acompanhadas de um belo vinho rosé “da casa”.

Screen Shot 2014-11-03 at 9.17.07

A Popload esteve por lá, sob o olhar atento da Talita Alves, que conta um pouco do clima do festival.

O Pitchfork de Paris, lindo de morrer, foi todo transmitido pela internet. Se você não teve a oportunidade de vê-lo, a gente recupera aqui numa sequência de posts alguns de seus shows inteiros.

Vamos mesclar os vídeos com as observações de madame Talita. Tipo assim:

Screen Shot 2014-11-03 at 9.14.37

* O show do James Blake

“Outono em Paris, Grande Halle de la Villette. Parece o início da sinopse de algum filme da Nouvelle Vague, mas é sobre o Pitchfork em sua versão mais charmosa.
No primeiro dia, a apresentação do James Blake me fez lembrar um comentário sobre ele que eu li uma vez, que dizia algo como: “Blake é tipo um menino educado a leite com pera que vê filmes do Al Pacino”. Uma comparação desse naipe é capaz de fazer a gente entender por que o compositor inglIes consegue conviver entre a delicadeza dos sentimentos e a mão pesada de suas produções, elementos que parecem tão opostos às vezes, mas que encontraram nas mãos de Blake um lugar pra morar”, relata a Talita.

“Durante o show, um senhor que estava numa cadeira de rodas veio ficar bem ao meu lado. Ele parecia um nigga, tinha cabelos brancos escondidos numa boina, mas usava camiseta de banda ao mesmo tempo. Me perguntou quem era o branquelo que estava no palco naquela hora. Falei que era o James Blake. Ele agradeceu e comentou que só tinha ido ao festival para ver “esse cara”, porque alguém disse para ele que era imperdível”, conta.


James Blake (full concert) – Live @ Pitchfork… by culturebox

* O show do Foxygen

A esquisita banda americana Foxygen, da Califórnia, grupo de altas mudanças comportamentais e de estilo em sua curta carreira, caiu na psicodelia brava e curte as brumas do lançamento de seu mais novo disco, “…And Star Power”, que saiu há algumas semanas. A banda passou por Paris em meio a uma curta turnê europeia e montou uma algazarra indie no parque francês.

Screen Shot 2014-11-03 at 9.20.04

O vocalista Sam France, o figura da foto acima, uma espécie de “young Iggy Pop” torto, que faz auto-flagelo no palco entre outras coisas, é bem doidinho, né? Não tem dois anos vi um show do Foxygen em Nova York e France cantava de terninho e de um jeito meio tímido. Hoje sua figura em cena é a tresloucadada e explosiva, parecendo um moleque glam nos anos 70 que acabou de sair de um show do Bowie e pirou. Bom, ser comparado quase na mesma frase com Bowie e Iggy Pop é um pouco demais para ele, ok. Mas veja o show e entenda o que eu estou falando.


Foxygen (full concert) – Live @ Pitchfork Music… by culturebox

>>