Popload Live: hoje, 17h, no Stories da @poploadmusic, conversa com Thiago Ney, curador da newsletter “MargeM”

>>

* Talvez, apenas talvez, dois caminhos essenciais para entender o mundo hoje, inclusive o mundo cultural, seja ouvir o podcast Resumido, do Bruno Natal, e ler a “MargeM”, newsletter assinada pelo jornalista Thiago Ney, o convidado de hoje do papo com música da Popload Live, hoje, 17h, no @poploadmusic do Stories.

Sobre o Bruno, ele já passou aqui pela nossa live faz uma semana. Sobre o Ney, a conversa é hoje.

Jornalista musical de uma porção de veículos importantes, mas principalmente da Folha de SPaulo desde os anos 2000, Thiago Ney, frise-se, é meu amigo pessoal. E digo isso não pela brodagem em si, mas para dizer que nossos caminhos enfurnados em música, profissionalmente ou apenas por paixão, naturalmente se cruzaram por quase toda nossa trajetória, o que nos rende altas histórias, algumas a serem contadas logo mais na live. Outras nem a pau, por causa do horário.

Somente um teaser: adianto aqui que, sem o Thiago Ney, o consumo imediato da banda Strokes no Brasil, lá em 2001, iria demorar um pouquinho mais de tempo a se estabelecer no país. White Stripes também. O assunto é imenso e vai ser tratado hoje mais a fundo.

A sua nova empreitada, a newsletter MargeM, compila três vezes por semana os melhores assuntos destes tempos, dos melhores lugares, de forma mais direta. Num mundo de hiperinformação que vivemos, a boa curadoria, como a do Ney, é uma função vital para sentirmos para que lado balança este mundo muito louco.

Para assinar a MargeM, vai por aqui Para nos ver conversando, vai por aqui: @poploadmusic, 5 da tarde.

4 - POPLOAD-LIVES-05_05CARD

A live da Popload foi criada para proporcionar, em tempos de clausura, papo e performance com pessoas legais da nossa música. Inclusive… tocando música.

Já rolou por aqui conversa e som com Flavio FingerFingerrr, André Aldo, Eduardo Apeles, Vivian Kuczynski, Lucas Fresno, Rita Papisa Oliva e Ale Sater, do Terno Rei, Bianca e Rodrigo do Leela, Lucas da Glue Trip, Fefel do Boogarins, Duda Brack, Clarice Falcão, Gabriela Deptuski, do My Magical Glowing Lens, Jay Horsth, do Young Lights, Salma & Macloys, do Carne Doce, a trinca Naíra, Érica e Caro, do sexteto Mulamba, e João Erbetta, do Los Pirata, o Popoto, da banda Raça, a Sara Não Tem Nome e o produtor paulistano CESRV, o internacional Sessa, o cheio-de-histórias-incríveis Supla e a multimídia Lia Paris. Tudo regado a som ao vivo, adaptado, rearranjado, diferente, tecnicamente perdoadíssimo.

Já teve até DJ set, do ótimo Willian Mexicano, na semana passada, com a digníssima diva pop Pabllo Vittar participando animada. Já teve conversa sobre a história da CENA brasileira com um dos personagens principais dela desde sempre, o agitador Fabrício Nobre. Já teve papo de jornalismo musical com Pedro Antunes, editor da “Rolling Stone”, porém mais conhecido como o inventor do programa “Tem um Gato na Minha Vitrola”.

A ideia da live é que ela, diária, de segunda a sexta no período de quarentena, não necessariamente tenha um horário padrão para rolar, mas até que tem acontecido bastante às 17h. A gente avisa aqui e nas redes o horário certo do dia. Ou, melhor, reforça o aviso quando NÃO for às 5 da tarde.

Então, hoje, às 17h, daqui a pouquinho, no Stories do @poploadmusic, falo com o jornalista Thiago Ney.

E lembrando que as Lives passaram a ficar disponíveis no igtv da conta do Popload Music, para outras revisitações ou mesmo para ver pela primeira vez. Escolha sua opção, mas veja.

>>