Popnotas 2 – As novidades do Nick Cave. O mistério do My Bloody Valentine. Waxahatchee fazendo Bruce Springsteen. E um Fontaines DC à francesa

>>

Nick Cave e sua mania de deixar boas notícias quase que secretas em suas respostas aos fãs no Red Hand Files. Desta vez, em uma resposta sobre planos quanto ao novo disco, “Carnage”, Nick aproveitou para explicar que a união dele e Warren Elis foi quase que um reencontro só por curtição. Por acaso, nasceu um disco. E ali, como quem não quer nada, contou que o diretor Andrew Dominik, o mesmo de “One More Time with Feeling”, foi até Londres para registrar Nick e Warren tocando tanto “Carnage” quanto “Ghosteen” ao vivo. E só. Nem mais uma dica do que virá.

– Por falar em falta de informação, não temos ideia ainda do que significa o mistério que o My Blood Valentine está fazendo em suas redes sociais. Eles estão prometendo algo para o dia 31 de março, ou seja, quarta-feira. A possibilidade mais quente levantada no Reddit é que role um lançamento mundial do catálogo da banda em serviços de streaming. Mas vai saber.

– Katie Crutchfield com seu Waxahatchee acaba de relançar “Saint Cloud”, álbum que acabou de completar um ano, com três covers que dialogam bem com o disco: “Fruits of My Labor”, da Lucinda Williams, “Light of a Clear Blue Morning”, da Dolly Parton, e “Streets of Philadelphia”, do Bruce Springsteen, que você pode ouvir, abaixo. Um presente fino, vai. Pensa se todo álbum bom celebrasse aniversário desse jeito.

– Epa, esta é para ficarmos ligadíssimos. Daqui dois dias entra no ar o novo programa musical com bate-papo da cantora inglesa Jehnny Beth, o “Echoes”. Na verdade quem é inglesa é a banda dela, a incrível Savages, porque Beth é tão francesa quanto seu programa, que passa no canal parisiense ARTE, onde a cantora é também apresentadora. E, neste novo episódio do “Echoes”, a convidada vai ser a banda irlandesa Fontaines DC (foto na home), para não só mas também falar de seu último disco, o inesgotável “A Hero’s Death”. O vídeo vai ser colocado aqui embaixo, para ficarmos acompanhando a contagem regressiva. Você me lembra, eu lembro você

>>