Popnotas – As covers do Black Keys. Outra nova do Teenage Fanclub. A “reestreia” da banda The Shins. Disco da Lucy Dacus vem aí. E o festival feminista de Mossoró

>>

– “Endeless Arcade”, o 11º álbum do grupo escocês fofurinha Teenage Fanclub, sai dia 30 de abril. Já conhecemos quatro singles deste disco, e hoje recebemos mais um. Chama “In Our Dreams” e como muitas músicas do Teenage Fanclub em sua carreira, desde 1990, parece que vai começar um indie rock bem energético aí a magia do lirismo romântico da banda quebra a expectativa. O single de “In Our Dreams” foi apresentado com um vídeo da banda tocando ao vivo num galpãozão com luz incrível.

– A outrora adorada banda indie americana The Shins lançou seu aclamado disco de estreia, “Oh, Inverted World”, em junho de 2001, no vapor do novo rock blablablá. E, como tudo naquele bendito ano para a cena alternativa dos EUA e mundial, a efeméride de 20 anos vai resgatar esse debut do grupo do Novo México para um relançamento luxuoso, em junho. No dia 11/6, com a estampa da Sub Pop, “Oh, Inverted World” vai sair com livreto recheado de material histórico, tipo fotos da época, as letras manuscritas etc.

– Com a chegada dos discos mais recentes da Phoebe Bridgers e da Julien Baker, a gente estava ansiosa para o lançamento do novo disco da Lucy Dacus, o que faltava das meninas que formam o trio boygenius. Agora a ansiedade tem data para acabar. Já sabemos que ela chega de disco novo no dia 25 de junho. O álbum se chamará “Home Video” e está gravado, veja só, desde agosto de 2019, antes de a palavra pandemia ser uma realidade mundial. Nem é preciso dizer que tanto Phoebe quanto Julien vão participar do álbum. Com o anúncio, ela soltou um single, que é a faixa que abre o disco, a bonita “Hot & Heavy”.

– O The Black Keys vai lançar um disco de covers com músicas que influenciaram a banda. “Delta Kream” ganha streamings e lojas no dia 14 de maio. A ideia é honrar sons do blues e country norte-americanos, nomes como Ranie Burnette, Fred McDowell e Joseph Lee Williams – sim, coisas das antigaças mesmo. O primeiro som deste novo álbum disponível é a versão para “Crawling Kingsnake”, um do John Lee Hooker de 1941. Mas nem adianta procurar por aí, você só encontra ela se cadastrando no fã-clube da banda, um lance que rola fazer de graça. Faz lá. A gente ouviu e a cover ficou bem boa.

CENA – No dia 24 de abril, sábado da outra semana, acontece a segunda edição do festival Desérticos, com transmissão gratuita por duas vias: na conta de Youtube do evento e pela emissora TCM, uma TV a cabo local de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A história só melhora: o Desérticos é um festival feminista, buscando dar visibilidade parar as mulheres da CENA brasileira. Esta segunda edição tem como estrela a conhecida capixaba Gabriela Terra, dona do My Magical Glowing Lens (foto na home). Outras bandas forasteiras do festival potiguar são Corja (CE) e Dark Valley (RS). A lista local traz Hell Lotus, Lasting Maze, Potato Head, Arianne Oly, Black Witch e BOATS. O Youtube do Desérticas está aqui.

>>

  • joão meirelles

    po, outrora adorada? the shins tem uma baita relevância até hoje.