Presentinho em vinil do Jack White. Não dá para ouvir, mas e daí?

>>

No começo de março, você soube aqui, Jack White armou uma festa intimista para comemorar os três anos da sua gravadora, Third Man Records, na própria sede da empresa, localizada em Nashville. Na ocasião, Jack fez seu primeiro show em carreira solo, que vai rodar o mundo divulgando “Blunderbuss”, álbum que será lançado dia 23 de abril.

Acontece que, na festa, os quase 200 sortudos que lá estiveram para comemorar a data ganharam um presentinho diferente. A Third Man ofereceu um vinil (azul) contendo todos os compactos de 45 RPM (rotações por minuto) que o selo lançou através de sua “Blue Series”, da qual fazem parte artistas que não são necessariamente contratados da Third Man, mas que lançaram ao menos um single através dela.

Para caber todos estes singles em um disco só (56, no total), ele foi produzido em 3 RPM, formato praticamente impossível de ser rodado nos players (ou toca discos, como preferir). Resumindo: o item raríssimo para colecionador, mais um da Third Man, vale mais para ficar exposto na estante. Dois brasileiros, os jornalistas brothers Paulo Terron (Rolling Stone) e Gaía Passarelli (MTV), ganharam os seus. Mas, óbvio, não ouviram.

>>