Queens of the Stone Age relembra tragédia do Bataclan e contra-ataca o terrorismo tocando música boa e fazendo o bem

>>

091120_qotsa2

A próxima sexta-feira, 13, marcará uma triste e emblemática data do mundo pop, pois irão se completar cinco anos do fatídico ataque terrorista que assolou Paris, especialmente a lendária casa de shows Bataclan, enquanto o Eagles of Death Metal se apresentava.
Na ocasião, 89 pessoas morreram e desde então todo show no local passou a ter um significado diferente.

Para relembrar a data, o Queens of the Stone Age colocará no ar em seu canal no YouTube um show inédito do grupo, acústico, realizado no Musem of Old and New Art da Tasmania, em setembro de 2018. A intenção é arrecadar fundos para duas instituições parisienses que auxiliam as famílias das vítimas, chamadas Life for Paris e The Nick Alexander Memorial Trust, esta última criada em homenagem a Nick Alexander, que fazia parte da equipe do Eagles of Death Metal e morreu no atentado.

O setlist é composto por canções como “I Never Came”, “Go With the Flow” e “In the Fade”, além de covers de Dean Martin e Marty Wilde. “Este show foi feito originalmente para um hospital infantil de Hobart, na Tasmania, e estamos felizes que podemos ter uma segunda chance para promover algo bom com ele. 2020 tem sido um ano difícil e as pessoas necessitadas estão mais necessitadas do que nunca. Doe se você puder”, disse Josh Homme em mensagem.

O Queens of the Stone Age não faz shows desde 2018 e pretende retomar sua agenda ano que vem, caso tudo volte ao normal. A banda está escalada para estrelar os festivais de Reading e Leeds, na Inglaterra, no final de agosto.

>>