Roger Waters chama a “Mother” do Pink Floyd para a quarentena

>>

Captura de Tela 2020-05-18 às 8.16.41 AM

* O músico e ativista britânico Roger Waters mostrou ontem, no tocante à cuestão da quarentena, uma tocante versão da clássica canção “Mother”, de sua estratosfericamente famosa ex-banda Pink Floyd.

Waters reuniu a galera que costuma acompanhá-lo em turnê para, cada um de sua casa, ajudá-lo com “Mother”. E declarou que “o distanciamento social é um demônio necessário no mundo da Covid-19”. Disse ainda que ver a música daquele jeito o lembra o quanto estar numa banda é um prazer único na vida.

A versão realmente ficou linda, som e imagem. O vídeo, em preto-e-branco, trouxe o baixista, cantor, compositor e um dos fundadores do Floyd ao violão. Seis músicos e duas backing vocals (uma dela segurando um cachorro) participaram da gravação.

Recentemente, Waters já havia feito, confinado em sua casa, uma cover em homenagem para o amigo John Prine, músico americano de folk music que morreu no mês passado vítima do corona.

A pandemia atrapalhou os planos da turnê This Is Not a Drill, que passaria pelos EUA em julho e foi adiada para o ano que vem.

>>