São Paulo enquanto Londres. James + Ting Tings + Tune-Yards + Noel Gallagher + Band of Horses + Wild Beasts + Franz + Horrors bombam a cidade em maio

>>

* Na verdade já começa hoje, no último dia de abril. O inverno está chegando forte em São Paulo, mas a cidade vai responder com shows quentes. Acompanhe:

– Hoje – A veterana banda inglesa James mostra seu emotivo show pré-britpop nesta noite no Cine Joia, na Liberdade. Se formos nos basear pelos dois shows que o grupo fez no Coachella Festival, há poucas semanas, o hit “Sit Down” é logo a primeira música. Não chegue com o show começado.

– Amanhã – A dupla inglesa The Ting Tings sacode o Joia de hits e novas músicas, em show com a casa bem cheia, ao que tudo indica. Se “That’s Not My Name” ainda bomba qualquer pista hoje, em versão original ou nos 300 remixes, imagina ver a Katie White mandando a música ao vivo? Não se engane: o novo disco, “Sounds from Nowheresville”, lançado há dois meses, é mais ou menos. Mas o show costuma ser bem bom.

O duo inglês Ting Tings amanhã no Joia. Lá vêm os hits

– Quarta – show 1. Mr. Noel Gallagher, ex-Oasis, mostra seu lindo disco solo em show para paulistanos agora no dia 2, no Espaço das Américas. Noel Gallagher é o cara. Ele recheia sem dó a tour do álbum novo, cheio de canções ótimas, com várias canções perfect-pop dos tempos do Oasis. O concerto dele no final de tarde do Coachella, na Califórnia, há alguns dias, foi quase perfeito. Não tô dizendo que o Espaço das Américas vai mostrar o mesmo pôr-do-sol que o deserto da Califórnia, mas ainda assim… show 2. Também na quarta, em show fechado pelo canal Multishow, no Cine Joia (portanto você vai ter que rebolar nas promoções da internet para tentar entrar), a “tribal” Merrill Garbus bota para tocar para os paulistanos sua banda-projeto Tune-Yards. É um indie cabeça que encontra o lo-fi com colagens experimentais e afrobeats, como se ela fosse do Brooklyn. É quase. Boa opção indie ao popismo do Noel.

– Dia 3 – O espertíssimo grupo americano White Denim engrossa a semana de shows tocando no Beco 203 na quinta. O White Denim executa ao vivo um som de garagem psicodélica (alguma coisa perto disso, se dá para definir assim) com o dobro de energia que tem em seus discos. Bom, dizendo de onde eles são já entrega o que esperar dos caras: Austin, Texas.

– Dia 10 – Coisa de doido, a surf-music interestelar de pegada punk baixa a toda velocidade no Cine Joia no show dos “violentos” Man or Astro-Man?, veterano grupo do Alabama que agora tem uma Astro-Woman na banda. Personagens de históricos shows no Brasil, já, confesso que não sei como anda a banda hoje em dia. Mas é difícil um show do Man or Astro-Man? ser ruim, viu.

O Band of Horses, de Seattle, toca no Beco agora em maio

– Dia 21 – Novo integrante do “maio bombator paulistano”, o distinto quarteto de indie-country Band of Horses, de Seattle, atraca no Beco SP perto do final do mês, na primeira tour dos caras pela América do Sul. O Dave Grohl adora os caras e quando dá mete eles para abrir os shows do Foo Fighters. Toque para os meninos: a bermuda é opcional, mas a barba e a camisa de flanela são itens obrigatórios.

– Dia 24 – POPLOAD GIG edição extra, no Beco SP. Enquanto o Of Montreal, o Theophilus London, o A$AP Rocky e outra galera que ainda é segredo não vêm, este blog bota para você se divertir um showzinho cool da banda inglesa Wild Beasts, que traz a tour do excelente disco “Smother” e tem um dos vocais mais bacanas do indie, de Hayden Thorpe. Banda da Domino Records, pois não? A abertura do show do Wild Beasts vai ficar por conta da “rodada” banda indie paulistana Some Community, uma das atrações do South by Southwest deste ano.

O Franz Ferdinand em foto “paulistana”. Banda escocesa toca em SP neste mês

– Dia 27 – Primeiro que é de graça. Segundo, num parque. Terceiro, que é show novo e único na América do Sul do Franz Ferdinand. Quarto que vai ter o incrível The Horrors. Quinto que o We Have Band também. Sexto: a Banda Uó vai fazer cover brega dos Smiths. Chega? Festival da Cultura Inglesa. No Parque da Independência.

* Tenho impressão de estar esquecendo algo. Qualquer coisa me avise, que eu completo.

>>