Self Esteem revela seu “mau-humor pra sempre” em novo single. Aguardado segundo álbum chega em outubro

>>

Captura de Tela 2021-09-16 às 7.04.18 PM

* A impressionante Rebecca Lucy Taylor, à frente do projeto pessoal Self Esteem, vai lançar dia 22 de outubro o aguardadíssimo segundo álbum, considerado por muitos o primeiro, sem amarras, “para valer”, ela se jogando mega no conceito que abarca seu nome, da autaestima, da treta do mental health.

Ajuda a espera de “Prioritise Pleasure”, o disco, que todos os seus três singles já revelados são bem bons: a da faixa-título, “How Can I Help You” e “I Do This All the Time”, principalmente essa última, maravilhosa, que tem um emocionante vídeo oficial, foi bastante tocada nas boas rádios inglesas que interessam, quando saiu em abril, e ganhou uma incrível performance de Self Esteem no programa do Jools Holland, onde pode se ver em cheio o jeito interpretativo de Rebecca em suas músicas. E sua cantoria-falada, um sincero spoken word de mental health, impecável na maneira que ela canta-fala suas engenhosas e bem cadenciadas letras sobre o tema.

Pois hoje saiu o quarto single de “Prioritise Pleasure”, a música “Moody” (“mau-humorada” na tradução), um pop de letra beeeeem ácida. Tipo assim: “Mandar nudes para você no meio de uns papos de saúde mental parece contraproducente/ Beber uma garrafa toda em vez de uma taça é um clássico meu”. O vídeo lyric da música fala melhor:

Em novembro, com o novo disco nos braços, Self Esteem inaugura um rolê de shows pelo Reino Unido em Bristol, que vai passar duas vezes por Londres e só acaba em março, em Sheffield, sua terra. Em breve ela anuncia uma tour pelos EUA.

Já que falamos aqui da performance absurda de Self Esteem no Jools Holland, em junho, para o single “I Do This All The Time”, nada melhor que mostrá-la.

>>