Em 007:

Billie Bond. A onipresente Billie Eilish lança o tema oficial do novo filme do 007

>>

* Depois de levar cinco prêmios Grammy para casa, cantar Beatles no Oscar, esgotar toda a turnê de arena nos EUA e ter duas apresentações no Brasil em maio no roteiro, isso tudo aos 18 anos de idade, a cantora americana Billie Eilish lançou nesta quinta à noite a música que será o tema do próximo filme do agente secreto James Bond, que estreia nos cinemas do mundo em abril.

“No Time to Die” é aquela água bondiana. Dramática e quase só vocal de Billie em boa parte dela, a canção composta por ela e o irmão parceiro Finneas vai ganhar performance ao vivo na semana que vem, dia 18, durante a cerimônia do Brit Awards, em Londres. O premiadíssimo compositor e produtor alemão Hans Zimmer e o guitarrista Johnny Marr, ex-Smiths, vai estar ao lado de Billie Eilish no palco.

A cantora prodígio inicia sua enorme turnê americana agora dia 9 de março, em Miami. Esta parte da Where Do We Go? World Tour vai passar pelo Madison Square Garden, em NYC, e uma residência de três shows no Forum, em LA, para acabar na indie Omaha, em Nebraska, em meados de abril.

Billie Eilish tem no final de maio dois compromissos brasileiros. O primeiro, no dia 30/5, com praticamente todos os ingressos esgotados (restam poucos para cadeira inferior), e o outro no dia seguinte na Jeunesse Arena, no Rio, com entradas disponíveis ainda para todos os setores.

Eilish. Billie Eilish. Ouça agora o tema do próximo James Bond, na voz dela.

>>

Enquanto 2015 não acaba, Radiohead dá musica nova aos fãs

>>

* Na verdade eles iam dar essa música ao 007, mas parece que preferiram uma do Sam Smith.

Screen Shot 2015-12-27 at 16.06.11

Os boatos rolaram forte na época, apontando que o Radiohead ia fazer o tema do novo filme do James Bond, “Spectre”, lançado em novembro. Mas não rolou. Então, no Natal, a banda de Thom Yorke soltou sem aviso, e direcionado aos fãs, o download gratuito para “Spectre”, uma nova canção da banda que todo mundo aguarda um disco novo. “Spectre” é a prova que os boatos de outubro tinham total fundamento.

“Não rolou para o filme, mas virou uma música nossa, afinal, e da qual gostamos muito”, disse Yorke, falando sobre o “presente de Natal” para os seguidores da banda, que o 007 não quis. Os fãs querem.

Quanto ao próximo álbum, o nono da banda, parece que prontinho e mixado desde setembro, o disco chega em 2016. No começo do mês, em Paris, durante um um concerto beneficente na conferência das mudanças climáticas, Thom Yorke mostrou de surpresa, voz-e-violão, duas músicas que estariam no novo disco, chamadas “Silent Spring” e “Desert Island Disk”.

>>

Monkeys, Arctic Monkeys – A estreia do “007” e o que a banda do Alex Turner tem a ver com isso

>>

* Popload também é viagem. Estava eu conversando com meu amigo Eduardo Palandi e…

Screen Shot 2015-11-06 at 8.07.45

Acaba de entrar em cartaz nos cinemas do planeta, Brasil incluído, a megaprodução “007 contra Spectre”, vigésimo-quarto filme de James Bond, o espião que manteve o cool factor da Inglaterra até em seus piores momentos no pop – mesmo quando os Sex Pistols e os Smiths pediam a cabeça da rainha, 007 se manteve fiel a ela. Este novo “Spectre”, por sua vez, traz uma conexão com… o Arctic Monkeys.

No novo filme, o agente vivido por Daniel Craig se enrosca com três Bond girls. Na sequência de abertura, na Cidade do México, ele participa (fantasiado!) dos festejos do Dia dos Mortos (foi na segunda passada!) com a atriz Stephanie Sigman, que entrou no imaginário indie depois que estrelou de maiô fritando um bife o vídeo de “Snap Out of It”, maravilha do disco “AM”. E odiando muito o Alex Turner.

Você se lembra dela além do vídeo da banda de Alex Turner. O fato de a moça ser mexicana foi um argumento que o site Pitchfork usou, meses atrás, para falar da “Monkeymania” na América Latina – o problema é que, no Brasil, ninguém sabia quem era a gata do clipe.

Mais recentemente, fez a repórter de TV gostosona que seduzia o Pablo Escobar na série “Narcos”. O que equivale a dizer que o “nosso” Wagner Moura conheceu bem a Sigman.

E nem é a primeira vez em que James Bond e Arctic Monkeys se cruzam: na abertura das Olimpíadas de Londres, em 2012, 007 escoltou Elizabeth II do Palácio de Buckingham até o Estádio Olímpico – quando sua majestade chegou de paraquedas e abriu a cerimônia… que teve o Arctic Monkeys mandando “Come together”, dos Beatles, e sua inesquecível “I Bet You Look Good on the Dancefloor”, hit que acabou de completar 10 anos.

Com tudo isso, fica a torcida: que tal se o Arctic Monkeys assinasse o tema do próximo filme de James Bond? Garbage, Duran Duran, Jack White e Chris Cornell já tiveram a honra. E “Writing’s on the Wall”, que Sam Smith gravou para “Spectre”, é um dos temas mais fracos dos filmes de 007…

Assim:

* Bond e a rainha chegando de paraquedas

* Arctic Monkeys tocando Come together na abertura das Olimpíadas

* Stephanie Sigman falando sobre ser Bond girl (tem uma parte da cena dela)

>>

Em entrevista ao James Bond, Thom Yorke diz que não tem planos para o Radiohead

>>

Parece papo de maluco, mas não é. Thom Yorke foi entrevistado pelo ator britânico Daniel Craig, atual James Bond, em uma matéria especial para a publicação Interview Magazine deste mês.

Tudo bem que logo na primeira “pergunta”, Craig disse a Thom que nunca havia entrevistado alguém antes e que se perguntasse algo estúpido, era para o líder do Radiohead mandar ele se *****. Thom, em resposta jocosa, mandou um “Okay… Sure”.

Além de falar sobre o projeto Atoms For Peace, no qual Yorke está mergulhado no momento, Daniel Craig, que se diz fã do Radiohead, perguntou sobre a banda “principal” do vocalista, que não faz muito tempo andou dando declarações meio tortas sobre o futuro de um dos principais grupos das últimas décadas. Só que, mesmo falando com o 007, Thom foi evasivo e não estipulou planos para o Radiohead. “O único plano que tínhamos recentemente foi de pegar um ano de descanso. Ed (O’Brien, guitarrista) queria viver uma espécie de ‘outro lado’ e se desconectar”. Craig interrompeu completando com a frase “E ter uma vida…” e foi prontamente corroborado por Yorke: “Algo assim, claro, mas foi como dizer ‘ei, por que não pegamos um ano de descanso sem se comprometer com nada? E isso acabou sendo muito interessante para todos nós”.

Thom disse que cada um do Radiohead está fazendo suas coisas. “Jonny está mexendo com suas coisas de filmes, como sempre, e ele gosta. Phil está gravando um disco. Eu não consigo parar. Se eu paro, sempre fico animado quando alguém chega com alguma ideia do tipo ‘vamos fazer alguma coisa nas próximas semanas?’. Mesmo que seja por um par de dias apenas. Porque há sempre um monte de acordes inacabados, ideias e palavras”.

O Atoms For Peace começou sua turnê semana passada, em Paris. A banda fará apresentações pela Europa, Ásia e Estados Unidos nos próximos meses. Um dos membros, Flea, virá ao Brasil em novembro com o Red Hot Chili Peppers, o que deve significar uma pausa na turnê do AFP.

>>