Em 1975:

Quarentena faz Matty Healy, do 1975, conversar com seus ídolos. E transformar isso em podcast

>>

* Mais um quarentenado em estúdio, Matty Healy, do queridinho grupo britânico The 1975, lançou nesta semana uma série de podcasts em parceria com a revista inglesa “The Face”, que um dia foi a melhor revista do mundo. Como parte de um “take over” do magazine, Matty faz uma série de bate-papos legais com seus heróis musicais.

2 - FACE_THE1975_JHUGHES_5

Com uma turminha “bem sussa”, ele tem convidados como Bobbie Gillespie (Primal Scream), Kim Gordon (Sonic Youth), Stevie Nicks (Fleetwood Mac), Conor Oberst (Bright Eyes) e Brian Eno, entre outros.

Nas conversas desde seu estúdio em Oxfordshire, Matty troca experiências sobre a influência das drogas e religião, a obrigação de produzir novas músicas enquanto o mundo está parado, novas obsessões, cultura pop e mais. Bem legal para quem arranha no inglês.

O 1975 está prestes a finalmente lançar “Notes on a Conditional Form”, que já teve seu lançamento adiado duas vezes. Do disco novo, já conhecemos algumas músicas e sabemos que conta com as participações da incrível FKA Twigs, da fofíssima e bela Phoebe Bridgers e até outras mais inusitadas como da ativista Greta Thumberg e do pai de Matty, o ator Timothy Healy.

* Bobby Gillespie and Matty Healy in conversation

* Kim Gordon and Matty Healy in conversation

* Stevie Nicks and Matty Healy in conversation

***

* As fotos para este post, a acima e a da home da Popload, são de Jordan Curtis Hughes.

>>

O 1975 gosta da América e a América gosta do 1975, decreta a banda inglesa no programa do Corden

>>

230719_1975_2

Grupo que mantém a tradição de Manchester em exportar música para o mundo, o 1975 tem investido cada vez mais em seus rolês pelos Estados Unidos.

O grupo de Matty Healy apareceu bem de boa na noite de ontem no programa do James Corden, na CBS, para mostrar a boa “I Like America & America Likes Me”, som bem apropriado para o momento da carreira dos britânicos.

A canção faz parte do discão “A Brief Inquiry into Online Relationships”, lançado ano passado. Transitando super bem entre o indie e o pop, o 1975 tem emplacado diversos hits, tipo “Sincerity Is Scary”, “It’s Not Living (If It’s Not With You)” e “TOOTIMETOOTIMETOOTIME”.

A apresentação no Corden pode ser conferida abaixo.

>>

Bombando na América, The 1975 toca a boa “It’s Not Living (If It’s Not With You)” em rede nacional

>>

180419_1975_2

O cada vez mais big The 1975 aproveitou a semana de intervalo dos seus shows no Coachella para dar um pulo no programa do James Corden. Por lá, além de uma entrevista, eles tocaram ao vivo o single “It’s Not Living (If It’s Not With You)”.

O grupo britânico lançou ano passado o ótimo “A Brief Inquiry into Online Relationships” e Matty Healy falou sobre a inspiração no Jamiroquai para o novo cenário dos shows e citou “Notes on Conditional Form”, novo disco que eles já estão trabalhando em estúdio e devem lançar no no final do ano.

O 1975 fez recentemente show elogiado no Lollapalooza por aqui e tem emplacado diversos hits, tipo “Sincerity Is Scary”, “It’s Not Living (If It’s Not With You)” e “TOOTIMETOOTIMETOOTIME”, do disco lançado em novembro.

>>

Atração do Lolla Brasil do ano que vem, 1975 bota seu terceiro disco na praça

>>

301118_1975

Uma das dezenas de atrações do Lollapalooza Brasil, o 1975 lança nesta sexta-feira seu terceiro álbum, “A Brief Inquiry Into Online Relationships”.

O grupo liderado pelo distinto Matty Healy tocará em Interlagos no primeiro final de semana de abril e tem levantando a bandeira da música de Manchester, ainda que seja com “menos guitarras”.

O novo projeto é puxado pelos singles “Sincerity Is Scary”, “It’s Not Living (If It’s Not With You)” e “TOOTIMETOOTIMETOOTIME”, que já estão tocando com grande frequência na gringa.

>>

Atração do Lolla Brasil ano que vem, 1975 mostra novas músicas e faz cover de Ariana Grande em session

>>

190416_1975slider

Na próxima sexta-feira, 30 de novembro, a esperta turma do 1975, atração do Lollapalooza Brasil do ano que vem, colocará na praça seu terceiro disco de estúdio, “A Brief Inquiry Into Online Relationships”.

E é já no rimo de divulgação do novo projeto que a banda de Manchester esteve no Live Lounge da BBC Radio 1 para tocar algumas canções do disco, incluindo “Sincerity Is Scary”, “It’s Not Living (If It’s Not With You)” e “TOOTIMETOOTIMETOOTIME”.

Teve também espaço para uma cover de “thank you, next”, da cantora pop Ariana Grande. O vocalista Matty Healy justificou a escolha. “Ela se tornou uma espécie de protagonista para muitos pessoas. E é alguém com quem eu comecei a me importar por algum motivo. Ela teve um momento difícil e eu gosto dela. Acho ela legal, e ela tem uma ótima voz. Eu não. Então vou cantar uma das músicas dela”, disse.

A session começa em 2:04:00. A cover da Ariana aparece em 2:23:45. Para ouvir, clique aqui.

261118ariana-grande

>>