Em a hero’s death:

Fontaines DC mostra aos americanos que a vida nem sempre é vazia

>>

Captura de Tela 2021-01-29 às 7.16.25 AM

* Life ain’t always empty. Que o diga o espetacular grupo irlandês Fontaines DC, que ontem à noite foi a atração musical do programa do Jimmy Fallon.

A banda de Dublin enviou uma performance videoclíptica em um bar inglês, super cinemática, para a faixa-título de seu segundo álbum, “A Hero’s Death”, lançado em 31 de julho do ano passado.

O pub em que a canção para o Fallon foi desempenhada, despertando gatilhos vários, é o famoso The Auld Shillelagh, em Londres, segundo a banda um de seus lugares prediletos para beber. Beber Guinness? O slogan do pub, bem irlandês, está numa placa logo na entrada: “Guinness is good for you”. Não, isso não está no vídeo.

“A Hero’s Death”, que remete muito a linha “Life ain’t always empty” e que dá nome ao single e ao álbum, foi tirada de uma peça escrita nos anos 50 pelo irlandês Brendan Behan e, segundo Grian Chatten, o vocalista do Fontaines DC, parece que não mas traz uma mensagem positiva.

Positivo é o resultado desse vídeo do quinteto para o “Tonight Show” do Jimmy Fallon de ontem.

>>

Soulwax anima os Fontaines DC em remix maravilhoso de “A Hero’s Death”

>>

* Há um que de poeticamente amargurado o segundo disco do grande grupo irlandês Fontaines DC, o belíssimo “A Hero’s Death”, mais denso que o esporro punk do álbum de estreia.

Aí vêm os magos da eletrônica os irmãos belgas Dewaele, que quando são DJs são os magníficos 2ManyDJs e quando são banda são o Soulwax, e pegam uma poderosa música recente do Fontaines DC e dá um molejo delicioso. Foi o que aconteceu na reconstrução dance de “A Hero’s Death”, a faixa título do álbum do ano passado.

Uma reconstrução dance digna, sem afetar o caráter poético-filosófico da música da turma de Grian Chatten, que carrega nas costas e nas músicas do Fontaines DC uma grande parte da herança musical e literária de Dublin, a cidade deles.

Virou a deliciosa “A Hero’s Death (Soulwax Remix)”, a qual convidamos você a conhecer tanto com seus atentos ouvidos quanto seu quadril indie.

“Qualquer que seja a parte do cérebro que desperta a ideia de um remix quando você ouve uma ótima música, mesmo que nem sempre funcione, foi definitivamente totalmente funcional quando ouvimos ‘A Hero’s Death’”, disseram os brothers do Soulwax, em comunicado.

“A Hero’s Death (Soulwax Remix)” está saindo também em vinil de edição limitava estampado à mão.

>>

Mais franceses. Mais Fontaines DC. Agora a session para o fantástico “Blogothèque”

>>

Captura de Tela 2020-11-16 às 4.17.19 PM

* Em forte produção de ações para dar movimento ao disco novo, “A Hero’s Death”, lançado neste ano, a banda irlandesa Fontaines DC, gravou em Paris o ilustríssomo “La Blogothèque”, programa francês online que bota em ação bandas novas especiais em sessions especiais, em lugares especiais.

Filmado em outubro e solto hoje à tarde no Youtube, o “Blogotèque” com o Fontaines DC traz duas músicas do segundo álbum, absurdamente bem filmadas e bem tocadas: “I Don’t Belong” e “Oh Such a Spring”.

Tem Fontaines dentro de um carro, Fontaines num casarão vazio.

Coisa mais linda.

>>

Ai, ai! Fontaines DC em session exclusiva para a rádio KEXP. Só música do disco novo

>>

Captura de Tela 2020-11-13 às 5.30.57 PM

* A incrível KEXP, rádio indie fundamental entre as rádios indies fundamentais, principalmente por suas valiosas sessions, entrevistas e presença online, subiu hoje uma performance exclusiva para eles gravada pela nossa banda irlandesa Fontaines DC.

Cinco músicas do grupo de Dublin gravado numa sala vazia em Londres, na sede da Neko Trust, o fundo musical para ajudar a cena britânica em todas as suas camadas, de olho no futuro. Todas do segundo disco da banda, “A Hero’s Death”, lançado neste ano.

A session teve o seguinte: “A Hero’s Death”, “Living in America”, “Love Is the Main Thing”, “Televised Mind” e “A Lucid Dream”.

Enjoy o rolê!

>>

Fontaines DC solta vídeo sobre seus delírios particulares. E versões pandêmicas sobre nossos delírios gerais

>>

Captura de Tela 2020-09-15 às 12.04.36 PM

* Surra de Fontaines DC para você. Nossa banda nova predileta soltou agora há pouco o vídeo oficial da absurda “Lucid Dream”, música meio The Cure/Sisters of Mercy sombria do sombrio novo álbum deles, “A Hero’s Death”, lançado no dia 31 de julho.

“Lucid Dream”, a coisa do sonho lúcido mesmo, é quando a pessoa está tendo uma experiência no mundo do inconsciente e não na realidade. Aí, no estica e puxa da psicologia, pode indicar delírio, distúrbios de trauma etc.

Tanto o vídeo e a letra da música exploram essa “viagem”, digamos. A estética “borrada” das imagens para “Lucid Dream” mostra o menino Grian ora caminhando numa floresta, ora no meio da Guerra da Irlanda. Enquanto na música ele diz (canta? berra atormentado?) “And it’s all coming back and the main thing is that the rain changed direction before you were there Under fallen colours gone unthrown”.

Adorei. Você não?

***

* Ainda sobre vídeo, ainda sobre nossa galera irlandesa, eles também mostraram nos últimos dias umas criações pandêmicas com faixas do segundo álbum, típico dos vídeos gravados à distância e tudo mais. Mas com uma certa criatividade cativante, quando acoplada às músicas boas. Variações do mesmo tema, mas que nas mãos do Fontaines DC têm um significado bonito.

Veja Fontaines DC fazendo caseirices com “Sunny” e “I Don’t Belong”, duas musicaças do disco novo, cada um tocando/cantando em seu ambiente (tadinho do baterista…). Tomara que isso vire uma prática.

>>