Em alt-j:

Ainda o Glastonbury, parte 2: temos também as apresentações completas de Ride, Alt-J e HAIM

>>

270617_haim

Tem maaaaaais Glastonbury, com a desova de vídeos de shows completos que está acontecendo 48 depois do fim do festival. Os mais novos arquivos que a gente ama são os dos shows de Ride, Alt-J e HAIM, que se apresentaram no maior festival de música do mundo nos últimos dias.

O Ride está em clima nostálgico, mas de olho no futuro. A banda, que ficou separada por quase duas décadas, retomou os shows há algum tempo, mas confirmou essa reunião com o disco “Weather Diaries”, lançado neste mês, o primeiro deles desde 1996 e com produção de Erol Alkan.

Complexo e cultuado trio de Leeds, o Alt-J liberou no início deste mês seu terceiro disco de estúdio, “Relaxer”, que vai obrigar a banda a confirmar sua ascensão vista no álbum anterior, “This Is All Yours”.

Outro trio que também tocou no Glastonbury empurrado pelas suas novidades sonoras é o HAIM, formado pelas irmãs californianas Danielle, Este e Alana, que vão lançar dia 7 de julho agora o disco “Something to Tell You”, já com algumas músicas divulgadas e tocadas neste show no Glastonbury.

Enjoy!

>>

Radar Glastonbury: um passeio pelos shows de Phoenix, Alt-J, Warpaint e Solange

>>
GLASTONVIN3PQ

Foto: The Telegraph

Foto: The Telegraph

Aos poucos, vão aparecendo os registros em vídeo dos mil shows do Glastonbury, festival que termina hoje na Inglaterra. O sabadão, além do Foo Fighters e do Liam Gallagher, teve ainda outras dezenas de shows tão bons ou melhores até.

O Phoenix, por exemplo, mostrou no Glastonbury parte do show que fará no Popload Festival em 15 de novembro. A luxuosa banda francesa, em uma fase de verão italiano, mostrou as músicas de seu recém lançado novo disco, “Ti Amo”, e algumas antigas, tipo a linda “Entertainment”.


Phoenix – Intertainment@Glastonbury 2017,24 Jun… por arthur-kireev

* Já o Alt-J fez aquele show complexo e “polêmico” de sempre. Vi muita gente reclamando, achando que a banda está meio “perdida”. Vi também muita gente elogiando, cravando que eles estão melhores do que nunca. Abaixo, a unânime (né?) “In Cold Blood”.


alt-J – In cold blood@Glastonbury 2017,24 Jun 2017 por arthur-kireev

* Banda de meninas das que a gente mais respeita, o Warpaint fez seu show certinho de sempre, com a bela harmonia vocal das garotas de Los Angeles, na estrada divulgando seu último álbum, “Heads Up”, lançado ano passado. Confira a bela “Undertow”.


Warpaint – Undertow@Glastonbury 2017,24 Jun 2017 por arthur-kireev

* Por fim, a Knowles mais legal fez sua apresentação artsy e incrível, cheia de dancinhas cool e com uma voz poderosíssima. Amamos Solange cantando o hino indie “Losing You”.


Solange – Losing You@Glastonbury 2017,24 Jun 2017 por arthur-kireev

>>

Tem 8 faixas e dura 39 minutos: chegou a hora de tentar entender o novo álbum do lindo Alt-J

>>

020617_altj_2

Chegou o mês de junho e, com ele, o terceiro álbum de estúdio do incrível Alt-J, uma das bandas mais legais, misteriosas e estranhas que o indie nos ofereceu nos últimos tempos.

Trio de Leeds que se meteu nessa de fazer música só para nos confundir, com um som quebrado que é sensível e dramático, revelador e sombrio, o Alt-J solta hoje “Relaxer”, álbum que tem 8 faixas, dura 39 minutos e com o peso de ser um dos mais esperados do ano.

Puxado pelos singles “3WW”, “In Cold Blood” e “Adeline”, o disco já está disponível para audição nas plataformas de streaming convencionais e fará o grupo cair na estrada em turnê que começa no próximo dia 10 de junho na França e termina só em dezembro na Nova Zelândia, com um Glastonbury e o México no meio.

>>

Alt-J bota um rato e o Iggy Pop em novo (e sensacional) vídeo

>>

Captura de Tela 2017-05-10 às 12.28.07 PM

* Eis que o nada-normal grupo inglês Alt-J nos apresenta agora mais um de seus vídeos oficiais fabulosos, para a excelente música nova “In Cold Blood”, a que começa com a significativa letra “Zero one one one zero zero one one”.

O vídeo conta a história de um dia difícil na vida de um ratinho do campo. Até os ratinhos do campo podem ter dias difíceis, mas passar pelos obstáculos da vida, é o moral do vídeo. Quem explica isso com uma narração inicial e final é um cara chamado Iggy Pop. “É preciso cuidado, os inimigos estão por todo os lugares”, conta o senhor Pop.

O vídeo do Alt-J, este, é dirigido pelo talentoso Caser Balslev, diretor de vídeos e fotógrafo premiadíssimo da turma do cineasta Riddley Scott (“Blade Runner”).

Que banda linda, essa!

>>

Enquanto isso, no Jimmy Kimmel: Alt-J mostra sua “In Cold Blood”

>>

* 0 1 1 1 0 0 1 1/ Crying zeros and I’m hearing 111s.

Captura de Tela 2017-05-08 às 10.19.59 AM

Vem aí, no dia 2 de junho, “Relaxer”, o novo álbum da ótima banda inglesa Alt-J, de som quebrado, próprio, “diferente”. O grupo já se encontra mostrando algumas músicas do disco em sessions para rádios e apresentações para a TV americana, que há algum tempo se tornou uma difusa MTV dos velhos tempos. Na sexta passada foi a vez de o Alt-J se apresentar no programa do Jimmy Kimmel, na parte “Live”, em palco mesmo e com plateia. Na ocasião, o Jimmy Kimmel himself não esteve comandando o programa, porque está de licença paternidade. Quem grita “Alt-Jaaaaaaaaay” é o apresentador-convidado David Spade, ator e comediante, entre outras coisas.

Neste Kimmel Live, o Alt-J mostrou o já conhecido single novo “In Cold Blood”. Hoje um trio, o grupo foi engrossado nessa performance por uma turma de sopro. Tudo lindo por aqui.

>>