Em arca:

É um disco? Uma mixtape? A maior música da história? Arca solta sua nova faixa, “@@@@@”, que dura só 62 minutos

>>

190220_arca2

Venezuelana radicada em Londres, Alejandra Ghersi, melhor conhecida como Arca, lançou uma das maiores músicas de todos os tempos. Uma das maiores mesmo.

Chamada “@@@@@”, a faixa dura nada menos que 62 minutos e é o primeiro trabalho de estúdio da cantora, produtora e DJ desde o seu disco cheio homônimo, lançado em 2017.

Passeando por todo o experimentalismo que lhe é peculiar e que conquistou nomes como Björk, Kanye West e FKA twigs, “@@@@” é uma espécie de “transmissão feita para este mundo a partir de um universo fictício e especulativo, no qual o formato fundamentalmente analógico do rádio pirata FM continua sendo um dos poucos meios de se escapar da vigilância autoritária alimentada por uma consciência de refém gerada por uma Inteligência Artificial pós-singularidade”. Isso tudo foi a própria Arca que escreveu em um comunicado. Sacou?

Se você está com tempo para ouvir a DIVA EXPERIMENTAL FM, como a própria foi batizada, está na hora.

***

* A foto de Bethany Cosentino deste post é de Jessica Lehrman, do “New York Times”.

>>

Sinta-se desafiado. Saiu novo vídeo estranho de música idem do… Arca. Claro que é dele

>>

Captura de Tela 2017-04-10 às 11.57.36 AM

* O complexo produtor venezuelano Arca acabou de lançar seu novo disco, que leva seu nome e é considerado, veja você, o trabalho mais “acessível” do músico que é de certo modo apadrinhado pela cantora islandesa Bjork. Até aí tudo em casa. Neste seu novo disco, o terceiro, o fazedor de climas oníricos em notas musicais ortodoxas passou a cantar e coisa e tal. Daí chegamos a esta linda (e obviamente esquisita, porém acessível, hummm) faixa “Desafío”, que acaba de ganhar seu vídeo. O lance visual vai na linha meio medieval, meio “Game of Thrones”, meio gay, estrelado pelo próprio Arca em provocativa roupa de couro.

“Arca”, o disco de Alejandro Ghersi, o homem atrás do Arca, saiu sexta-feira passada e tem arrancado elogios extremos da imprensa musical boa.

Gosto do que disse a “Fader” sobre o lançamento: “On his majestic self-titled new album, Arca is explicitly direct about his desire”.

Veja o vídeo style de “Desafío”. E sinta-se desafiado pelo Arca

>>

Violência emocional por prazer: Arca solta a voz em single de seu próximo disco

>>

050716_arca2

Conceituado e prolífico produtor venezuelano, adorado pela Björk, o complexo Arca vai lançar seu primeiro disco em dois anos. Dia 4 de abril chega ao mercado seu novo álbum homônimo, o primeiro pelo selo cool XL.

O disco vem com o single “Piel”, que traz como grande novidade o Arca cantando. Em comunicado, o venezuelano citou a situação atípica do jeito dele: “Aqui está minha voz e todas as minhas tripas: sinta-se à vontade para julgar”.

Ainda no comunicado, Arca comparou a nova experiência com a de uma tourada: “você está vendo uma violência emocional por prazer”.

Desde o último disco de estúdio, “Mutant”, Arca lançou a mixtape “Entrañas”, ano passado, que explora recortes sonoros de músicas eletrônicas e industrial.

Arca – Tracklist
01 “Piel”
02 “Anoche”
03 “Saunter”
04 “Urchin”
05 “Reverie”
06 “Castration”
07 “Sin Rumbo”
08 “Coraje”
09 “Whip”
10 “Desafío”
11 “Fugaces”
12 “Miel”
13 “Child”

>>

Arca solta um mix complexo e difícil com 14 faixas novas

>>

050716_arca2

Requisitado produtor venezuelano, adorado pela Björk, o doido Arca soltou um mix com 14 novas faixas, com duração de 25 minutos.

A mistureba experimental aparece pouco tempo depois do último disco de estúdio lançado pelo nosso vizinho, “Mutant”, bem recebido pela crítica ano passado.

“Entrañas” tem recortes sonoros um tanto complexos e exploram as músicas eletrônica e industrial, especialmente. No meio da barulheira toda, sample de Cocteau Twins e a inclusão de alguns convidados especiais tipo Mica Levi e Massacooraman.

O mix foi lançado de forma gratuita e pode ser ouvido abaixo e/ou baixado aqui. “Sin Rumbo”, a faixa que fecha o mix, ganhou vídeo também
reproduzido no fim do post.

Entrañas – tracklist
01. Pérdida
02. Torero
03. Culebra
04. Vicar
05. Cement Garden interlude
06. Baby Doll (feat. Mica Levi)
07. Lulled
08. Think of (feat. Mica Levi & Massacooraman)
09. Clocked
10. Pargo
11. Turnt (feat. Total Freedom)
12. Girasol
13. Fount
14. Sin Rumbo

>>