Em Arctic Monkeys:

Fechando residência em Londres, Arctic Monkeys toca “Ultracheese” pela primeira vez pra a inglesada ver

>>

Palco estiloso do AM nos shows na O2. Foto: Gareth Griffiths

Palco estiloso do AM nos shows na O2. Foto: Gareth Griffiths

Em rolê pelo Reino Unido, o Arctic Monkeys fechou ontem uma espécie de residência na O2 de Londres, onde eles fizeram quatro shows nos últimos dias para tipo 80 mil pessoas. Londres foi a segunda cidade da turnê, aberta em Manchester com dois shows semana passada.

E para fechar a passagem pela capital inglesa, Alex Turner mostrou seu lado crooner e cantou “Ultracheese” pela primeira vez na Inglaterra. A canção do disco “Tranquility Base Hotel & Casino” havia sido tocada apenas nos shows nos Estados Unidos e pinta como a nova música de trabalho.

Depois dos shows em Londres, o AM fará dois shows em Birmingham neste final de semana.

>>

Em session, Arctic Monkeys faz versão redondinha para “Four Out Of Five” e uma cover inesperada do Stephen Fretwell

>>

130918_arcticmonkeys2

O incrível Arctic Monkeys, banda liderada pelo careca Alex Turner, gravou uma session para a série Spotify Singles, da popular plataforma de streaming. As sessions consistem em duas canções, uma autoral e uma cover, tipo a Popload Session.

Das autorais, o grupo de Sheffield tocou uma versão bem redondinha de “Four Out Of Five”, um dos singles e das melhores faixas de “Tranquility Base Hotel & Casino”, o polêmico disco bom lançado por eles no primeiro semestre.

A boa surpresa ficou por conta da cover escolhida, “-“, do cantor e compositor inglês Stephen Fretwell. Ele, que está na ativa há desde o início da década passada, anda algo sumido nos últimos anos. Mas, entre seus trabalhos, está uma colaboração como músico de turnê do The Last Shadow Puppets, banda do Alex com o Miles Kane, tocando baixo.

Na noite desta quinta, o AM encerra uma série de quatro shows na gigante O2, em Londres.

>>

Opa. Apareceu um vídeo novo do Arctic Monkeys, da época em que o Alex Turner tinha cabelo

>>

Fotos: Paul Bourdrel

Fotos: Paul Bourdrel

Arctic Monkeys nunca é demais. Até quando o vídeo é velho, tipo do mês passado. O lindo canal francês ARTE+ soltou um vídeo recente da turma de Alex Turner na abertura de um dos seus shows, cantando a tão linda quanto “Four Out Of Five”, do disco “Tranquility Base Hotel & Casino”.

O registro foi feito no Nuits de Fourvière, festival que ocorre durante várias semanas em Lyon, durante o verão europeu e é da época em que o Alex Turner ainda tinha cabelo. Poucas semanas depois ele preferiu adotar uma bela careca.

A banda inglesa começa no próximo 6 de setembro, em Manchester, uma extensa tour sold out pelo Reino Unido, incluindo quatro shows esgotados na gigante O2 Arena, de Londres. Ano que vem…

>>

Arctic Monkeys discute opiniões de amor e ódio sobre último disco, e Alex Turner entrega que eles podem voltar para o estúdio em breve. Hein?

>>

070818_monkeys2

“Tranquility Base Hotel & Casino” foi lançado há poucos meses, mas ainda rende discussão. O disco diferentão tem dividido os fãs do próprio Arctic Monkeys. Alguns achando obra de arte, outro um lixo. Basicamente.

E essa discussão de opiniões polarizadas, claro, chegou à banda. Em entrevista recente para Matt Wilkinson, na Beats 1, o baterista Matt Helders e Alex Turner falaram brevemente sobre o assunto.

Enquanto Matt disse que nunca ligou para reviews, sejam elas boas ou ruins, Turner confessou que é inevitável que as opiniões cheguem até eles, pois amigos ou parentes acabam falando seus pontos de vista.

A parte mais interessante do papo, talvez, tenha sido sobre um já próximo disco da banda de Sheffield, mesmo que o mais recente esteja nas lojas há menos de três meses. “Você sabe, novamente eu não sei. Ainda não chegamos a uma conclusão sobre o que vamos fazer, mas, eu gostaria sim. Talvez pelo fato de eu estar realmente gostando de tocar este álbum na estrada e esteja animado por tocarmos juntos, isso poderia ser um pulo de volta para o estúdio”, disse um enigmático Alex.

>>

Mais Arctic Monkeys: agora a cover foi para o White Stripes, em Detroit. Para quem eles fariam a cover em São Paulo?

>>

* Titãs? Ultrage a Rigor? Estou brincaaaaaaaando!!!!!

Captura de Tela 2018-08-02 às 11.00.26 AM

* Na melhor linha U2/Arcade Fire de prestigiar nas turnês as bandas locais, o grupo inglês Arctic Monkeys, que toca no Lollapalooza Brasil em abril do ano que vem, segue homenageando bandas “da casa” em sua turnê americana. Em show recente em Nova York, fizeram uma cover dos Strokes, a gente deu aqui.

Ontem à noite, em Detroit, Alex Turner sacou um White Stripes nada básico para os habitantes da Motor City. Na real, talvez pare por aí. Strokes e White Stripes, da geração que “revolucionou” o novo rock nos 2000, são influências descaradas e deflagradas na formação do Arctic Monkeys. Mas vamos aguardar.

O caso é que ontem, então, em Detroit, no Masonic Temple Theatre, o carequinha Alex Turner chamou a cover de White Stripes logo no começo do show, não foi no bis, não. “Vamos mandar um pouco do ‘White Blood Cells’ para Detroit”, disse na quinta música do show do Arctic Monkeys, se referindo ao terceiro disco da banda de Jack White, lançado em 2001, quando Turner aprendia guitarra sozinho em seu quarto, para formar no ano seguinte o grupo que a gente conhece hoje.

A canção pinçada do maravilhoso “White Blood Cells” foi a peculiar “The Union Forever”, que nem single foi à época.

Bom, o resultado você vê abaixo. O Arctic Monkeys toca hoje no Lollapalooza Chicago, com transmissão ao vivo aqui na Popload. Em próximo post você vê os esquemas. Em abril, a gente encontra o grupo britânico em Interlagos. Tô errado, Alex?

>>