Em Austin City Limits:

Vampire Weekend faz show lindo e toca até “New Dorp New York” no Austin City Limits

>>

Fotos: GETTY

Fotos: GETTY

A banda Vampire Weekend estrelou neste final de semana o novo episódio do Austin City Limits, um dos programas musicais mais antigos da TV americana.

O grupo liderado por Ezra Koenig mostrou especialmente canções de seu mais recente disco, o elogiado “Father of the Bride”.

Entre as faixas tocadas estão “Sympathy”, “2021” e “Harmony Hall”. Das antigas, destaque para o hit “A-Punk” e “New Dorp New York”, feita em parceria com o SBTRKT.

SETLIST
Sympathy
White Sky
Bambina
2021
My Mistake
New Dorp New York
This Life
Harmony Hall
A-Punk
Jerusalem, New York, Berlin

>>

Austin City Limits anuncia programação absurda e bota a Billie Eilish entre os headliners, junto com The Cure, Tame Impala e Guns N’ Roses

>>

290319_billie

Um dos festivais que mais cresceram nos últimos anos e hoje é considerado um dos maiores do mundo, o Austin City Limits anunciou seu line-up ofensivo para a edição 2019, que acontece nos finais de semana de 4 a 6 e 11 a 13 de outubro.

O evento do Texas elencou nada menos que oito atrações entre as principais, com destaque para a garota fenômeno Billie Eilish, que aos 18 aninhos figura com seu nome no cartaz do mesmo tamanho que os do Guns N’ Roses e The Cure, pensa. Completam os headliners o Tame Impala, Mumford & Sons, Childish Gambino, Cardi B e Robyn (as duas últimas atrações em um fim de semana cada).

Também estão na programação nomes como The Raconteurs, Thom Yorke, Rosalía, Banks, Jenny Lewis, Idles e grande elenco.

Confira tudo:

300419_acl_2

>>

Arctic Monkeys abre a temporada do programa de TV Austin City Limits tocando novas e velhinhas. Em menos de três meses, eles estarão no Brasil

>>

210119_arcticmonkeys2

Programa importante e dos mais tradicionais dos Estados Unidos, o Austin City Limits já está no ar há mais de quatro décadas e iniciou a temporada 2019 botando para tocar em seu palco nada menos que o Arctic Monkeys.

A banda inglesa fez cerca de meia hora de apresentação e tocou seis músicas, dividindo o set com três canções do álbum “Tranquility Base Hotel & Casino”, lançado ano passado, e outras três antigas, como “Crying Lightning”, que abriu a session.

Nunca é demais lembrar que Alex Turner e seus amigos virão ao Brasil em abril para tocarem no Lollapalooza, em São Paulo, e ainda um show solo no Rio de Janeiro.

SETLIST
Crying Lightning
One Point Perspective
Knee Socks
The Ultracheese
Star Treatment
R U Mine?

>>

Uma amizade indie que você respeita: Lauren Mayberry, do Chvrches, canta The National no Texas. Com o The National, no caso

>>

Foto: The Eagle

Foto: The Eagle

Amizade que vem se fortificando cada vez mais na nossa música é a que envolve o Chvrches e o The National. E no final de semana, Austin foi testemunha de mais uma parceria musical entre duas das bandas mais adoradas do indie moderno.

Durante a segunda leva da programação do festival Austin City Limits, o grupo de Matt Berninger recebeu no palco a doce Lauren Mayberry, que botou sua voz delicada em “Guilty Party”, faixa do discão “Sleep Well Beast”, o mais recente do National.

Nos últimos tempos, o próprio National apareceu no disco “Love Is Dead”, do trio escocês, na faixa “My Enemy”. O Chvrches, inclusive, continua promovendo o álbum em compromissos pela América do Norte.

>>

Com o gás em dia, Paul McCartney mostra novas músicas e suas canções imortais em Austin

>>

091018_paul2

Uma das maiores lendas vivas da cultura pop, senão a maior, Paul McCartney nos últimos anos tem feito tantos shows pelo mundo que resolveu abrir exceções até para festivais, tipo de eventos que, dado sua grandeza, era meio “impossível” dele participar.

A mais recente aparição do ex-beatle em um festival ao ar livre foi no último final de semana no Austin City Limits, no Texas, onde Paul tocou no domingo. Ele está com seu novo show do disco “Egypt Station”, lançado mês passado. Sem deixar de fora, claro, sua fila de clássicos que já estão em nossas vidas desde os anos 60.

O novo álbum é o primeiro de Paul desde “NEW”, que saiu em 2013, e foi gravado em Los Angeles, Londres e Sussex, com produção assinada pelo cada vez mais ascendente Greg Kurstin, que nos últimos anos emendou ótimos trabalhos com nomes do calibre de Adele, Beck, Liam Gallagher e Foo Fighters.

Abaixo, o show completinho. Viva o Paul!

Paul McCartney Setlist Austin City Limits 2018 2018, Freshen Up

>>