Em Axl Rose:

About last night… Axl Rose faz sua estreia como vocalista do AC/DC

>>

* Segura aí, Radiohead.

080516_acdc2

Começou ontem a turnê do AC/DC pela Europa. A cidade de Lisboa fica registrada como a primeira que viu a seminal banda australiana ter como vocalista Mr. Axl Rose.

Duas gravações profissionais – “Rock Or Bust” completa e um trecho de “Shoot To Thrill” – foram disponibilizadas online. E não é que ficou bom? Ou não?

Que domingo louco, Brasil.

>>

Atenção: ouça mais 7 minutos de Axl Rose ensaiando com o AC/DC

>>

030516_axlacdc2

A Popload destacou ontem um vídeo curto gravado do lado de fora do galpão (em Portugal) onde Axl Rose está ensaiando com sua “nova banda”, uma tal de AC/DC.

O vocalista do Guns N’ Roses é o primeiro convidado a ocupar o posto deixado por Brian Johnson recentemente e será a voz do grupo australiano na turnê em parques e estádios pela Europa, que começa sábado agora em Lisboa e vai até o início de junho.

Aos poucos estão aparecendo novas gravações dos ensaios. Agora pintou uma mais encorpada, que durma mais de 7 minutos, e tem Axl cantando “Hell Ain’t a Bad Place To Be” e “Back in Black”.

Ficou mais ou menos assim…

>>

Lisboa, próximo sábado: Axl Rose fará sua estreia no AC/DC. Ouça 30 segundos de um ensaio

>>

020516_axlacdc

No próximo, vai acontecer. O gigante AC/DC vai sair em turnê pela Europa com um novo vocalista. No caso, Mr. Axl Rose. E o primeiro show será em Lisboa.

O cantor do Guns N’ Roses, que recém voltou aos palcos com seus antigos companheiros de banda (diga-se de passagem, surpreendentemente bem), vai ocupar o posto deixado por Brian Johnson, em saída que oficialmente se deve a um problema de audição.

Os shows do AC/DC acontecerão em estádios para mais de 50 mil pessoas e a banda, junto com as produtoras, ofereceu a opção de devolução de dinheiro para quem já havia adquirido ingressos, mas está com um pé atrás com a nova voz da banda australiana.

Se vai funcionar ou não, vamos saber daqui a algumas semanas. Neste final de semana, vazou um trechinho de Axl ensaiando com o grupo a clássica “Thunderstruck”, em vídeo postado pela GNR Brasil.

>>

Axl Rose e a entrevista mais incomum que você verá hoje

>>

popload_california2016(1)
260416_axlrose2

Parece anos 90. Axl Rose voltou a ser o centro das atenções no mundo pop. Primeiro porque seu Guns N’ Roses retornou com sua formação antiga após duas décadas, hoje concebida pelo trio de frente formado por ele, Slash e Duff McKagan. Segundo, porque Axl é basicamente o novo vocalista do AC/DC. Apenas…

Depois de shows triunfantes no Coachella, o cantor foi flagrado no aeroporto de Los Angeles, aqui na Califórnia. Em breve, ele embarca na turnê europeia com sua “nova” banda, a seminal australiana. Andando com o apoio de uma scooter elétrica por causa de seu pé quebrado, o vocalista do GNR estava de bom humor e respondeu as perguntas do papparazzi do site TMZ enquanto caminhava pelo aeroporto.

Rose disse, por exemplo, que vai utilizar o material de imobilização no pé por mais duas semanas e falou sobre os shows no Coachella. “Foram realmente bons, o público foi ótimo. O primeiro show foi bom, o segundo foi mais divertido. A galera estava mais em sintonia”.

Perguntado se havia o risco de ele se divertir mais no AC/DC do que no GNR, Axl apenas deu uma risada e confessou que sua música preferida da lendária banda australiana (no momento) é “Touch Too Much”. Por fim, o cantor disse que a morte de Prince foi “algo muito triste”, já que ele sempre foi um grande fã do Purple One.

Entre maio e o início de junho, Axl se junta ao AC/DC para uma turnê em estádios na Europa. Duas semanas depois, ele começa com o GNR uma extensa turnê que visitará mais de 20 cidades dos Estados Unidos.

** A Popload está na Califórnia a convite do VisitCalifornia.

>>

Brian Johnson fala pela primeira vez após saída do AC/DC. Radialista diz que tudo ainda é mistério

>>

060115_acdc

Algumas semanas após a bomba estourar no mundo da música, Brian Johnson deu sua primeira declaração oficial sobre sua saída do AC/DC. Em um longo comunicado, ele detalhou sobre seu problema de audição, citou as recomendações médicas, mas fez questão de enfatizar que não está deixando a música. Ou até o mesmo a própria banda.

“Não sou um desistente e gostaria de terminar o que comecei. No entanto, os médicos deixaram claro para mim e meus companheiros de banda que eu não tinha escolha a não ser parar de cantar ao vivo nos shows restantes e possivelmente em shows posteriores”, citou Johnson, que disse ter sido o dia mais “dark” de sua carreira profissional.

O vocalista contou que, por outro lado, os médicos informaram que ele pode continuar gravando em estúdio e é o que ele pretende fazer, mas que, no momento, seu foco é levar a sério o tratamento. “Espero que com o tempo minha audição melhore e eu possa voltar inclusive a fazer shows ao vivo. Enquanto o resultado é incerto, sigo otimista. Só o tempo vai dizer”, ressaltou.

Curiosamente, Brian não fez menção à escolha de Axl Rose como seu substituto. O vocalista do Guns N’ Roses será a voz do AC/DC na turnê europeia em estádios, no mês que vem e início de junho.

* Outro lado da novela – O radialista e apresentador norte-americano Eddie Trunk (do famoso programa de TV That Metal Show) postou em seu site um relato sobre o recente encontro que teve com Axl Rose nos bastidores do show do GNR em Las Vegas. Segundo o jornalista, a saída de Johnson não seria apenas pelo problema de audição, mas sim porque o vocalista estaria em um ritmo diferente do restante da banda em relação ao número de shows da turnê do AC/DC, o que bateria de frente com o pensamento de Angus Young, que prefere que o grupo faça mais shows.

“Agora que é oficial o envolvimento de Axl no AC/DC, ao menos para os próximos shows… Se você ouviu meu podcast é sobre isto que Axl e eu conversamos no show de Vegas no outro final de semana e ele me pediu para não comentar nada até que tudo fosse divulgado publicamente. Nem preciso dizer que para Axl este é um grande momento, pois ele tem a chance de subir ao palco com seus heróis. Ele me disse o quanto estava empolgado e que faria uma entrevista comigo sobre o assunto se eu não ventilasse nada antes de publicarem oficialmente, sendo assim espero que isto aconteça em breve! Vocês também já sabem que Angus tocou com o GNR no Coachella, e pelos vídeos no YouTube fica claro que Axl pode ocupar muito bem o posto. Mas ainda há outras questões no ar. O comunicado do AC/DC deixa claro que eles romperam com Brian Johnson. O que realmente aconteceu com Brian é um mistério. Mas ninguém está acreditando muito na questão do problema auditivo. Fontes me dizem que Brian estava tirando o pé do acelerador e não queria mais trabalhar tão pesado quanto Angus – que é mais novo – trabalha. Não consigo acreditar que após 36 anos, o AC/DC daria ‘adeus’ para o seu vocalista e não buscaria uma ‘solução’ em conjunto. Muitos têm problemas auditivos e, ainda assim, encontram um jeito de continuar tocando rock”, relatou Trunk.

>>