Em baco exu do blues:

CENA – Festival Coquetel Molotov deixa Recife e invade SP. Baco Exu do Blues deixa a Bahia e invade o Brasil. Quer ingresso?

>>

1 - cenatopo19

* Primeiro de tudo, um par de ingressos relâmpago para ir HOJE à noite na estreia do festival pernambucano No Ar Coquetel Molotov em São Paulo, que acontece HOJE na Lapa. Olha a escalação delícia e vê se quer participar do sorteio, pedindo no lucio@uol.com.br. Pá-pum. Até 18 horas o vencedor será avisado de volta no email, para ver se garantiu a noite de sexta.

Recado dado, é o seguinte. Um dos mais tradicionais e bonitos festivais do indie brasileiro, o No Ar Coquetel Molotov, de Recife, celebrou agora em novembro seu aniversário de 15 anos. Uma das ousadias de comemoração do Coquetel é fincar sua bandeira em São Paulo, com um elenco de primeira da música independente nacional contemporânea.

O evento recifepaulistano acontece nesta noite de sexta na Lapa, com show a partir das 19h (“apenas” o Boogarins) em três palcos. O endereço do Coquetel SP é na rua Guaicurus, 324, onde funcionou a antiga The Week. As portas do lugar abrem desde 17h.

Dá uma olhada na escalação e horários:

Captura de Tela 2018-11-30 às 2.45.06 PM

A grande atração do festival paulistano de sotaque nordestino, hoje, é o rapper baiano Baco Exu do Blues, que acaba de lançar o bom “Bluesman”, seu segundo disco, de sonoridade variada, indo de um certo neosamba a um pós-hip hop, com a bênção de Jay-Z, disco todo muito acachapante nas ideias.

“Queria fazer um disco de blues, só que sem cantar blues”, disse o rapper Diogo Moncorvo, o Baco, recentemente à Folha de S.Paulo. Tem guitarra no disco não-blues do rapper que roça as brasilidades várias neste disco que ainda vai levar um tempo para ser totalmente entendido, deglutivo. Porque parece fácil, só que sem ser fácil.

baco1

Baco Exu do Blues, acima, parece ser a Liniker da vez, a Pablo da vez, a Elza Soares da vez. Se já fez muitos shows em festivais indie brasileiros neste 2018 e um pouco em 2017, deve estampar 90% dos line-ups do ano que vem, fácil. Com seu primeiro disco, “Esú”, Baco Exu do Blues foi escolhido como o segundo melhor disco brasileiro de 2017, aqui na Popload.

Baco se apresenta à meia-noite no Coquetel SP. O time sonoro do festival traz ainda, como destaques rápidos e tirando o início potente com o internacional Boogarins, Tuyo e Edgar.

Bom, tem ingresso expresso aqui. Fala logo no lucio@uol.com.br que, quanto mais rápido você pedir, mais aumenta sua chance de ganhar o par.

Vamos?

** A foto deste post é de Leo Martins/Agência O Globo. A da chamada da home da Popload é de Daryan Dornelles/Divulgação.

>>

Popload Radio estreia programa sobre a CENA independente brasileira. Chamado exatamente assim: CENA

>>

1 - cenatopo19

popload_radio_p

Ainda na semana de novidades da Popload Radio, estreia nesta noite, às 22h30 (originalmete era às 21h), o programa CENA, representante radiofônico da grande manifestação da cena independente brasileira em seu viés mais amplo, com toda a musicalidade que mescla indie de guitarras, indie-MPB, hip hop, psicodelia gringa, psicodelia brasileira nível Mutantes ou os mineiros viajantes, shoegaze paulistano, um certo metal ou punk periféricos. Cantado em português ou inglês. Já falei aqui e vou repetir: a CENA brasileira anda muito loka. E tínhamos a obrigação de transformar isso num programa, além de apenas tocar suas músicas na rádio.

O CENA vai ao ar todas as terças às 21h. Apenas hoje, devido a problemas técnicos, ele entra às 22h30. Reprises acontecerão quartas às 16 e quintas às 11h.

O programa de estreia, na linha do que foi o Popscene desta semana, com o Top 10 dos álbuns gringos de 2017, vai trazer músicas dos melhores discos nacionais de 2017, eleitos pela Popload, em lista publicada no final de dezembro.

Para lembrar, a lista dos dez melhoresdiscos nacionais do ano, vencida por um EP, e que vai conduzir o CENA da Popload Radio, foi a seguinte:

1. Supervão – TMJNT (EP) – Rio Grande do Sul
2. Baco Exu do Blues – Esú – Bahia
3. Tim Bernardes – Recomeçar – São Paulo
4. Letrux – Letrux em Noite de Climão – Rio de Janeiro
5. Boogarins – Lá Vem a Morte – Goiás
6. Djonga – Heresia – Minas Gerais (foto abaixo)
7. Far From Alaska – Unlikely – R. N. do Norte
8. Giovani Cidreira – Japanese Food – Bahia
9. Gorduratrans – Paroxismos – Rio de Janeiro
10. My Magical Glowing Lens – Cosmos – Espírito Santo
11. Young Lights – Young Lights – Minas Gerais

Captura de Tela 2018-01-09 às 6.09.52 PM

Tenho sonhado há um tempinho já, desde que a movimentação independente brasileira passou a ter uma representatividade absurda de CENA mesmo, com bandas fortes, artistas fortes, festivais cada vez mais fortes no Brasil inteiro, de ponta a ponta, circuito integrado, diálogo de diversas variáveis entre os envolvidos locais, pensando local e agindo global, enfim, inclusive exportando e importando bandas, pessoas e ideias em intercâmbios dos mais frutíferos. Isso, que acontece com força de CENA verdadeira, desde 2015 mais ou menos, já é uma grande realidade e ganha aqui o seu programa radiofônico.

Então, a Popload Radio tem o prazer de apresentar esse novo programa, chamado exatamente CENA, que é o título de uma campanha editorial que acostumamos a fazer aqui já tem uns dois anos, meio que para chamar geral a atenção para o vigor da cena independente brasileira, com todo viés integrado.

O ano passado todo, mais do que ir aos festivais gringos, passei visitando as cenas locais, de Manaus a Santa Maria no Rio Grande do Sul, passando por Goiania, Brasilia, Coritiba e Belo Horizonte, por exemplo, para constatar in loco e mais profundamente que a cena indie brazuca pulsa geral e uníssona, de norte a sul, de leste a oeste. E o que é melhor: junto e misturada.

Do Supervão, que foi escolhido por este site como o responsável por fazer o disco do ano, além de botar para rolar uma música do EP campeão, o “TMJNT”, vamos colocar ainda para audição, no final do programa, meia hora de um show que o trio gaúcho fez no Oculto, bar de Porto Alegre que é uma espécie de Casa do Mancha local, mas no formato de um sobrado. O show aconteceu no começo de dezembro no minifestival do Mais Shows, entidade produtora indie dos agitos no Sul.

O áudio da apresentação do Supervão em POA foi captado por Marcelo Conter, professor de produção fonográfica no Rio Grande do Sul e dono do projeto A Dobra Lo-Fi, que consiste em gravar shows no Sul com um microfone só, garibar ele com equipamentos baratos em seu estúdio caseiro e reverberar tudo no Mixcloud, para o chamado desdobramento do pop underground sem fins lucrativos, que é o conceito que o Marcelo defende.

Bom, é isso. Se der, ouça esse primeiro CENA. Em sua estreia hoje à noite ou nas reprises de quarta ou quinta. Acho que vai ser divertido e importante fazê-lo.

** A Popload Radio pode ser ouvidas em aplicativos. Tem app para iPhone e para celulares do sistema Android. Pode ser ouvida por aqui mesmo, neste site, na barra principal acima ou na aba “radio”, no menu. Também é alcançada no Facebook da Popload/Popload Gig, no item “Popload Radio”, na barra à esquerda.
 E está disponível no TuneIn, a plataforma americana de streaming ao vivo, que tem milhares de rádios cadastradas.

** Amanhã contamos mais outra das novidades da Popload Radio 2018.

>>