Em “Bad Decisions”:

Fantasmas de seu passado, Strokes fazem performance linda no “Saturday Night Live” de Halloween

>>

Captura de Tela 2020-11-02 às 7.45.28 AM

* Nossos camaradas da banda The Strokes foram os convidados do programa de Halloween do tradicional Saturday Night Live, programa nova-iorquino que anima ao vivo e em temporada as noites de sábado da TV americana desde os anos 70.

Julian Casablancas e seus amigos não estavam fantasiados de vampiros nem nada, mas de certa forma têm tenado voltar dos mundos dos mortos desde que a carreira da banda afundou em discos ruins e brigas depois do importante e revolucionário papel no novo rock nos anos 2000.

Neste ano, no comecinho de abril, no comecinho da pandemia, no comecinho das anormalidades normais, os Strokes lançaram o bom “The New Abnormal”, nome profético com capa do Basquiat e um punhado de músicas decentes que representou o primeiro disco de inéditas desde o quase-desastroso “Comedown Machine”, de 2013. Vai vendo.

Deste disco e para este “SNL” de agora, a banda apresentou performances para “The Adults Are Talking” e “Bad Decisions”. No canal do Youtube do programa americano tem o vídeo dessa aparição dos Strokes, mas traz uma zoada máscara do famoso anime japonês Doraemon, o supergato.

Quem se incomodar com a companhia, trazemos abaixo apenas o áudio dessa performance dos Strokes no “SBL”. Como preferir.

>>

Strokes toca novas em Belfast, na Irlanda do Norte. Setlist traz as gracinhas do Julian com a plateia

>>

strokes1

* A banda americana The Strokes segue o giro no Reino Unido, mostrando suas músicas novas e as misturando aos clássicos de sempre, material que deve compor a apresentação que o grupo tem aqui no comecinho de abril (pouco mais de um mês!!), no show único no país lá em Interlagos, São Paulo, fechando o domingão do Lollapalooza Brasil.

Anteontem, na segunda, Julian Casablancas e companheiros de banda tocaram no Waterfront Hall, na Irlanda do Norte, o primeiro show por lá em 14 anos. A gritaria dos vídeos que caçamos no Youtube mostram a fissura que a galera da Irlanda britânica tava de saudade.

Ali, eles mostraram ao vivo as novas “Bad Decisions” e “The Adults Are Talking”, ambas do próximo álbum, “The New Abnormal”, que sai em abril, poucos dias depois da performance deles em São Paulo. Para sorte dos irlandeses, não tocaram a “At the Door”, outra do disco novo, o primeiro single lançado dele, que não “caiu bem” entre os fãs. Tipo cancelada.

A amiga Ludmila Lupinacci (@ludludlud), brasileira, estava no show de segunda no Waterfront Hall e passou para a gente umas fotos e o setlist do show. Repare que nele, no caso específico o setlist do Julian que ela conseguiu pós-show, tem entre as músicas um roteirinho das piadas/interações que o cantor dos Strokes ia fazer com o público, entre as canções. Tipo setlist do show do cruzeiro do Roberto Carlos em meganavio, que ele faz todo ano.

São famosas essas interações do Julian com a galera, desde 2001. Ninguém entende nada. Tipo essa que ele fez na segunda, citando um filme de 1997 do Brad Pitt, o “Devil’s Own”.

Ê, Julian, hahaha.

setliststrokes







>>