Em bbc 6 music:

Jack White bate papo com o Steve Lamacq, faz uma session, e relembra a primeira vez com John Peel

>>

290318_jackwhite_slider2

Em meio à guerrinha que está travando com seus próprios fãs por causa do uso de smartphones em seus shows, Jack White deu um pulo na Inglaterra para gravar uma session cool para o mais que cool Steve Lamacq, na BBC 6 Music.

Jack está em pleno ritmo de divulgação de “Boarding House Reach”, seu mais novo e diferente álbum lançado semana passada. Na emissora britânica, ele mostrou ao vivo as faixas “Over and Over and Over”, “Ice Station Zebra” e “Connected By Love”.

Na entrevista, o rockstar norte-americano também comentou com grande ar de nostalgia sobre o antigo estúdio de John Peel, o vizinho ao de onde ele batia o papo com o Lamacq, e no qual ele e Meg se apresentaram por lá pela primeira vez.

Abaixo, o trecho da entrevista em que Jack relembra John Peel, a session antiga com a Meg e a nova, de ontem.

>>

Tudo muito Manchester: Peter Hook presta homenagem a Mark E. Smith com a música preferida do Johnny Marr

>>

* I’m totally wired
Can’t you see?

210318_hook_mark

Quando o assunto é música, Manchester não sabe brincar. Nesta semana, um episódio na BBC 6 Music, uma das rádios mais legais do mundo, passeou por parte da rica histórica musical da marcante cidade do norte da Inglaterra.

Peter Hook, lendário baixista do Joy Division/New Order, nos últimos anos andando “sozinho” com seu grupo the Light, apareceu no programa do Marc Riley para fazer uma versão de “Totally Wired”, som lançado originalmente em setembro de 1980 pela banda The Fall, outra cria de Manchester.

A homenagem vem dois meses após a morte do distinto Mark E. Smith, músico contemporâneo e amigo de Hook. A título de curiosidade, “Totally Wired” é uma das músicas favoritas de Johnny Marr. Tanto que o guitarrista ex-Smiths até já a tocou ao vivo quando participou de um show do The Last Shadow Puppets, em Manchester, há dois anos, e disse que é “obcecado” por ela. Viu só como Manchester está em tudo?

Como o disse o Peter ao fim da cover, “RIP Mark”.

** A versão original.

>>

Os Melhores de 2017 – O Top 10 da BBC 6 Music, com uma pequena polêmica…

>>

melhores_popload2017bbc6musiclogo

Se ontem chegamos aqui com um volumoso e incomum Top 100 do site The Quietus, vamos dar uma equilibrada agora com a enxuta e exigente lista da BBC 6 Music, que tem só dez discos, escolhidos a partir de votação que envolveu os apresentadores da rádio, tipo o veterano Steve Lamacq.

Entre os escolhidos, uma boa sacada como o novo duo Courtney Barnett & Kurt Vile e seu lindo “Lotta Sea Lice”. Menção honrosa também aos discos do Father John Misty e o gênio Sampha. Mas o primeiro lugar ficou com o eclético Thundercat – homem da black music e todas as suas vertentes, chapa do Kendrick Lamar – e seu comentado “Drunk”.

Como até lista pequena tem suas polêmicas, vai a pergunta: como assim o alt-J em segundo?

** Confira as listas já divulgadas.

Confira o Top 10 da BBC 6 Music
1. Thundercat – Drunk
2. alt-J – RELAXER
3. Sampha – Process
4. Father John Misty – Pure Comedy
5. Idles – Brutalism
6. Courtney Barnett & Kurt Vile – Lotta Sea Lice
7. Nadine Shah – Holiday Destination
8. Big Thief – Capacity
9. Tom Williams – All Change
10. Phoebe Bridgers – Stranger In The Alps

>>

Do Brooklyn para Londres. Uma session esperta do Real Estate na BBC 6 Music

>>

170317_realestate

Esperta banda americana de dream pop, com um olhar sempre atento ao som clássico dos Beatles, o Real Estate está na estrada divulgando seu quarto álbum de estúdio, “In Mind”, lançado neste ano.

A mais recente parada do grupo do Brooklyn foi em Londres, para uma session no programa da Lauren Laverne, na BBC 6 Music, onde eles tocaram, na manhã de hoje, as faixas “Darling” e “Stained Glass”, ambas do mais recente disco.

“In Mind” é primeiro trabalho do grupo desde o aclamado disco “Atlas”, lançado em 2014. Esse novo disco tem 11 faixas inéditas e é o primeiro com Julian Lynch enquanto fixo da banda. Julian entrou no lugar de Matt Mondanile, um dos fundadores do grupo, em 2015. A produção é de Cole M.G.N, que já ganhou até Grammy e trabalhou com o Snoop Dogg.

>>

Você está a fim de problemas? O rolê em Londres do Soulwax, em show e session

>>

* Em seu momento de discaço lançado/ shows bombados/ sessions incríveis etc., a banda belga Soulwax, lado (?)orgânico(?) dos irmãos Dewaele, chegou no último final de semana a Londres, onde se apresentou sábado num esgotadão (1.700 ingressos) Electric Brixton.

O Soulwax passeia pela Europa com seu novo álbum, “From Deewee”, lançado no último dia 24, e carrega ao palco a formação cavalar de três bateristas, dois sintetizadores e toda a parafernália sonora dos brothers Stephen e David, que quando não estão à frente da banda estão atrás de picapes nas melhores pistas do mundo, com o projeto 2ManyDJs.

Os brasileiros Iggor Cavalera e Laima Leyton, o casal Mixhell, estão integrados ao Soulwax no disco e nas apresentações ao vivo.

Hoje de manhã, em Londres ainda, o Soulwax levou todo seu setup de palco para os estúdios mais que famosos da BBC, em Maida Vale, para session especial e entrevista para a extraordinária rádio inglesa BBC 6Music.

Captura de Tela 2017-04-10 às 5.22.45 PM

Acima, o palco montado nos estúdios da BBC para a session do Soulwax para o 6Music. Abaixo, foto zoeira de Laima e Iggor em Maida Vale

Captura de Tela 2017-04-10 às 5.24.27 PM

A gente produz o programa abaixo. O Soulwax tocou “Missing Wires”, “Do You Want to Get into Trouble?” e “Is It Always Binary”, todas do disco novo, todas ótimas, todas mostrando porque a configuração da banda agora tem três baterias.

Do show de Londres, no sábado, temos a performance para a clássica “NY Excuse”, hino de pista de 2004, do álbum “Any Minute Now”. E também outra maravilha do mesmo disco: “Krack”. Confira como essas famosas antigas funcionam na nova configuração “live” do Soulwax.

O Soulwax tocou ontem à noite no Ritz, em Manchester. Amanhã e quarta, o grupo encerra essa primeira leva de apresentações com dois shows em Bruxelas, na Bélgica deles. Depois, retornam para os festivais de verão.

>>