Em beatles:

A reunião possível dos Beatles, com Paul e Ringo tocando juntos em Los Angeles

>>

150719_paulringo2

Neste final de semana, Paul McCartney e Ringo Starr promoveram mais uma pequena reunião dos Beatles. O novo encontro, que tem sido cada vez mais frequente, aconteceu na cidade de Los Angeles, em show da Freshen Up Tour, do Paul.

Ringo apareceu na parte final do show e tocou bateria em duas músicas: “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (Reprise)” e “Helter Skelter”. Quem também apareceu para uma parceria não programada foi Joe Walsh, do Eagles, que tocou guitarra em “The End”.

Momentos depois, Paul disse que o mais legal da história é que eles não haviam planejado nada para aquela noite e acabou acontecendo.

Os registros podem ser conferidos abaixo.

>>

Paul duro, parte 1 – McCartney conta em entrevista detalhes sórdidos da vida animadinha dos Beatles

>>

Ele completou há pouco tempo 76 anos de idade, tem quase 60 de carreira, e bem que poderia estar em casa cuidando dos netinhos ou tomando champanhe em uma ilha da Grécia. De lá, pegar seu jatinho particular e ir para outro lugar paradisíaco e fazer deste seu estilo de vida. Mas Paul McCartney prefere ir na contramão.

Um dos maiores gênios que já pisaram na Terra, figura cultuada através das décadas, o ex-beatle prefere… trabalhar. Com um disco novo na praça, “Egypt Station”, lançado semana passada, Paul vai é intensificar seu ritmo e já tem shows anunciados até para 2019, do Japão aos Estados Unidos. E tem passado os últimos dias enfurnado em compromissos comerciais de divulgação do seu novo álbum, como se fosse um mero mortal e precisasse disso.

Uma dessas entrevistas recentes foi para a versão americana da cool GQ. Já na capa, a chamada é “The Amazing Life Of Paul McCartney”. A entrevista é cheia de revelações, especialmente da época dos Beatles, que deixaram muitos fãs um tanto surpresos.

120918_paul_capagq

Na parte leve, Paul contou sobre as aventuras “sexuais” dele e seus companheiros, queridinhos por 10 a cada 10 meninas da época. Macca contou, por exemplo, que certa vez rolou uma masturbação coletiva do grupo. “Eu estava na casa do John e era um grupo pequeno. Em vez de bebermos ou dar uma festa, nem sei se íamos passar a noite lá ou algo assim, ficamos sentados em cadeiras com as luzes apagadas. Alguém começou a se masturbar, então todos fizemos o mesmo. Ficávamos, tipo, ‘Brigitte Bardot! Whoo!’ E aí todo mundo mandava ver um pouco mais”, contou McCartney, citando as musas que eles homenageavam. “Até que, acho que foi John quem disse, ‘Winston Churchill!’,”, o que deu fim à atividade de forma um tanto peculiar.

Paul falou também que nunca foi muito fã de orgias. “Acho que eu nunca fiz. A ideia não me chamava a atenção. Houve uma ocasião em que nós estávamos em Las Vegas e o cara da turnê disse, ‘caras, vocês estão indo para Vegas – querem uma prostituta?’ Respondemos: ‘Sim!’ E eu pedi duas. Eu as recebi e foi uma experiência maravilhosa. Mas isso foi o mais perto que eu já cheguei de uma orgia”, contou.

O ex-beatle contou também, de forma não muito clara, sobre uma lenda de que ele, John e Ringo presenciaram a perda da virgindade de George Harrison e que teriam até o aplaudido ao fim. “Sei que tínhamos uma cama e dois conjuntos de beliches. Se um dos caras trouxesse uma garota, poderia ficar na cama com um cobertor em cima, e você não perceberia nada além do movimento. Não sei se vimos George perdendo a virgindade. Pode ser que sim”.

A matéria completa e original pode ser vista aqui.

120918_paul2

** Fotos de COLLIER SCHORR / GQ

>>

Para começar bem a semana, parte 2: Daniel Johnston e Jeff Tweedy se unem em uma emocionante cover de Beatles

>>

231017_johnston2

Encontro de gênios em Chicago, na sexta, 20 de outubro. O eterno Daniel Johnston, em meio às suas perturbações e genialidades, está em ritmo de fim de carreira no palco com seus shows de despedida, ao lado de convidados especiais.

Este mais recente teve nada menos que Jeff Tweedy, do Wilco, como seu principal special guest e a dobradinha rendeu uma linda versão de “You’ve Got To Hide Your Love Away”, dos Beatles.

Nunca é demais lembrar, Daniel Johnston é ídolo nosso e do Kurt Cobain, herói underground que abrilhantou a história do Popload Gig em uma passagem emocionante e inesquecível por aqui em 2013. Nesta série de shows que começou em setembro, Johston elencou nomes como Built to Spill, the Preservation All-Stars, the Districts and Modern Baseball e o próprio Tweedy para as apresentações especiais de despedida. Antes de cada show, tem sido exibido o documentário “The Devil and Daniel Johnston”, produzido em 2005, que retrata bem a convivência do especialíssimo músico e seus demônios.

A reedição de Beatles por Johnston e Jeff pode ser vista abaixo. Spencer, filho do Tweedy, também participou.

>>

Meio Beatles. Após sete anos, Ringo Starr e Paul McCartney se reúnem em nova parceria

>>

270717_ringopaul_2

Dupla que fez parte da maior banda de todos os tempos, Ringo Starr e Paul McCartney se reuniram novamente para uma parceria musical após sete anos.

A dobradinha é para “We’re On the Road Again” e faz parte do novo disco solo do ex-baterista do grupo de Liverpool, “Give More Love”, que chega ao mercado dia 15 de setembro.

A faixa tem, ainda, participações especiais de Joe Walsh (Eagles), Steve Lukather (Toto) e Edgar Winter. Peter Frampton e Benmont Tench também estarão no álbum, que tem 10 faixas inéditas.

Give More Love – Tracklist
01. We’re on the Road Again
02. Laughable
03. Show Me the Way
04. Speed of Sound
05. Standing Still
06. King of the Kingdom
07. Electricity
08. So Wrong for So Long
09. Shake It Up
10. Give More Love

>>

Paul McCartney recebe um Grateful Dead no palco em show na cidade de Boston

>>

180716_paulbob

Apesar de serem artistas surgidos em uma mesma época e de suas bandas sempre terem demonstrado admiração pela outra, pela primeira vez um membro dos Beatles e da Grateful Dead dividiram um palco.

O acontecimento foi na noite de ontem, em Boston, quando Paul McCartney recebeu em seu show o vocalista/guitarrista Bob Weir.

Juntos, eles tocaram as canções “Hi Hi Hi” (Wings) e “Helter Skelter”. Ainda na mistura, no fim, o jogador do New England Patriots, Rob Gronkowski, também subiu ao palco para… dançar.

O encontro, claro, foi registrado pelos fãs e pode ser visto abaixo.

>>