Em bike:

CENA – BIKE no avião: banda indie de SP faz 23 shows na Europa

>>

1 - cenatopo19

* a viajandona banda paulista Bike faz jus ao seu som e vija de novo para a Europa agora no fim do mês, para uma turnê de 23 apresentações, que vai da Suíça a Bélgica, incluindo Londres, Porto e Berlim, com outras datas a serem fechadas, provavelmente na França.

A banda, que em 2017 fez uma dezena de shows incluindo o festival espanhol Primavera Sound, agora caprichou. Em Londres, o Bike toca no Shacklewell Arms, a principal casa de música nova hoje, na capital inglesa.

BIKE_SHAMANIC_INSTRUMENTAL

O grupo leva para gringos verem (e ouvirem) a turnê “Treme Terra”, de seu mais recente disco, “Their Shamanic Majesties’ Third Request”, lançado há alguns meses. O álbum, o terceiro da banda, acaba de ganhar um relançamento especial, em versão total instrumental.

Os três trabalhos da banda, “1943”, “Em Busca da Viagem Eterna” e esse “Their Shamanic Majesties’ Third Request”, foram recentemente lançados na América Latina, via Burger Records Latam.

Confira todas as datas e locais da tour do Bike pela Europa.

Atualizado21_08

** O cartaz acima é de Juli Ribeiro.

>>

CENA – Circo indie toma Sorocaba neste final de semana. Festival Circadélica faz sua terceira edição. A segunda deste século (?!)

>>

1 - cenatopo19

arena-circadelica

* Respeitável público indie!
Neste semana, uma vez em São Paulo, bota a Popload Radio no Bluetooth do carro e dirija por uma horinha até Sorocaba, no interior, para os picadeiros do festival Circadélica, esforço cada vez maior, mais vistoso da turma da banda Wry, liderada pelo intrépido guitarrista e produtor Mario Bros.

Cerca de 28 bandas e artistas de vários tamanhos na cena independente brasileira compõem essa terceira edição do festival, que acontece neste sábado e domingo. Sendo que, na real, a primeira edição aconteceu em 2001, outros tempos, outro momento do indie nacional, outra hora da grande era “dourada” atual dos festivais brasileiros. Já falaremos de 2001. O festival foi ressuscitado Agora o assunto é 2018.

Emicida, Tropkillaz, O Terno, Jaloo, Tagore, A Banda Mais Bonita da Cidade, Bike, Flora Matos, My Magical Glowing Lens, Vanguart, Baleia, Fresno e Jaloo estão entre os destaques e dão a variadíssima cara do Circadélica deste ano.

Os shows vão das 13h às 23h nos dois dias, e as duas tendas de shows são rodeadas de lojinhas de roupas, tatuagens, food trucks, enquanto artistas circenses com ou sem pernas de pau passeiam entre o público, para assegurar o clima de “música e diversão” que é o mote do Circadélica.

Untitled-6

As info de ingressos, para um ou os dois dias, estão no site do festival. O line-up completo, com os horários da programação, estão aqui embaixo:

Sábado – 28/7

Palco TNT
13h – Fones
13h45 – Miêta
14h30 – Deb and the Mentals
15h30 – Bike
17h – Jonnata Doll e Os Garotos Selvagens
19h – My Magical Glowing Lens
21h – Tagore

Palco Principal
13h30 – Paramethrik
14h10 – Menores Atos
15h05 – Zander
16h15 – Selvagens à Procura de Lei
18h – Fresno
20h – Flora Matos
22h – Tropkillaz

Domingo – 29/7

Palco TNT
13h – Os Pontas
13h45 – Sky Down
14h30 – Kill Moves
15h30 – Hierofante Púrpura
17h – Gorduratrans
19h – E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante
21h – Baleia

Palco Principal
13h30 – Benziê
14h10 – Zimbra
15h05 – A Banda Mais Bonita da Cidade
16h15 – Jaloo
18h – Vanguart
20h – O Terno
22h – Emicida

Captura de Tela 2018-07-27 às 7.46.07 PM

***

* CIRCADÉLICA 2001 – Vale contar esta mesma historinha que eu botei aqui na Popload na cobertura do Circadélica do ano passado. Ela é assim:

Para você ver como o indie andou de 2001 para cá, um pouco do Circadélica da época em que Strokes e White Stripes eram bandinhas alternativas desconhecidas, sendo que os nova-iorquinos nem o primeiro álbum havia lançado. O festival sorocabano, já considerado enorme à época, teve 21 bandas escaladas. Um dos melhores shows do festival, foi o Prole, de Americana. Uma rara gravação de meia hora do Circadélica 2001 é tesouro puro, com trechos dos shows do Pelvs (RJ), Grenade (PR), Walverdes (RS) e MQN (GO).

O Thee Butchers’ Orchestra, uma das principais bandas daquela época, apresentou músicas de seu disco novo no Circadélica 01. Outras bandas que fizeram parte do festival há 17 anos: Garage Fuzz, Astromato, Maybees, Holly Tree, Muzzarelas, Biggs, entre outras. Os Pin Ups estavam escalados para se apresentar no festival, mas não compareceram, porque a banda, que voltou a existir hoje, mais ou menos, havia decidido acabar à época.

“O Circadélica veio para mostrar que é possível montar festivais de rock de médio porte em um país no qual predominam o samba e o pagode”, foram palavras do organizador Mário Bross, vocalista e guitarrista do Wry, lá em 2001. Acrescentemos funk e sertanejo para a edição 2, do ano passado, e a 3, deste ano. O Circadélica 2001 marcou também a despedida do Wry do Brasil, indo tentar a sorte na Inglaterra, por onde ficou por alguns anos.

***

* As fotos deste post são de divulgação da edição do festival no ano passado, a segunda, que é a primeira dos novos tempos. A que ilustra a chamada da home da Popload para o festival deste ano é do Tagore, feita por José de Holanda.

>>

Mini-Bananada do Sul, Festival Saravá, de Floripa, pede passagem na CENA indie brasileira com sua quarta e maior edição

>>

1 - cenatopo19

* Ah, este mundo maravilhoso de festivais indies brasileiros em que vivemos…

LaLeuca

No ano passado a Popload foi até o interior do Rio Grande do Sul para conferir o curioso, peculiar mesmo, festival Morrostock, que acontece à beira de um rio, perto de cachoeiras, clima de indie-bambolê, a 40 minutos de van sacolejante da cidade de Santa Maria, mato a dentro. O evento gaúcho, que já passou de uma década de realização, se estabeleceu de vez não só como grande evento do Sul do país como da CENA brasileira no geral.

Acontecendo já há quatro anos, o catarinense Festival Saravá, que mexe com Floripa por três dias neste final de semana, é outro que parece emergir de vez para a rota dos principais festivais indies do Brasil com a sua edição de 2018, a quarta ao total e a maior até agora. O evento traz para a bela capital de Santa Catarina, mais precisamente em dois lugares à beira da agitada Lagoa da Conceição, indo de sexta a domingo, nomes como Letrux (RJ), Carne Doce (GO), Bike (SP) e até um DJ set da Gabriela Deptulski, guitarrista e dona do My Magical Glowing Lens (ES), além de proporcionar uma mistura interessante entre bandas da região e esses grandes nomes da cena nacional já citados.

Segundo Adriano Saito, um dos produtores de toda junção do Saravá, o festival já está em sua quarta edição e decidiu marcar a data como uma estrutura e line up ainda maior. Também de acordo com ele, os eventos anteriores chegaram a reunir mais de 500 pessoas por edições, mas mantendo um formato bem menor do que estão trazendo para 2018.

Além do festival cheio de atrações, a produtora responsável, a Saravá Produções, já vem há algum tempo sacudindo a cena da região com shows de todos os tipos, do pernambucano Tagore até os paulistas do Black Papa. Com essa função constante, a produtora acabou abrindo caminho para fazer uma espécie de micro-Bananada (ocupando diferentes locais da cidade, com a ideia de aumentar isso na próxima edição) em uma região um pouco fora da rota comum de shows nacionais.

O Saravá não é só mais um a puxar a atenção do indie nacional para o Sul (além do já citado Morrostock e do conterrâneo Psicodalia, por exemplo, e cada qual no seu tamanho). Ele ajuda também a botar foco na cena local e, pela proximidade, na do Paraná, também. Como os Skrotes, Muñoz, Apicultores Clandestinos e a banda de garotas La Leuca, da foto que abre o post.

Veja a escalação completa mais abaixo.

Os ingressos com o primeiro lote já esgotado, estão disponíveis para venda no evento do Festival Saravá no Facebook e custam entre R$15,00 e R$100,00, incluíndo entradas para dias específicos ou passaporte completo. Junto aos shows, ainda acontece feira de vinil, bazares de arte local e exposições.

Confira a programação completa do Saravá:

► Sexta (9/3)
– PALCO LAGOA: Casa de Nocam
a partir das 22h
• Hierofante Púrpura (SP)
• Muñoz (SC)
• Cora (PR)
• La Leuca (SC)
• DJ Gabriela Deptulski (MMGL – ES)

► Sábado (10/3)
– PALCO JOACA: Àtôa na Jôa
a partir das 20h
• Tássia Reis (SP)
• Mulamba (PR)
• Trombone de Frutas (PR)
• Skrotes (SC)
• Apicultores Clandestinos (SC)
• DJ Lê Bafão (SC)

► Domingo (11/3)
– PALCO JOACA: Àtôa na Jôa
a partir das 20h
• Letrux (RJ)
• Carne Doce (GO)
• BIKE (SP)
• Orquestra Manancial da Alvorada (SC)
• The Cegus (SC)
• DJ Rafael Barros (SC)

** A foto da cantora Letrux, do Rio, que está na home da Popload chamando para este post, é de Sillas Henrique.

>>

CENA – Que viagem! Bike volta da Europa, lança vídeo, arma show em SP e projeta tour brasileira

>>

popload_cena_pq

Captura de Tela 2017-08-09 às 10.56.09 AM

* De volta de uma turnê de 15 shows em quatro países Europa, a cósmica banda paulistana neopsicodélica Bike está pronta para dividir suas viagens reais e espirituais em show no próximo dia 18 de agosto no Sesc Belenzinho. A apresentação, que tem ingressos a venda desde hoje, serve para mostrar ao vivo o álbum “Em Busca da Viagem Eterna”, o segundo disco, recém-lançado.

O quarteto fez duas apresentações dentro da agenda cheia e variada do festival Primavera Sound, em Barcelona, e fez rolê britânico em terras britânicas. Essa trip rendeu um “vídeo de viagem”, com imagens captadas pelos celulares dos integrandes da banda (e editadas por Diego Xavier, o guitarrista e vocalista), que eles aproveitam para lançar como oficial, para a música “A Divina Máquina Voadora”, uma das boas faixa do disco novo. O vídeo você vê com exclusividade aqui na Popload.

Para o show do Sesc Belenzinho, daqui a pouco mais de uma semana, o Bike vai se apresentar como sexteto. Uma terceira guitarra, a de Gabriela Deptulski e teclados de Danilo Sevalli, a primeira da banda capixaba My Magical GLowing Lens e o segundo da paulista Hierofante Púrpura, fazem participações no concerto. Entre agosto e setembro, o Bike sai em turnê pelo Brasil.

Vá de Bike.

Captura de Tela 2017-08-09 às 10.47.22 AM

***

* Na foto da home da Popload, na chamada para este post, o Bike tocando no Shacklewell Arms, em Dalston, Londres. A imagem é de Prema Roet.

>>

CENA – Banda paulistana BIKE leva sua viagem para viajar. Grupo anuncia turnê europeia de 15 shows

>>

cena

* Com suas guitarras viajandonas e um disco novo na bagagem, a banda paulistana neopsicodélica Bike embarca segunda-feira para a Europa, para fazer 15 shows no Velho Continente, com destaque para duas apresentações no festivalzão Primavera Sound e uma turnê-dentro-da-turnê britânica, com apresentações em Londres e Glasgow, entre outros.

Captura de Tela 2017-05-17 às 4.06.47 PM

A trip europeia do quarteto de SP, que lançou o ele mesmo “transportador” álbum “Em Busca da Viagem Eterna” no mês passado, começa no próximo dia 27, em Lisboa.

Aproveitando a onda de novidades, o Bike está lançando também um site novo, que guarda já este poster aqui, de sua primeira viagem internacional.

POSTER TOUR

>>