Em billie eilish:

Billie Eilish, 17 aninhos e só com um disco nas costas, arrasta multidão em show histórico no Glastonbury. Headliner em breve?

>>

Foto: Grant Pollard/Invision/AP/Shutte

Foto: Grant Pollard/Invision/AP/Shutte

O domingo do Glastonbury apresentou gente das antigas na programação de shows em seus palcos principais. O dia fechado pelo The Cure teve nomes como Mavis Staples e Kylie Minogue, por exemplo, na arena principal. Não muito longe dali, algo estava acontecendo.

O mundo pop tem estado de olho em Billie Eilish, maior fenômeno do pop em 2019, que está na estrada com seu disco de estreia, tocando em grandes festivais e grandes arenas. Para uma menina de 17 anos, isso é muita coisa.

Não o bastante e tamanho o hype, Billie debutou no Glastonbury logo no Other Stage, um dos principais e mais legais palcos do festival inglês, e causou comoção geral em um público que, literalmente, ia de 7 a 70, segundo relatos.

O mais engraçado é dar uma zapeada online nos canais ingleses que cobriram o evento e consequentemente o show da Eilish. A NME não hesitou em meter nota 5/5 para a apresentação da norte-americana. O jornalista Thomas Smith não teve pudor em meter logo no título que quem perdeu o show histórico dela, fez uma escolha bem errada. A frase original soa melhor: “If you missed Billie Eilish’s once-in-a-generation Glasto show, you fucked up big time”.

No texto, Thomas faz um histórico recente de revelações do pop que estiveram no Glastonbury “no momento certo” da ascensão e listou Lady Gaga em 2009, no mesmo Other Stage, e ainda Adele, que fez um set acústico em 2007 e reapareceu uma década depois para ser headliner.

Foto: Andy Hughes

Foto: Andy Hughes

O “momento certo” de Billie Eilish foi absurdo do jeito que tudo na vida da garota tem sido. Ela foi escalada para tocar no fim de tarde, praticamente no mesmo horário de Miley Cyrus, outra estrela pop e já consolidada na cena há tempos. O que rolou, para o espanto de muitos, foi um empate: cerca de 40 mil pessoas em cada shows. Veja bem: estamos falando de uma menina de 17 anos, com um disco só na carreira, que subiu ao palco vestida com uma roupa que mais parecia um pijama de adolescente (ela diz que veste um número bem maior para que ninguém julgue seu corpo), ao lado do irmão compositor tocando teclado, e com imagens um tanto quanto perturbadoras no telão. Isso sob um sol de rachar.

Talvez por isso (outra review), a jornalista Anna Leszkiewicz – que deu 4/5 no Independent – tenha resumido bem o show de pouco mais de uma hora de duração em uma frase simples: “o carisma sombrio e irônico de Eilish que permeia o álbum é bem traduzido ao vivo”.

Não bastasse a intensidade da apresentação, Billie deu um pequeno puxão de orelha nos fãs e pediu para que fizessem menos registros nos celulares e “vivessem mais aquele momento”. Sem querer, o discurso dela foi de encontro ao do jornalista da NME sobre tratar a apresentação como “momento único”. Lembra? “If you missed Billie Eilish’s once-in-a-generation Glasto show, you fucked up big time”…

O público cantando cada palavra de “bury a friend” parece endossar o discurso da mídia inglesa.

>>

Austin City Limits anuncia programação absurda e bota a Billie Eilish entre os headliners, junto com The Cure, Tame Impala e Guns N’ Roses

>>

290319_billie

Um dos festivais que mais cresceram nos últimos anos e hoje é considerado um dos maiores do mundo, o Austin City Limits anunciou seu line-up ofensivo para a edição 2019, que acontece nos finais de semana de 4 a 6 e 11 a 13 de outubro.

O evento do Texas elencou nada menos que oito atrações entre as principais, com destaque para a garota fenômeno Billie Eilish, que aos 18 aninhos figura com seu nome no cartaz do mesmo tamanho que os do Guns N’ Roses e The Cure, pensa. Completam os headliners o Tame Impala, Mumford & Sons, Childish Gambino, Cardi B e Robyn (as duas últimas atrações em um fim de semana cada).

Também estão na programação nomes como The Raconteurs, Thom Yorke, Rosalía, Banks, Jenny Lewis, Idles e grande elenco.

Confira tudo:

300419_acl_2

>>

Adolescente mais falada da música, Billie Eilish se apresenta no programa da Ellen e leva um susto do “Justin Bieber”

>>

010419_billie_ellen

O mundo pop está com seus olhos voltados para Billie Eilish, a nova menina fenômeno da música, que lançou seu disco de estreia na última sexta-feira e deve bater o recorde de vendas no planeta neste início de ano. E entrar no topo da Billboard ao final desta semana. Simples.

A garota “estranha” de 17 anos, agora em ritmo frenético de divulgação, esteve no programa bombator da Ellen Degeneres, onde concedeu uma entrevista e falou desde “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”.

Além do papo, ela foi pega em uma trollada na qual um Justin Bieber fake saiu de uma caixa de papelão. Haha, tadinha. (Ela é fã).

Ela também aproveitou para mostrar ao vivo o single “When The Party Over”, com a Ellen abrindo a apresentação falando que “incrível” Billie é “a adolescente mais falada da música hoje”.

P.S.: Dave Grohl, fã confesso da garota, estava na plateia assistindo.

>>

Está acontecendo: Billie Eilish, novo fenômeno do pop e seguida até pelo Thom Yorke, lança o álbum mais aguardado de 2019 até agora

>>

290319_billie

O Dave Grohl disse que ela é uma espécie de “salvação do rock”, dentro de alguns termos, claro. O Thom Yorke foi flagrado viajando em um show da menina. O mundo, enfim, se prepara para o hype Billie Eilish, que lança hoje seu aguardado disco de estreia.

“When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” é a amostra sonora da norte-americana que nem 18 anos de idade tem, mas que até aqui, antes deste lançamento, já havia emplacado nada menos que cinco canções no Hot 100 da Billboard ano passado, entre elas “When The Party’s Over” e “Lovely”, todas boas. Entrou na trilha sonora da segunda temporada de “13 Reasons Why”. Fez “When I Was Older” inspirada em outro fenômeno, “Roma”. E é a responsável pelos vídeos mais legais dos últimos tempos na música.

A previsão de empresas especializadas é de que este novo fenômeno do pop seja responsável pela melhor estreia de 2019, destronando a já consolidada Ariana Grande com seu “thank u, next”. A expectativa é que a marca das vendas físicas + de streaming chegue às 400 mil unidades já nesta primeira semana.

Vamos, então, fazer parte do hype.

>>

Billie Eilish solta novo vídeo e deve ter a melhor estreia do ano com seu disco que sai semana que vem

>>

300119_billie_eilish

Maior hype do pop no momento, a garota Billie Eilish está pronta para conquistar o mundo na próxima semana, quando lança seu aguardado disco de estreia, “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, que estará nas lojas no dia 29 de março.

A previsão de empresas especializadas é que o novo fenômeno do pop, que está longe de chegar aos 20 anos de idade, seja responsável pela melhor estreia de 2019, destronando Ariana Grande com seu “thank u, next”. A expectativa é que a marca das vendas + streaming chegue às 400 mil unidades.

Para bombar ainda mais a divulgação do projeto, Billie ganhou um vídeo feito pelo incrível artista japonês Takashi Murakami para o single “You Should See Me In a Crown”. Os 30 segundos do teaser que você abaixo mostram uma animação com uma cidade flutuante, com uma mini-Billie se transformando em uma aranha (claro, né?, lembram desse?).

Para ver o vídeo na Apple Music, clique aqui.

>>