Em bruce springsteen:

O mundo tem uma arma na guerra contra o coronavírus: Bruce Springsteen disponibiliza show histórico e de graça para você ficar em casa

>>

190320_bruce2

O gigante Bruce Springsteen é mais um artista a oferecer conteúdo de sua obra para a galera que tá em casa para se defender do coronavírus.

O astro norte-americano liberou pela primeira vez em redes como YouTube e Apple Music o vídeo completo do histórico show realizado no Hyde Park, em Londres, no ano de 2009.

“Pratique o isolamento social e veja ‘London Calling: Live In Hyde Park’ no conforto de sua casa”, escreveu o Boss em suas redes sociais.

O show de Bruce com sua incrível the E Street Band tem 27 canções no total e é repleto de sucessos como “Badlands” e “Born to Run”. A abertura fica por conta de uma cover para “London Calling”, do Clash.

Delicie-se.

SETLIST
London Calling
Badlands
Night
She’s the One
Outlaw Pete
Out in the Street
Working on a Dream
Seeds
Johnny 99
Youngstown
Good Lovin’
Bobby Jean
Trapped
No Surrender
Waitin’ on a Sunny Day
The Promised Land
Racing in the Street
Radio Nowhere
Lonesome Day
The Rising
Born to Run
Rosalita (Come Out Tonight)
ENCORE
Hard Times Come Again No More
Jungleland
American Land
Glory Days
Dancing in the Dark

>>

Depois de lançar um dos melhores discos do ano, Bruce Springsteen revela canção inédita rejeitada pelo Harry Potter

>>

Depois de lançar um dos melhores discos do ano, o gênio Bruce Springsteen voltou a oferecer uma gravação inédita de seu extenso catálogo. “I’ll Stand By You” estava engavetada até esta sexta-feira. A canção foi composta por Bruce para um dos filmes da franquia Harry Potter, mas acabou descartada da trilha sonora.

Agora, ela aparece no álbum de outro filme, “Blinded By The Light”, musical inspirado nas músicas compostas por Springsteen.

Há alguns anos, o ícone da música norte-americana havia feito comentários sobre “I’ll Stand By You”, que ele trata como uma das músicas mais diferentes de sua discografia. “É muito diferente de algo que eu cantaria. Em algum momento eu gostaria de inclui-la em um filme infantil”, explicou ele para a NME em 2016.

“Blinded By The Light”, o filme, estreia na semana que vem, dia 16 de agosto.

Em junho passado, Bruce Springsteen lançou o seu primeiro álbum em cinco anos, “Western Stars”, petardo considerado por muitos um dos melhores álbuns até o momento deste ano.

>>

Que homem! Voltando às raízes, Bruce Springsteen lança “Western Stars”, um dos melhores álbuns de 2019

>>

260419_bruce2

Nesta sexta-feira, dia mundial de lançamentos de discos, já está nas lojas o aguardadíssimo “Western Stars”, novo projeto musical do gênio Bruce Springsteen, já considerado de forma antecipada um dos melhores de 2019.

Springsteen considera que este novo disco é uma espécie de viagem no tempo e volta às suas raízes, já que a inspiração parte das canções pop do sul da Califórnia do final dos anos 60 para o início dos 70 e são voltadas para personagens, com arranjos orquestrais. ” É uma grande variedade de temas americanos, de espaços e estradas desertas, de isolamento e comunidade, e a permanência de esperança”, disse o Boss na época do anúncio.

O álbum é puxado por belos singles como “Hello Sunshine”, “There Goes My Miracle”, “Tucson Train” e a faixa título. “Western Stars” conta com as contribuições de nomes como Jon Brion, Patti Scialfa e David Sancious na produção e quebra um intervalo de cinco anos sem disco de inéditas do cantor, que lançou “High Hopes” em 2014.

>>

Lá vem o Bruce Springsteen com outra música nova de partir o coração. Ouça e veja “Tucson Train”

>>

300519_bruce2

O seminal Bruce Springsteen já mostrou que não está para brincadeira em seu novo disco “Western Stars”, que tem lançamento previsto para o dia 14 de junho.

Depois das belas “Hello Sunshine” e “My Miracle”, o músico e compositor norte-americano liberou por agora a tão linda quanto “Tucson Train”, que vem acompanhar de um vídeo preto e branco que mostra Bruce e sua banda fazendo uma performance do novo single.

Springsteen considera que o novo disco é uma espécie de viagem no tempo e volta às suas raízes, já que a inspiração parte das canções pop do sul da Califórnia do final dos anos 60 para o início dos 70.

No álbum, Bruce recebeu a contribuição de nomes como Jon Brion, Patti Scialfa e David Sancious na produção. “Western Hopes” quebra um intervalo de cinco anos sem disco de inéditas do cantor, que lançou “High Hopes” em 2014.

>>

Bruce Springsteen revela “There Goes My Miracle”, uma das baladas mais arrebatadoras do ano

>>

260419_bruce_slider

O gigante Bruce Springsteen prepara para 14 de junho o lançamento de “Western Stars”, seu mais novo disco de estúdio, que é considerado até pelo próprio uma espécie de viagem no tempo e volta às suas raízes, já que a inspiração parte das canções pop do sul da Califórnia do final dos anos 60 para o início dos 70.

Depois do primeiro single “Hello Sunshine”, quase com um pé no country, Bruce aparece com a balada matadora “There Goes My Miracle”, uma de suas melhores músicas nos últimos anos.

De acordo com o lendário músico norte-americano, o álbum apresenta “uma grande variedade de temas americanos, de espaços e estradas desertas, de isolamento e comunidade, e a permanência de esperança”, e que se trata de “um retorno seu às gravações solo que contam com canções voltadas para personagens, com arranjos orquestrais”, que é o caso de “There Goes My Miracle”.

No álbum, Bruce recebeu a contribuição de nomes como Jon Brion, Patti Scialfa e David Sancious na produção. O álbum sucede “High Hopes”, de 2014.

>>