Em built on glass:

Mulherada dançando de patins uma música linda de morrer. Apenas o vídeo novo do Chet Faker

>>

Screen Shot 2014-08-12 at 19.19.07

O australiano bamba Chet Faker, que recentemente deu o ar da graça num show curto incrível e pouco visto no Cine Joia, em São Paulo, lançou agora há pouco um vídeo oficial para “Gold”, uma das musicaças do disco cheio de musicaças “Built on Glass”, um dos grandes discos deste ano, em abril.

“Gold”, a música, dance music com alma, com “soul”, é outra de levada cool que mostra o alcance da eletrônica própria de Chet Faker, que leva as batidas para onde quer, no ritmo que quer. De arrancar suspiros.
“Gold”, o vídeo, traz três patinadoras dançando a música numa estrada escura, com o próprio Chet Faker fazendo uma ponta enigmática. Talvez.

“Gold” tem um remix bala feito pelo parça Flume, DJ e produtor mais carregado de eletrônico, também australiano. Um re-work solto agora em julho.

Tudo, vídeo e remix, aqui embaixo. O mais puro gold.

>>

Chet Faker lança hoje um dos discos do ano. E deve vir para o Brasil

>>

* A maravilhosa boa onda da música nova australiana vai muito além das grandes bandas de rock da estirpe do Tame Impala e do Violent Soho, entre muitas outras. A cena eletrônica mistureba, que dá nomes tão dançantes quanto diferentes entre si, na linha Jagwar Ma, Cut Copy ou Miami Horror, reluz empolgante na mão de dois caras em especial.

O primeiro a gente conseguiu ver aqui em ação (quer dizer, pelo menos ele esteve aqui tocando), no último sábado, dentro da tenda eletrônica do Lollapalooza Brasil, em São Paulo: o ótimo DJ e produtor Flume.

O segundo é um certo parceiro dele, o figuraça Chet Faker, nome ótimo para um cara que se chama Nicholas James Murphy. Haha. Vamos de Chet Faker para não confundir geral.

Screen Shot 2014-04-11 at 15.18.17

Chet Faker pode ter o mesmo destino de Flume. No caso, vir tocar em São Paulo. Existe bastante agito de bastidor para trazê-lo ao Brasil no segundo semestre. Isso se seu passe não escapar, já que o mercado internacional começa a receber hoje seu disco novo, “Built on Glass”. O álbum é lançado hoje na Austrália, segunda na Inglaterra e terça que vem nos EUA.

“Builty on Glass”, que já vazou há algumas semanas, é composto de 12 faixas, puxadas pelos singles “Talk Is Cheap” e “Melt”. Uma mais bonita que a outra. “Melt” tem a participação vocal cool da cantora americana Kilo Kish. Sou viciado em “1998” e em “To Me”.

Chet Faker é demais. Sua música é eletrônica downtempo linda, em que ele bota seu vozeirão soul por cima. Fica tudo incrível. Seu tipão é de barbudo lenhador americano. Ou tipo hipster do Brooklyn. Às vezes acho ele irmão gêmeo do Father John Misty.

O australiano, habitante de Melbourne, uma das cidades mais legais deste planeta, começa semana que vem turnê britânica. Depois toca pela Europa, vai aos EUA, volta à Europa… Está ocupadão até agosto. Espero que sobre tempo para o Brasil antes do final do ano.

No mês passado Chet Faker fez uma apresentação para aquela série mundial chamada “Boiler Room”, que transmite ao vivo pela internet um DJ tocando e uma galera curtindo em volta com drinks na mão. Haha. Essa apresentação de Faker foi de dia, num rooftop de Melbourne que é um bar badaladão, onde rola sessões de cinema no verão. Dá uma olhada nisso, nesse cara, nesse rooftop, em Melbourne, nessa voz, nessa session, nessas músicas.

Essa session toda está em áudio aqui:

>>

Tracklist
01. Release Your Problems
02. Talk Is Cheap
03. No Advice (Airport Version)
04. Melt (Feat. Kilo Kish)
05. Gold
06. To Me
07. /
08. Blush
09. 1998
10. Cigarettes & Loneliness
11. Lesson In Patience
12. Dead Body
Read more at http://www.getrockmusic.com/16004-chet-faker-built-on-glass.html#8EFdr2xV8k3sQ85J.99